CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

SEO: Como fazer um site aparecer na busca Orgânica do Google

SEO: Como fazer um site aparecer na busca Orgânica do Google

Se você já realizou algum tipo de busca no Google, deve ter notado que o buscador te dá uma série de respostas que são divididas por páginas. E uma vez que poucas pessoas passam da primeira página em suas buscas, podemos logo afirmar que a página inicial de respostas das buscas do Google é um lugar premium e que muitos almejam estar.  Agora como figurar ali, em uma área rica em possibilidades de novos negócio? E mais, como fazer um site aparecer na busca Orgânica do Google, sem ter que contratar uma agência de marketing digital de imediato?

Existem duas maneiras de figurar nas buscas do Google, que pode ser através do AdWords ou SEO (Search Engine Optimization). O primeiro atua em um sistema de pagamento e leilão, onde o anunciante paga pelo termos que pretende aparecer e estipula a verba; o outro, o SEO, funciona a partir de uma série de ações que devem ser realizadas dentro e fora do site, para que aí o Google possa classificar o site como “merecedor” das primeiras posições. Mas como o tema deste nosso conteúdo é a busca orgânica, a seguir falaremos muito mais sobre o SEO, a área responsável pelo trabalho de melhora no posicionamento de sites nas buscas orgânicas.  

Entre os fatores que o Google julga relevante para que um site consiga galgar as primeiras posições temos algumas que certamente são as mais importantes. Veja uma lista abaixo:

Sim, conteúdo vale quando é único e de qualidade

É claro que você ao escrever algo no seu site estará se preocupando com o robô do Google se quiser ficar bem nas buscas, mas nesse quesito pedimos calma. Afinal, se você fizer um conteúdo que seja rico para o usuário real e único (nada de cópias), é claro que o Google vai valorizar. Por isso sempre indicamos suor, dedicação e conteúdo de qualidade que seja feito para pessoas reais e não robôs apenas. É preciso ter em mente que se você não agradar o seu usuário, não irá gerar conversões e muito menos engajamento, ou seja, o Google irá te olha com maus olhos. Ele quer boas respostas para os seus usuários.

Domínio e página com autoridade

Ganhar bons links em sites com autoridade ajudam e muito a melhorar a autoridade do seu site. Se você pretende saber como anda a autoridade da sua página e domínio, acesse o Open Site Explorer e mãos à obra. Aproveite para analisar os seus principais concorrentes e fazer comparações.   

Velocidade de carregamento

O tempo de carregamento conta e muito como um dos principais fatores de ranqueamento de um site no Google. Seja rápido e veja gratuitamente no teste meu site do Google https://testmysite.thinkwithgoogle.com/intl/pt-br/ agora como está o seu site.

Certificação SSL e HTTPS

O Google já afirmou que sites seguros, que usam Certificado SSL e HTTPS, ganham prioridade. Porém o impacto real disso no rankeamento pouco foi notado pelos profissionais do setor.

Palavra-chave no título

A palavra-chave inserida no título do site ainda continua sendo uma boa escolha. Resta saber até quando?

Usabilidade

Um site que facilita a vida do usuário e tem uma boa usabilidade tende a ser também um site com uma taxa de rejeição menor. Invista nisso!

Arquitetura do site

A disposição e organização do conteúdo é essencial para usabilidade e ajuda o Google a entender seu site.

 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Web Digital MarketingNovo na comunidade