Resposta ( 1 )

  1. Por favor, explique brevemente por que você acha que essa resposta deve ser relatada.

    I> Denunciar
    Cancelar
    Essa resposta é editada.

    Boa tarde Rogerio. Para ganhar dinheiro na praia é preciso ter um produto de qualidade, ser simpático, estar bem apresentável para o cliente, ser criativo e não ter vergonha.

    1 – Vender geladinho, sorvete e picolé

    Sobre o geladinho ser criativo é a maior dica. Pense no que você poderia inovar para as pessoas da sua região. Sobre o picolé e o sorvete, você tanto pode fazer para vender, como pode comprar em fábricas para revender.

    2 – Vender roupas de praia

    O primeiro passo para fazer isso é identificar os costumes do seu público alvo. O que eles gostam? Quais as marcas que usam? Quais cores e estilos? Isso vai te ajudar a encontrar o melhor fornecedor de moda praia. Assim você terá os produtos certos para os seus clientes, com preço de atacado para te dar margem de lucro.

    3 – Vender cervejas, refrigerantes, água

    Invista na compra de bebidas que o pessoal daí gosta, desde cerveja, refrigerante, água, sucos ou energético. Só tem uma observação para trabalhar come esses produtos: as bebidas precisam ser extremamente geladas. Por isso você compra caixas térmicas, ou isopor grande com bastante gelo para colocar dentro e armazenar as bebidas. O ideal é que você compre ou direto da fábrica, ou de distribuidores – que terão um preço bacana que você consegue ter margem de lucro.

    4 – Fazer tatuagem de henna

    A tatuagem de henna é um sucesso porque ela dá a oportunidade para a pessoa se sentir tatuada, sem a preocupação daquilo ser para sempre. A henna na verdade é uma planta, é o seu pó com uma mistura que origina a espécie de “massa” que é aplicada na pele. Para conseguir chamar a atenção das pessoas é bom que você tenha uma exposição com desenhos que você pode fazer na hora, um guarda-sol e um lugar para a pessoa se sentar para esperar você terminar o desenho.

    5 – Alugar cadeiras e guarda sol

    Outra forma de lucrar na praia é alugando materiais que são fundamentais em um dia de sol, como cadeiras, guarda sol e às vezes até cooler. Para uma única família alugar esses materiais significa faturar cerca de R$100. O que você precisa é ter produtos de qualidade, em variedade e trabalhar em uma praia que seja bem movimentada e populosa. Isso vai garantir que existam pessoas suficientes para alugarem os produtos na sua mão e você faturar bem. Também é importante que os seus produtos sejam identificados, talvez por uma cor, um selo ou até a marca do seu negócio – o importante é que ele não seja confundido com outros de concorrentes ou das próprias pessoas.

    6 – Montar uma barraca de praia

    É preciso ter estrutura para a barraca em si, ter mesas e cadeiras para as pessoas sentarem, freezers e equipamentos de cozinha para servir desde drinks a refeições elaboradas. Apesar de não ser barato, é um negócio que tem potencial e pode dar certo – principalmente em regiões onde faz calor o ano todo. Antes de sair montando o seu quiosque na praia, verifique se a região tem potencial para esse tipo de empreendimento. Se tiver, comece com um bom planejamento e estratégia para fazer ser um sucesso. Divulgação, comida de qualidade, bebida gelada e com preço justo e eventos são alguns exemplos de coisas que você precisa fazer para chamar a atenção do seu cliente.

    7 – Vender água de coco

    Para vender água de coco na praia você precisa ter um local para fazer o armazenamento e se for oferecer gelado vai precisar de caixas térmicas com gelo pelo menos. A estrutura pode ser simples, como aquelas barracas que desmontam de ferro, sabe? Ela é barata e você só precisa achar o tamanho certo.

    8 – Vender açaí no copo

    Você pode trabalhar com um carrinho (que te dá a possibilidade de faturar mais, já que você vai conseguir levar mais produtos) ou até mesmo com o isopor. Escolha o que ficar melhor para você hoje. Lembre-se de acrescentar complementos para o açaí, como a granola, melaço, frutas e outros ingredientes que as pessoas adoram.

    9 – Aluguel de brinquedos infláveis

    Existe uma grande opção de brinquedos infláveis que você pode alugar para trabalhar na praia que as crianças adoram. Desde bolhas que as crianças entram e andam em cima do mar, à colchonetes e até pula-pula e escorregadores. O importante é encontrar uma empresa de confiança, com bons produtos e com bom preço para fazer parceria e achar o melhor lugar da praia para expor os produtos.  Lembre-se que trabalhar com os pequenos exige cuidado redobrado e excelente atendimento.

    10 – Vender petiscos

    Entre os petiscos para vender na praia mais comuns estão:

    – Acarajé e abará;

    – Camarão;

    – Amendoim;

    – Passarinha;

    – Peixe Frito;

    – Salgados;

    – Queijo coalho.

    Como escolher o produto certo?

    A primeira coisa a se fazer para entender qual é o produto que você vai começar a vender na praia é pensar nas pessoas que costumam frequentar a região que você quer trabalhar. São famílias inteiras? São jovens ou pessoas de todas as idades? As pessoas vão para essa praia para relaxar ou para se divertir?

    Depois disso veja qual produto que atrai o seu público é mais fácil de conseguir ou produzir nesse momento. Depois faça as contas: Isso com que quero trabalhar é lucrativo? Quanto preciso vender para chegar no meu objetivo?

    Lembre-se da sazonalidade

    Por mais que existam lugares onde faz sol o ano inteiro, é preciso lembrar que durante o verão o movimento é muito maior do que no resto do ano. Por isso você precisa estar preparado para ondulações de movimento e de quantidade de pessoas. Você pode encarar isso de duas formas:

    – Veja como algo para ganhar dinheiro no verão somente;

    – Pense em formas criativas e inovadoras de ganhar dinheiro o ano inteiro – até em dias de chuva.

     
    Fonte: https://www.montarumnegocio.com/como-ganhar-dinheiro-na-praia/

Deixe uma resposta