Cadastrar

Entrar

Esqueceu a senha?

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por e-mail.

Desculpe!, Você precisa se logar para perguntar.

Você precisa se logar para postar no Blog

Quais vantagens e desvantagens do MEI?

Quais vantagens e desvantagens do MEI?

Para muitas pessoas, atualmente, um meio prático de conquistar a sua independência de mercado é utilizando o MEI, que é a sigla para Microempreendedor Individual). Dessa maneira, é possível começar o seu negócio próprio, ainda que pequeno, como de venda de máquina de dublagem, por exemplo, para conseguir ter uma estabilidade maior. 

Algumas julgam ser uma vantagem, outras uma desvantagem. Mas, afinal, o MEI vale a pena? Esse artigo reuniu os benefícios de se ter um, mas evidenciando a realidade que poucas pessoas sabem por trás dele. 

Quer saber mais sobre esse assunto, que é tão essencial quanto um coxim de borracha, por exemplo, para as indústrias, assim como o MEI é para os empreendedores? Prossiga com a leitura e não esqueça de compartilhar com os seus conhecidos!

Como funciona o MEI?

O mercado de trabalho autônomo traz imensas vantagens que muitas empresas e até mesmo funcionários não tem devido a sua “liberdade” de negociação, ou seja, ele pode trabalhar de acordo com a sua vontade, ainda que essa realidade seja bem controversa e as pessoas cadastradas no MEI acabam por movimentar bastante o mercado, 

Por isso, para se ter o MEI, o Governo entende que você se torna uma pessoa autônoma e passa a ter um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), tendo várias facilidades, como abrir uma conta bancária, pedir empréstimos, emissão de notas fiscais e outras atribuições que são delegadas às pessoas atuantes nessa área.

Sendo assim, o MEI funciona como um facilitador para pessoas que não tem grandes empresas a conquistarem seu espaço no mercado de trabalho e ter quase todos os mesmos benefícios que uma grande empresa. Mas será que são apenas benefícios?

Desvantagens de ter um MEI

Com o MEI, ainda que se tenha vantagens a mais de mercado, é importante se atentar a sua utilização, que se pauta dentro do processo de criação de uma microempresa, tendo algumas limitações, que são:

  • Limitação no crescimento da sua empresa;
  • Aposentadoria de um salário mínimo; 
  • Limite de renda anual. 

Esses três pontos são essenciais para qualquer empresa que está começando ter suas dúvidas se realmente vale a pena investir nesse cadastro. Contudo, uma saída é verificar os seus benefícios e “colocar na balança” se realmente fará a diferença para você. 

Vantagens de ter um MEI 

Dentro do campo das vantagens, é visível que pode acabar se sobrepondo às desvantagens, principalmente por ter uma liberdade de mercado muito mais atraente do que se deveria ter, sendo elas:

  • Baixa tributação a ser paga mensalmente; 
  • Valores fixos a serem pagos;
  • Cobertura pelo INSS; 
  • Possibilidade de registro na Carteira de Trabalho de até um funcionário de baixo custo;
  • Facilidade em conseguir crédito.

Isso apenas demonstra que esse processo de se ter um MEI pode ajudar muitas pessoas a abrir o seu negócio, como de manutenção de compressores, por exemplo. Fazendo com que seja possível ter uma melhor disposição de mercado e dar o primeiro passo na direção de uma fonte de renda mais segura. 

Diante disso, fica evidente que ter, ou não, um MEI vai depender exclusivamente do peso que cada benefício e desvantagem terá nesse processo de construção de uma microempresa e nas suas possibilidades de mercado.

Este artigo foi produzido por Eduarda Prestes, criadora de conteúdo do Soluções Industriais. 

You must login to add a comment.

Posts relacionados