CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Compliance: 4 dicas importantes

Compliance: 4 dicas importantes

Saiba tudo sobre Compliance e como aplicá-lo na sua empresa.

Muito se fala em compliance hoje em dia, especialmente em empresas que querem adquirir capital social, não se baseando apenas em fluxo de caixa para seu crescimento.

Compliance vem do verbo “to comply”, do inglês. Basicamente, esse termo se refere a um conjunto de boas práticas que a empresa pode tomar para demonstrar sua integridade.

Entre elas, estão a adaptação às leis e normas vigentes, sejam elas externas ou internas, formadas pela própria companhia.

Benefícios do Compliance

Como falamos, uma empresa em compliance faz com que sua empresa adquira uma boa imagem no mercado em que atua.

Vejamos os principais benefícios que isso pode trazer:

  • Permite uma diferenciação da sua empresa em relação às concorrentes.
  • Seus clientes tendem a valorizar muito mais os bens e serviços comercializados em sua empresa.
  • Evita problemas jurídicos e de inadequações à norma.
  • Por conta da boa reputação, torna-se possível captar recursos de financiamentos com juros mais baixos.
  • Se a empresa possuir capital aberto, a empresa tende a se valorizar no longo prazo, trazendo altos retornos para os acionistas.

Os 4 Passos para o Compliance Perfeito

Montar um modelo de compliance pode parecer fácil no papel, mas acaba se mostrando muito mais complexo na prática.

Separamos quatro passos que aumentarão em muito as suas chances de implementar boas práticas em sua companhia.

1. Defina os Valores da Gestão da Empresa

Se você já estudou administração, já deve ter ouvido falar em “missão, visão e valores”. O problema é que isso é dado, muitas vezes, de forma superficial e distante da realidade.

A verdade é que nenhuma empresa prosperará se seus gestores estiverem desalinhados.
Deixar na equipe de gestão apenas pessoas alinhadas com os compromissos da companhia é fundamental.

2. Passe esses Valores para os Funcionários

Não só a gestão deve estar alinhada: toda a equipe deve estar voltada para uma mesma direção. No entanto, pode ser difícil passar essas informações para a equipe.

Treine seus funcionários. Contrate equipes de treinamento que tornarão sua equipe mais capaz.

Se a preservação ambiental é um valor importante para a companhia, coloque um centro de descarte de pilhas e baterias, por exemplo.

Isso mostrará não só com palavras, mas com ações, a direção na qual a empresa está indo.

3. Use Procedimentos Simples e Eficazes

Existe um princípio na matemática chamado Princípio de Pareto. Basicamente, ele diz que 80% dos resultados vêm de cerca de 20% das ações.

Dessa forma, se você eliminar 80% das normas em sua empresa (desde que isso não vá contra a lei), você terá uma queda em apenas 20% da performance.

Reavalie sua empresa: quais práticas de compliance sua companhia adota e quais delas poderiam ser extintas sem prejuízo?

Foque no básico, pois o básico bem feito é o que funciona.

4. Mostre isso para seus Clientes

Estava lendo um site trabalhista e encontrei um ditado romano diz que “não basta a mulher do imperador ser boa: ela deve parecer boa”. Não concordo muito com a frase, mas resolvi coloca-la aqui, pois é importante para ilustrar alguns pontos.

Não queremos aqui dizer que você não deve engajar seu público com mentiras sobre compliance, muito pelo contrário: nunca minta para seus clientes, uma mentira pode destruir a reputação de um negócio.

No entanto, faça questão de mostrar as boas práticas que sua empresa adota, isso deve ficar em evidência, pois assim a percepção de valor de seus bens e serviços será muito maior.

Compliance – Resumo

  • Compliance é uma série de boas práticas que a empresa pode adotar para seguir a lei e melhorar sua imagem.
  • Ela traz diversos benefícios, tanto econômicos quanto sociais.
  • Para adotar uma compliance de qualidade, ajuste os valores dos gestores e dos funcionários da empresa.
  • Evite burocracias excessivas, foque no que a lei obriga e no que traz bons resultados para a política da empresa.
  • Não tenha medo de mostrar as boas práticas de sua empresa, pois isso agregará valor às operações da companhia.
  • Busque um profissional de compliance qualificado para te ajudar na implantação dessa política em sua empresa.
Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Adolfo OliveiraNovo na comunidade

Advogado em Campinas SP

Me siga