CADASTRAR

Entrar

Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Enviar mensagem

Adicionar pergunta

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

O papel da internet para o segmento de beleza

A pesquisa Sophia Mind, realizada com 1.311brasileiras, entre 18 e 60 anos, que teve como objetivo avaliar a satisfação das mulheres com a aparência e entender como ocorre o consumo de produtos, também revelou qual é o papel da internet para elas quando este é o assunto. Apenas 12% das mulheres entrevistadas não usam a internet para buscar informações sobre produtos de beleza. Para as demais (88%), a internet possui diversas finalidades, que vão desde a busca de informações até o processo de compra de produtos. A principal atividade realizada na internet é a leitura de dicas de como usar os produtos de beleza - encontrada em sites ...

Ler mais ou responder

Um estudo do CONECTAí, plataforma web do IBOPE Inteligência, realizado com exclusividade para a Conferência Crowdsourcing 2014, mostra um retrato curioso sobre a dinâmica de relacionamento entre marcas e consumidores, quando o assunto é criação colaborativa. A pesquisa ouviu 805 consumidores e 230 profissionais de empresas, entre os dias 20 de agosto  e 2 de setembro de 2014 e mostra que, ao todo, 73% dos consumidores acreditam que os melhores produtos e serviços são oferecidos por marcas que os envolvem em seus processos de desenvolvimento. O estudo revela que eles têm ideias para melhorar os serviços (70%) e produtos (66%) que usam. Além disso, 68% têm sugestões para melhorar o atendimento ao cliente de várias empresas. Mas, na prática, eles são pouco ...

Ler mais ou responder
O desafio das marcas é serem humanas

É fato: o mercado hoje vê as marcas como se pessoas fossem. Por isso, qualquer uma que chegar demonstrando atitudes mais humanas será melhor percebida por consumidores. As dificuldades que as pessoas comumente têm em estabelecer um elo verdadeiro, em se aproximar ou em confiar naquelas que fingem não ter fraquezas, defeitos ou erros estão sendo observadas também em seus relacionamentos com as marcas que consomem. O público espera que as marcas assumam suas falhas, que sejam uma “pessoa” flexível. Esse conceito, em inglês, é representado pela expressão FLAWSOME.  Um termo que combina “flaw” e “awesome” e, traduzido para o português, significa “defeito” e “fantástico”. Ou seja, é como se o ...

Ler mais ou responder
O consumo de joias no Brasil

Na última década, a indústria joalheira tem promovido expressivas melhorias em seus padrões de qualidade e competitividade. Importação de máquinas, equipamentos, ferramentaria e insumos, além do investimento no design (hoje reconhecido internacionalmente) têm resultado no crescimento do mercado, com a comercialização tanto para o consumo interno como para o externo. Dados que evidenciam essa realidade, posicionaram o Brasil em 2013 entre os sete países que recuperaram seu consumo interno após a crise de 2009. Os números relativos aos vinte principais mercados consumidores de joias de ouro, apresentados no quadro a seguir, também permitem conferir que, nos últimos dez, apenas cinco países apresentaram crescimento no consumo interno: China (264%); Hong Kong (240%); Rússia (48%); Índia (18%); Brasil (10%).

Ler mais ou responder
Perfil dos consumidores de joias

Um recente estudo a respeito do perfil do consumidor brasileiro de joias segmentou seis comportamentos existentes em consumidores de joias no Brasil. Para cada um deles há uma correspondência de estímulos (motivações para o ato de compra), de hábitos (comportamentos que se repetem) e de recompensas (o que buscam, mesmo que inconscientemente) que contribuem para o plano de marketing das empresas que atuam no setor. São eles: Ancestral (Tradição) Pretendem preservar a herança e o legado histórico, criando um ambiente favorável aos produtos que demonstram uma mistura entre o clássico e o moderno. Procuram produtos que aliam a praticidade moderna à sofisticação do tradicional. Estímulos: Querem associar-se ...

