Gostaria de entender se escolas de educação básica, que são sem fins lucrativos, podem se aplicar ao PRONAMPE?

I> Denunciar
Pergunta

Por favor explique as razões pelas quais esse conteúdo merece ser revisto pela moderação do site.

I> Denunciar
Cancelar

Gostaria de entender se escolas de educação básica que são sem fins lucrativos podem se aplicar ao PRONAMPE, não há clareza nas informações pelos Bancos.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!
respondida 0
, Valdnei Oliveira 2 meses 1 Resposta 51 visualizações Novo na comunidade 0

Resposta ( 1 )

  1. Por favor, explique brevemente por que você acha que essa resposta deve ser relatada.

    I> Denunciar
    Cancelar

    Boa tarde Valdnei. Instituído pela Lei nº 13.999/2020, o Pronampe é uma linha de crédito emergencial, no valor de R$ 15,9 bilhões, para ajudar micro e pequenas empresas com recursos financeiros e evitar demissões em meio à pandemia.

    De acordo com a Receita, o programa poderá ser acessado por cerca de 4,58 milhões de microempresas e empresas de pequeno porte – sendo cerca de 3,8 milhões optantes do Simples Nacional e cerca de 780 mil fora do Simples.

    Podem participar:

    – As microempresas (ME), com faturamento anual de até R$ 360 mil;

    – As empresas de pequeno porte (EPP), com faturamento entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões por ano;

    – As empresas enquadradas em alguma das categorias acima que não foram condenadas por ter condições de trabalho análogas à escravidão ou trabalho infantil.

    O prazo para o pagamento do empréstimo será de 36 meses. Já a taxa de juros anual máxima aplicada sobre o valor total do crédito será a da Selic, atualmente em 3%, mais 1,25%. A contrapartida é manter o número de funcionários.

    Poderão aderir ao Pronampe: 

    – Banco do Brasil S.A.,

    – Caixa Econômica Federal,

    – Banco do Nordeste do Brasil S.A.,

    – Banco da Amazônia S.A.,

    – Bancos estaduais e as agências de fomento estaduais,

    – Cooperativas de crédito e os bancos cooperados,

    – Instituições integrantes do sistema de pagamentos brasileiro,

    – Plataformas tecnológicas de serviços financeiros,

    – Organizações da sociedade civil de interesse público de crédito, e

    – Demais instituições financeiras públicas e privadas autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

    Saiba tudo sobre o PRONAMPE.

Deixe uma resposta