Cadastrar

Entrar

Esqueceu a senha?

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por e-mail.

Desculpe!, Você precisa se logar para perguntar.

Você precisa se logar para postar no Blog

Quais são os impactos da falta de saneamento para o meio ambiente para a sociedade?

Quais são os impactos da falta de saneamento para o meio ambiente para a sociedade?

Quais são os impactos da falta de saneamento para o meio ambiente para a sociedade?

O Saneamento básico são servidos que contribuem diretamente para o desenvolvimento de uma região. Ele abrange o abastecimento de água, a drenagem e limpeza da região, o esgoto sanitário, trato das águas das chuvas e dos resíduos sólidos.

Além de contribuir para o desenvolvimento das cidades, o saneamento contribui para a conservação do meio ambiente. Isso porque a falta de saneamento ou um saneamento mal administrado pode trazer consequências negativas para o meio ambiente e para a sociedade 

Este artigo esclarece pontos importantes da relação entre saneamento básico, meio ambiente e sociedade.

Qual a relação entre meio ambiente e saneamento?

Como foi possível observar, o conceito de saneamento busca a melhoria da qualidade de vida da população de modo a preservar ou melhorar as condições do meio ambiente. Isso impede que doenças se proliferem, que o meio ambiente se desarranje e que tudo isso impacte a economia local e a saúde da população.

Por isso, é tão importante que administração de municípios promova ações que melhorarem a qualidade das moradias, cuidando dos dejetos e abastecimento de água. Isso impede o surgimento de patologias e adoecimento daquele população. Além de preservar o meio ambiente.

A garantia de saneamento básico é mais que uma atividade administrativa, é um dever do Estado assegurado pela nossa Constituição Federal e definido por lei específica.

Quais os impactos da escassez de saneamento?

Proliferação de doenças

Um dos efeitos mais impactantes da falta de um Saneamento eficaz é a proliferação de doenças. Além de impactar o meio ambiente, isso gera consequências diretas a população.

Segundo pesquisas, mais de trezentos mil crianças, em idade menor que cinco anos,  morrem de diarréia em um período de um ano. E ainda mais, cerca de 99% dessas mortes poderiam ser evitadas se houvesse a distribuição de água tratada e potável, além do tratamento e coleta do esgoto sanitário.

Quando não há tratamento local do esgoto, os dejetos são jogados em córregos e rios próximos ou até mesmo em solos próximos. Isso propicia o crescimento de microorganismos responsáveis por causar muitas doenças. Além de insetos, como aqueles que causam febre amarela, dengue, malária, Chikungunya, Zika e muitas outras. Além de leptospirose, causada pela urina do rato e doenças causadas por parasitoses.

A falta de coleta de lixo também reforça esses ambientes insalubres e proliferação de ratos, mosquitos, parasitas e muitos outros vetores de doenças.

Enchentes

Muitas pessoas podem até se perguntar qual relação entre enchentes e saneamento, mas há total relação. 

As cidades devem manter limpas e cuidadas as galerias de água da chuva, assim como a limpeza das ruas e assim evitar que o lixo vara parar boa esgotos e entupa a rede. A manutenção preventiva é a melhor forma de cuidado.

Aquecimento global

O saneamento básico ajuda na redução da emissão de Gás Carbônico (CO2), que é o gás responsável por destruição da camada atmosférica e o aumento do efeito estufa.

Assim como os cuidados de saneamento preservam o solo, os rios  e qualidade do nosso ar. Além de preservarem as matas, responsáveis pela troca de CO2 por Oxigênio(O2)

Vivemos num ecossistema, ou seja, tudo está interligado: mares, ar, solo, rios, matas, animais e seres humanos. Basta o desequilíbrio de um desses e todo o sistema sofre.

Prejuízos econômicos

 A falta de saneamento básico impacta diretamente  economia das cidades, dos estados e dos país.

Infelizmente, muitos trabalhadores são afastados devido às doenças contraídas pela falta de higiene e saneamento de suas residências. 

Além da falta de  saneamento básico trazer problemas para o meio ambiente e para o trabalhador, ela também causam prejuízos à economia, visto que esses trabalhadores acabam se afastando do emprego.

Esse afastamento impacta diretamente o funcionamento da empresa e também a administração pública, pois é ela que deverá custear tratamentos, internações e  medicamentos utilizados no hospital por esses trabalhadores afastados.   Também não se pode esquecer dos gastos com a previdência social, já que o agravamento de doença pode gerar uma afastamento maior das atividades laborais e o trabalhador deverá ser remunerado pela Previdência social. 

Isso tudo poderia ser evitado, se o saneamento básico funcionasse de forma eficiente.

Além disso, a escassez de saneamento torna ainda mais difícil a redução da desigualdade e da pobreza. Isto porque, uma vez que as pessoas que não possuem acesso à rede de saneamento são pobres, nessa situação elas ficam doentes e faltam o trabalho ou não conseguem estudar. Isso traz um impacto direto na renda da sua família e dificulta a melhoria da qualidade de vida e de renda.

 As mulheres ainda ficam numa situação mais difícil, pois além de faltarem o trabalho, elas possuem dificuldades para cuidar das suas tarefas domésticas e de seus filhos. E muitas vezes são elas que cuidam de parentes e familiares doentes.

Poluição do meio ambiente 

O impacto mais óbvio e visível é a degradação do meio ambiente. 

Bilhões de m3 de esgoto são jogados nos rios e mares. Grande parte dos municípios no país tratam apenas suma porcentagem de seus esgotos.

Isso afeta o ecossistema de uma maneira geral, visto que componentes da fauna e flora marinha são mortos todos os dias por causa dessa poluição. Sem contar na poluição do ar lo, devido ao número de dejetos e restos substâncias jogadas por residências e até empresas.

Por desequilibrar o sistema, as cidades começam passar por infestações de pragas e surto de muitas doenças.

A falta de saneamento básico é muito mais grave do que se imagina. Além de impactar a vida e saúde dos cidadãos, degrada o meio ambiente e prejudica o desenvolvimento econômico-financeiro das cidades.

You must login to add a comment.

Posts relacionados