Ler mais ou responder

Há alguns anos, o Brasil se posiciona como o terceiro maior mercado mundial de beleza, atrás apenas dos Estados Unidos e do Japão. A concorrência no setor, que sempre foi grande, está cada vez mais acirrada. Um dos motivos é o aparecimento veloz de novas empresas depois do incentivo à formalização do Programa de Microempreendedor Individual (MEI). Em um único ano, o segmento chegou a crescer 43%. Estima-se que, atualmente, sete mil novos salões de beleza são abertos no país, por ano. Em 2013, um estudo do SEBRAE apontou cerca de 300 mil negócios formalizados nas categorias MEI, Micro e Pequena Empresa, considerando a atividade “Cabeleireiros e Manicures”. ...

Ler mais ou responder
Tendências do Visual Merchandising

Pesquisas apresentadas no Redesign 2014 trazem as principais tendências para o visual merchandising. Uma das tendências destacadas é a HIPER ESCALA: trata-se da utilização de algo familiar de forma maximizada, podendo, muitas vezes, remeter ao humor. É uma das formas de trabalhar o processo de percepção do consumidor, surpreendendo com o resultado final. A tendência da hiperescala abrange exatamente esses dois últimos aspectos, a intensidade e a incongruência. Investir no exagero dentro do ponto de venda (PDV) ou nas vitrinas é a certeza de sobressair frente a concorrência. Só não podemos esquecer-nos de adequar esse “exagero” ao perfil do público-alvo, a temática da campanha, a ambientação da loja e ao espaço físico disponível.   CROMÁTICO: ...

Ler mais ou responder
A verdade sobre o ato de comprar

Cinco perfis de compradores que frequentam seu ponto de venda Uma empresa planeja melhor as ações para aumentar suas vendas quando conhece o comportamento do consumidor, que é o tema de estudo de uma área do marketing unida à ciência: o neuromarketing. Uma das ferramentas utilizadas por esse campo é a pesquisa de mercado que, por meio da coleta de informações, investiga o ambiente e obtém insumos para que as empresas construam suas estratégias de relacionamento com o consumidor. Depois de entrevistar 10 mil pessoas no Brasil, a unidade de inteligência global da McCann Worldgroup – agência de publicidade de atuação mundial – identificou cinco perfis de compradores: ...

Ler mais ou responder

Há algum tempo o mercado de beleza cresce constatando que vaidade como exclusividade feminina é coisa do passado. Nos últimos anos, os produtos e serviços para eles começaram a ganhar mais atenção e tudo indica que essa tendência veio para ficar. Dados da consultoria britânica Euromonitor International demonstram que as vendas de produtos voltados para a beleza masculina vão continuar crescendo. Supermercados, farmácias e lojas de bairro são os locais preferidos para a aquisição de produtos por esses consumidores, conforme pesquisa Mintel Inspire: 81% deles compram seus produtos de higiene e cosméticos em lojas físicas, mesmo sem a existência de uma seção específica ou de estabelecimentos dedicados ...

Ler mais ou responder
Clientes revelam a fórmula do sucesso para uma loja de lingerie

  O IEMI (Instituto de Estudos e Marketing Industrial) estudou o comportamento de compra da consumidora de moda íntima e trouxe revelações importantes que contribuem para o sucesso de uma loja do segmento. Baseado em uma questão de múltipla escolha, as entrevistadas mostraram que é realmente importante uma loja combinar vários fatores para ter sucesso. O mais determinante deles tem a ver com a variedade de produtos, que foi registrado em 39,5% das respostas das consumidoras. Porém, a variedade precisa ser combinada com preços mais baixos e com a existência de bons descontos/promoções para potencializarem ainda mais o sucesso de um estabelecimento. Além disso, as consumidoras definem uma loja de sucesso, aquela que também tem uma localização conveniente, oferece qualidade e design nos produtos, apresenta ...

Ler mais ou responder