Cadastrar

Esqueceu a senha?

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por e-mail.

Sorry, you do not have permission to ask a question, You must login to ask a question.

Sorry, you do not have permission to add a post.

Please briefly explain why you feel this question should be reported.

Explique brevemente por que você acha que essa resposta é inadequada ou abusiva.

Please briefly explain why you feel this user should be reported.

Quase 50% das novas empresas fecham em 05 anos; Confira os principais erros

Quase 50% das novas empresas fecham em 05 anos; Confira os principais erros

Para muitos novos empresários, o caminho para o sucesso pode ser turbulento, cheio de desafios e obstáculos. Um estudo abrangente realizado pelo Sebrae, com base em dados da Receita Federal e pesquisas de campo realizadas entre 2018 e 2021, revelou uma série de fatores que contribuíram para o fechamento de empresas em 2020.

Entre esses dados, destaca-se a maior proporção de empresários que estavam desempregados antes de iniciar seus negócios, a menor experiência prévia no ramo escolhido e a significativa falta de acesso ao crédito.

Surpreendentemente, quase metade das empresas que fecharam em 2020 atribuíram sua falência à pandemia, evidenciando a fragilidade das empresas diante de eventos imprevisíveis.

Além disso, o estudo revelou que os Microempreendedores Individuais (MEIs) têm a maior taxa de mortalidade entre os Pequenos Negócios, com 29% fechando após 5 anos de atividade. Já as Empresas de Pequeno Porte (EPPs) apresentam a menor taxa de mortalidade, com apenas 17% fechando após o mesmo período.

Com base nessas descobertas, é essencial que os novos empresários estejam equipados com o conhecimento necessário para evitar os erros mais comuns no gerenciamento empresarial.

Neste guia, destacamos os 15 erros mais comuns no gerenciamento de uma empresa que todo novo empreendedor deve evitar – aprender com esses erros pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso nos estágios iniciais de uma jornada empresarial. Confira:

  1. Falta de um plano de negócios sólido:

Isso porque um plano de negócios sólido define metas, estratégias e os passos necessários para alcançar o sucesso. Sem isso, você está navegando às cegas.

  1. Ignorar a importância do planejamento financeiro:

Essa atitude pode levar a problemas graves, como falta de capital ou endividamento excessivo – é fundamental entender suas finanças desde o início.

  1. Subestimar a concorrência:

Estude-os de perto, identifique suas vantagens e desvantagens e use essas informações para melhorar sua própria estratégia.

  1. Não investir em marketing:

Isso faz com que as pessoas não conheçam sua empresa, consequentemente, você não obterá sucesso – Investir em uma estratégia de marketing eficaz é essencial para atrair e manter clientes.

  1. Não focar no atendimento ao cliente:

Clientes satisfeitos são a base de qualquer negócio próspero. Não negligencie o atendimento ao cliente; ele deve ser uma prioridade desde o primeiro dia.

  1. Contratar a equipe errada:

Parece óbvio, mas isso pode atrapalhar bastante o seu negócio. Uma equipe talentosa e comprometida pode levar sua empresa ao sucesso, enquanto uma equipe desqualificada pode arruiná-la.

  1. Não acompanhar as tendências do mercado:

O mercado está em constante evolução, por isso, não se manter atualizado com as tendências e mudanças pode deixar sua empresa obsoleta e fora de sintonia com as necessidades dos clientes.

  1. Não investir em tecnologia:

A tecnologia pode impulsionar a eficiência, a inovação e a competitividade do seu negócio. Ignorar ou subestimar seu papel dentro da sua empresa pode fazer com que ela não prospere.

  1. Não ter um plano de contingência:

Esse erro é bastante comum. Lembre-se: nem tudo vai sair como planejado, então, ter um plano de contingência ajuda a lidar com imprevistos e minimizar danos quando as coisas dão errado.

  1. Não entender as leis e regulamentos:

Isso pode resultar em multas, litígios e até mesmo o fechamento de sua empresa – Esteja ciente das obrigações legais e cumpra-as rigorosamente.

  1. Não valorizar o feedback dos clientes:

Eles são uma fonte valiosa de insights. Ignorar ou subestimar o feedback deles pode levar a decisões comerciais prejudiciais para o seu negócio.

  1. Falta de foco:

Tentar abraçar tudo de uma vez pode levar à dispersão de recursos e energia. Por isso, concentre-se em suas metas principais e trabalhe diligentemente para alcançá-las.

  1. Não delegar tarefas:

Tentar fazer tudo sozinho pode levar ao esgotamento e à falta de eficiência. Aprenda a delegar tarefas e confiar em sua equipe – aqui voltamos ao item 6 e o porquê de ter uma boa equipe de funcionários.

  1. Não ter noção do seu valor de mercado:

Em casos de venda ou passagem da empresa para um sucessor, a avaliação da marcas é essencial para você saber quanto vale o seu negócio. Esse processo de conhecimento é importante até em casos de empresas que não são vendidas, pois é quando vemos se a corporação mudando ou não de patamar

  1. Persistir em erros:

Esse é um dos maiores erros que os novos empresários cometem. Se algo não está funcionando, é crucial ser flexível e adaptável o suficiente para fazer mudanças.

Ao evitar esses erros comuns, os novos empresários podem aumentar significativamente suas chances de sucesso nos estágios iniciais de sua jornada empresarial. Lembre-se sempre de aprender com os erros dos outros e buscar orientação quando necessário.

You must login to add a comment.

Posts relacionados