CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Uniformes Profissionais e artigos de segurança

O MERCADO PARA PEQUENOS NEGÓCIOS

As empresas fabricantes de uniformes profissionais e artigos de segurança contam com um ambiente de mercado bastante abrangente e com tendência de crescimento fortíssima nos próximos anos.

A concorrência tende a aumentar significativamente a partir das demandas geradas em função dos investimentos para a Copa do Mundo da FIFA de 2014 e para as Olimpíadas de 2016, exigindo uma preparação intensiva das pequenas empresas para vencer nesse mercado milionário.

Os potenciais clientes são as empresas de construção civil e de infraestrutura, indústrias, condomínios, instituições financeiras, órgãos e empresas públicas, empresas prestadoras de serviços e de terceirização de mão de obra, dentre outras. Hotéis, restaurantes, hospitais e estabelecimentos policiais civis e militares também fazem parte dessa crescente clientela.

Os produtos mais demandados são aqueles de uso constante, como calças, camisas, jalecos, aventais, saias, batas, tocas, luvas especiais, fardamentos e tantos outros nessa linha.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), o segmento de roupas profissionais no Brasil é formado por 1.200 empresas industriais, que fabricam exclusivamente roupas profissionais e geram 52 mil empregos diretos. A produção de roupas profissionais, pela mesma fonte, alcançou 267 milhões de peças em 2011, com crescimento de 4% em relação a 2010, para um mercado que consumiu cerca de 283 milhões de peças, utilizando, assim, aproximadamente 16 milhões de peças importadas.

É importante destacar que a confecção de artigos de segurança deve levar em conta as exigências legais para sua elaboração, notadamente as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Uma vantagem competitiva para os pequenos negócios está em fornecer menores quantidades em prazos mais curtos, desenvolvendo produtos com criatividade e design aprimorado para gerar diferenciação da concorrência e melhor acolhida dos potenciais clientes.

É justamente nesses fatores que as grandes empresas têm dificuldades em agir. Para elas, colocar na linha de produção poucas peças e com detalhes diferenciados atrapalham o fluxo normal de corte e elaboração das peças.

Algumas empresas do segmento integram-se às grandes fabricantes através da customização de peças (aplicação de detalhes nos produtos finais que diferenciam a linha tradicional da empresa), especializando-se nesse segmento e diminuindo a influência da concorrência que fabrica os produtos tradicionais.

Não se pode esquecer que os produtos importados têm aumentado significativamente sua participação no mercado brasileiro, requerendo especial atenção dos empresários. Uma das formas de diferenciar-se dos produtos estrangeiros está em agregar valor aos produtos através da diversificação da produção, ou seja, produzir menos peças por modelo e ter mais variedade de modelos.

Saiba mais sobre mercado, canais de distribuição, estrutura, equipamentos, tecnologia, custos, capital de giro, fontes de recursos, legislação geral e específica e as soluções do Sebrae para apoiá-la da implementação desse negócio, acesse:

Ideias de Negócios para 2014 – Uniformes e artigos de segurança

 

Este texto foi adaptado e é parte integrante da publicação Ideias de Negócios para 2014 – Uniformes e artigos de segurança.

 

 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae

Esse é o perfil institucional do Sebrae nessa comunidade. Quer saber mais sobre o Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas? Acesse: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/canais_adicionais/o_que_fazemos

Me siga