Fazer uma pergunta

Sebrae Respostas Latest Perguntas

Thammy Costa
  • 0
  • 0

Eu gostaria de saber como proceder na seguinte situação , tenho uma darf alta referente a devolução do auxílio emergencial (as parcelas de 600 ) e não sei aonde vou para parcelar e pagar !Essa darf apareceu na declaração do ...

  1. Olá Thammy, Dê uma olhada no link Parcelar dívidas tributárias na Receita Federal — Português (Brasil) (www.gov.br) há o detalhamento sobre o parcelamento. Caso ainda assim tenha alguma dúvida não esclarecida no link acima, utilize o canal de atendimento Fale Conosco — Português (Brasil) (www.gov.brLeia mais

    Olá Thammy,

    Dê uma olhada no link Parcelar dívidas tributárias na Receita Federal — Português (Brasil) (www.gov.br) há o detalhamento sobre o parcelamento. Caso ainda assim tenha alguma dúvida não esclarecida no link acima, utilize o canal de atendimento Fale Conosco — Português (Brasil) (www.gov.br).

    Espero tê-la ajudado a sanar sua dúvida!

    Atenciosamente

    Ver menos
    • 0
Matheus F. Silva
  • 0
  • 0

Olá, boa tarde!  Então, galerinha estou então na metade da minha posse do seletivo, e ainda sou leigo em relação a alguns direitos que não sei se cabem a mim. Como o recebimento do Décimo terceiro. Eu fiz seletivo, assumi um cargo ...

  1. Olá Matheus, tudo bem? Acredito que você tem direito ao décimo terceiro referente aos meses trabalhados. Sugiro que dê uma olhada em Quais são os direitos 'trabalhistas' do servidor público? (jornalcontabil.com.br) e também que leia o Estatuto do Servidor Público. É importante lembrar que a União, oLeia mais

    Olá Matheus, tudo bem?

    Acredito que você tem direito ao décimo terceiro referente aos meses trabalhados. Sugiro que dê uma olhada em Quais são os direitos ‘trabalhistas’ do servidor público? (jornalcontabil.com.br) e também que leia o Estatuto do Servidor Público. É importante lembrar que a União, os Estados e os Municípios têm prerrogativa de criarem seus próprios estatutos para regulamentar as atividades dos seus servidores públicos, sendo assim você precisa verificar qual estatuto regulamenta a sua atividade.

    Espero ter ajudado a sanar algumas de suas dúvidas.

    Atenciosamente

    Ver menos
    • 0
SUELLEN NASCIMENTO
  • 0
  • 0

  1. O QUE É COMÉRCIO ELETRÔNICO? Trata-se das vendas por meio de canais digitais, ou seja, pela Internet. As lojas virtuais são altamente recomendadas para negócios que já estão mais consolidados no mercado. É importante investir em publicidade, já que boa parte dos clientes chegam justamente depois deLeia mais

    O QUE É COMÉRCIO ELETRÔNICO?

    Trata-se das vendas por meio de canais digitais, ou seja, pela Internet. As lojas virtuais são altamente recomendadas para negócios que já estão mais consolidados no mercado. É importante investir em publicidade, já que boa parte dos clientes chegam justamente depois de ver um anúncio. Se a experiência for boa, é bem provável que o cliente volte. Muitas vezes.

    A mudança de comportamento do consumidor, impulsionada pelas dificuldades do comércio tradicional durante a pandemia de Covid-19, projeta um passo irreversível.

    No meio de uma concorrência acirrada, o comércio eletrônico precisa passar uma sensação de confiança, caso contrário, o cliente vai para o site de uma grande empresa, que já tem uma marca mais consolidada.

    Para o ganho de credibilidade, uma boa produção de conteúdo, que pode ser distribuída nas redes sociais do negócio, vai ajudar. Vale lembrar que por ser um negócio robotizado, sem uma  interação natural entre vendedor e cliente, apenas a exposição do produto não é suficiente.

    Pesquisas mostram que muita gente que chegou agora a esse mercado demonstra intenção de continuar comprando por meio do comércio eletrônico. Por isso, é preciso manter esse tipo de venda no radar.

     

    Ver menos
    • 0
SUELLEN NASCIMENTO
  • 0
  • 0

  1. Se você tem uma loja física, criar um comércio eletrônico vai ajudar a ampliar os horizontes do seu negócio. Se antes você atendia apenas um bairro ou região da cidade, com as vendas eletrônicas os seus produtos podem chegar a diversas partes do país e até mesmo no exterior. Mas para que tudo dê cerLeia mais

    Se você tem uma loja física, criar um comércio eletrônico vai ajudar a ampliar os horizontes do seu negócio. Se antes você atendia apenas um bairro ou região da cidade, com as vendas eletrônicas os seus produtos podem chegar a diversas partes do país e até mesmo no exterior. Mas para que tudo dê certo, é preciso que você faça uma boa estruturação do seu negócio, que passa por ter um estoque suficiente para atender a nova demanda e uma logística eficiente. As entregas precisam ser feitas dentro de um prazo razoável, já que a compra eletrônica costuma gerar bastante expectativa no consumidor.

    VENDA DIA E NOITE

    O comércio eletrônico tem a vantagem de manter a sua loja aberta 24 horas por dia, sete dias por semana. Isso não é pouco. Pesquisas mostram que boa parte das compras são feitas à noite, depois do expediente de trabalho. Lembre-se que o atendimento tem de ser condizente. Nas primeiras horas do dia é preciso responder todas as dúvidas ou questões colocadas pelos clientes que madrugam nas redes. O atendimento às demandas precisa ser o mais rápido possível, o que cria confiança maior por parte do comprador.

    É PRECISO SER ENXUTO

    Ao contrário de uma loja física, a estrutura de uma loja virtual é mais enxuta e muitas vezes pode ser tocada de casa. Isso gera menores custos, excluindo a necessidade de se alugar um imóvel dedicado exclusivamente ao negócio, além de menores gastos com equipe e despesas fíxas de um comércio tradicional. O investimento inicial é menor, se comparado às lojas comuns, e pode ser incrementado à medida que o negócio for crescendo.

    ANUNCIE, SEMPRE

    O comércio eletrônico também trouxe aos comerciantes a facilidade de criar campanhas de vendas sem o intermédio de uma agência, por exemplo. Hoje há uma infinidade de produtos que ajudam a expor os seus produtos na rede, por um preço acessível. Os próprios programas têm sistemas de análises de dados que vão ajudar a controlar o desempenho das suas ofertas.

    O comércio eletrônico possibilita que você dê oportunidades para que os seus clientes acessem outros canais da empresa, como um site, um blog ou as redes sociais. Uma vez atualizados com conteúdo de qualidade, isso ajuda a fidelizar o cliente, além de manter um contato mais próximo com ele. Uma estrutura bem feita nesse sentido ajuda não só a dar uma visibilidade maior para os seus produtos e serviços como aumentar a credibilidade do seu negócio.
    Agora que você tem uma ideia melhor do que é e-commerce e para que serve, lembre-se que antes de colocar sua loja virtual no ar, é preciso um bom planejamento. Ter toda a comunicação estruturada para que o cliente tenha a melhor experiência possível é o caminho mais curto para vendas de sucesso.

    Ver menos
    • 0