CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Plantas e Flores semeando bons negócios desde a produção até a comercialização

PLANTAS E FLORES SEMEANDO BONS NEGÓCIOS DESDE A PRODUÇÃO ATÉ A COMERCIALIZAÇÃO_Capa1a

 G I R O   D E   O P O R T U N I D A D E S

FLORICULTURA

Para receber os turistas de todas as partes do mundo que virão ao Brasil, atraídos especialmente pelos megaeventos esportivos, as cidades têm investido em grandes transformações urbanas. À medida que as obras são concluídas, as oportunidades para os serviços de paisagismo tornam-se ainda mais latentes.

Mas, o paisagismo urbano é um dos segmentos que está trazendo pujança ao setor de plantas e flores ornamentais. Além das grandes compras das construtoras de condomínios fechados e da ornamentação de eventos, também há oportunidades latentes no varejo. Mercado no qual as perspectivas são animadoras.

 A expansão de canais de vendas como os supermercados, os “garden centers” e o comércio online revigoram as chances de que se veja incrementado o consumo interno. Evidência desse potencial está na comparação do mercado brasileiro com o mercado europeu, no qual a média de consumo por habitante está entre U$ 70 a U$ 100 por ano. Enquanto aqui, a média de consumo brasileiro é perto de U$ 11por ano.

É nesse cenário que a oferta está crescendo. Nos últimos dez anos, registrou-se um significativo crescimento da produção de flores na maioria dos Estados brasileiros. A produção, concentrada no estado de São Paulo, tem se expandido para todo o país, com cultivos nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, Bahia, Alagoas, Pernambuco, Ceará e, também, na região norte do país.

 

Dados do Setor

  • No ano de 2010 o faturamento foi de R$ 3,8 bilhões;
  • No ano de 2011 o faturamento foi de R$ 4,3 bilhões;
  • No ano de 2012 o faturamento foi cerca de R$ 4,5 bilhões.

Desde 2006 o segmento de flores tem registrado altas de 8% a 12% em volume e de 15% a 17% em valor.

Cerca de nove mil produtores são proprietários, em média, de 1,5 hectares, totalizando uma área cultivada de cerca de 12,0 mil hectares, sendo que 81,3% trabalham com mão obra contratada e 18,7% com mão de obra familiar.

 

Principais avanços

  • Aumento considerável da qualidade e diversidade dos produtos ofertados ao consumidor;
  • Aumento da eficiência da cadeia: menor perda, maior agilidade, mais informação e menor diferença de preço produtor/consumidor.
  • Elaboração de uma Agenda estratégica até 2015;
  • Alinhamento das ações entre Câmara Setorial Federal e Ibraflor;
  • Representatividade junto ao governo, através das Câmaras Setoriais;
  • Maior acesso às linhas de crédito para custeio e investimento, com menor custo e maior prazo;

Clique aqui para ter acesso a Agenda Estratégica 2010 – 2015

 

Giro de Oportunidades

Um Giro de Oportunidades que tratam do setor de plantas e flores ornamentais nos boletins Sebrae 2014, que tem a Copa do Mundo FIFA 2014 como atração central entre os eventos que acontecerão entre 2013 e 2016, revela mais conteúdos para o segmento. Para ter acesso aos mesmos, clique nos títulos:

 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae

Esse é o perfil institucional do Sebrae nessa comunidade. Quer saber mais sobre o Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas? Acesse: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/canais_adicionais/o_que_fazemos

Me siga