Lucianemagioni
  • 0
Novo na comunidade

É melhor ser autônomo ou abrir uma empresa como psicóloga?

  • 0

Bom dia, preciso de uma orientação.

Sou psicóloga e quero saber se é melhor fazer a inscrição de autônomo ou abrir uma empresa individual?

Perguntas relacionadas

2 Respostas

  1. Essa resposta é editada.

    Boa tarde, Luciane.

    A principal diferença entre os dois regimes é a tributação, além disso você precisa analisar qual faz mais o seu perfil. Deixo algumas informações para ajudar:

    Profissional liberal

    O que é um profissional liberal?
    O profissional liberal é aquele que, obrigatoriamente, tem nível universitário ou técnico para poder exercer sua profissão. As atividades “liberais” são específicas e estão previstas em legislação própria, bem como os requisitos para o seu desenvolvimento.

    Essas atividades são regulamentadas e fiscalizadas por entidades de classe — Conselhos Profissionais (OAB, CRC, CRM, CREA etc.) — que também definem os procedimentos técnicos e éticos de cada profissão. Em outras palavras, o profissional liberal exerce atividade intelectual, podendo responder civil e até criminalmente pelo produto de seu trabalho e, portanto, deve estar devidamente registrado.

    VANTAGENS
    Algumas das principais vantagens do profissional liberal são:

    • não ter que seguir uma hierarquia obedecendo a uma figura superior (necessária em empresas como garantia de melhor organização e controle);
    • flexibilidade de horário, pois mesmo tendo de que cumprir prazos com clientes, é possível conciliar melhor suas atividades profissionais com o lazer, exercícios físicos, momentos com a família etc.;
    • não depender de vagas do mercado de trabalho, podendo trabalhar por conta própria na área que escolheu;
    • ter a possibilidade de ganhar muito mais (dependendo da produtividade) do que ganharia trabalhando em regime CLT.

    DESVANTAGENS
    Algumas das principais desvantagens são:

    • não ter uma renda definida e garantida todo mês, o que pode prejudicar o controle do orçamento;
    • em caso de imprevistos (acidentes, doenças etc.), pode ter dificuldades financeiras;
    • ter que ser o próprio vendedor (realizar ações de marketing pessoal);
    • ter que ser o próprio administrador (identificar as possibilidades do mercado e organizar toda a parte administrativa);
    • precisar adquirir conhecimentos sobre as leis e exigências do exercício da profissão.

    Tributação:

    INSS

    Trata-se da contribuição para a Previdência Social. O profissional liberal pode contribuir de duas formas: com 11% sobre o valor do salário-mínimo vigente ou 20% sobre os rendimentos recebidos (desde que respeite o teto máximo de contribuição).

    IR

    O profissional liberal deve realizar o pagamento do Imposto de Renda quando fizer a Declaração de Imposto de Renda, seja como Pessoa Física, seja como Pessoa Jurídica. Lembre-se, portanto, de ter os documentos comprobatórios em mãos, bem como de realizar os devidos registros no livro-caixa, que podem ser importados para a declaração de Pessoa Física quando for preciso.

    ISS

    Trata-se do Imposto Sobre Serviços, que incide sobre o pagamento de serviços realizados. É um tributo municipal e, portanto, as suas regras e os valores variam de cidade para cidade. Por isso, consulte quais são as peculiaridades da sua região e tire as suas dúvidas.

    Conselho e sindicatos

    Muitos profissionais liberais dependem do registro de classe e, portanto, devem arcar com o pagamento de anuidade para os conselhos responsáveis. Veja alguns exemplos a seguir:

    • engenheiros e arquitetos — Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA);
    • médicos de quaisquer especialidades — Conselho Regional de Medicina (CRM);
    • fisioterapeutas — Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (CREFITO);
    • advogados — Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

    Para que os profissionais liberais possam atuar, a anuidade nos conselhos de classe deve estar em dia. Caso contrário, os números de registro ficarão inativos e, assim, eles não poderão atuar em suas respectivas áreas. Há, também, o pagamento de contribuição sindical, que deve ser realizado aos respectivos sindicatos de classe até o último dia útil do mês de fevereiro.

    O que é um profissional autônomo?

    O profissional autônomo é aquele que trabalha por conta própria, tendo ou não uma qualificação profissional, pois a atividade autônoma é genérica e pode ser exercida por qualquer pessoa, uma vez que não necessita obrigatoriamente de uma formação técnica ou superior.

    Ao contrário dos profissionais liberais, os autônomos não podem ter vínculo empregatício, mas podem prestar serviços para diversos segmentos, atuando como diaristas, pintores, encanadores, eletricistas, taxistas, prestadores de serviços, comerciantes, empresários, entre outros.

    VANTAGENS
    Além de contar com as mesmas vantagens do profissional liberal, os autônomos:

    • geralmente não precisam apresentar certificado sobre suas habilidades, o que não significa que não devam estar preparados para suas atividades;
    • a carga tributária é menos pesada.

    DESVANTAGENS

    • tal como os liberais, os autônomos não possuem uma renda fixa, o que pode comprometer o controle do orçamento;
    • por não terem vínculo empregatício, não dispõem de direitos trabalhistas, como horas extras, folga semanal remunerada, 13º salário, férias, FGTS etc.;
    • também não podem usufruir de benefícios concedidos por empresas (públicas ou privadas) como vale-transporte, vale-refeição, plano de saúde, gratificações e outros.

    Tributação:

    Imposto Sobre Serviço

    Imposto Sobre Serviço (ISS) é uma das taxas que mais gera dúvidas em relação aos tributos desses profissionais. Isso porque alguns municípios entendem que o imposto é devido a cada emissão de RPA, que será falado mais na frente.

    Enquanto outros determinam que o profissional faça o pagamento uma vez ao ano. Por isso, dispensam de contribuir a cada novo serviço.

    Além disso, o valor do ISS varia de acordo com o município. Por exemplo, nas cidades de Curitiba e São Paulo cobra-se o valor de 5%. Este é o teto máximo para cobrança desta taxa.

    Imposto de Renda Retido na Fonte 

    Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) está embutido no RPA. E ele é retido pela fonte pagadora e obedece à tabela da Receita Federal.

    Lembre sempre de informar esse imposto na declaração anual do Imposto de Renda. Assim, serão contabilizados os valores tanto a pagar, quanto a devolver, sobre os valores auferidos ao longo do ano base.

    INSS

    Este imposto é a contribuição previdenciária. É o valor que se paga para ter direito a uma aposentadoria, quando atingida a idade mínima estabelecida pelo Governo Federal. E também para que se consiga ter acesso, se necessário, a um auxílio doença e demais ajudas.

    Para chegar ao valor de INSS do profissional autônomo de acordo com o recebimento e as faixas de contribuição, é necessário calcular.

    Vantagens de se abrir uma empresa

    Obter melhores ofertas de crédito: É comum que as empresas necessitem de investimento para expansão. Mas nem sempre o empresário ou seus sócios possuem o capital necessário para aplicar. Então, a única opção pode ser o crédito bancário. E nisso, a vantagem de abrir uma empresa está em obter melhores condições em empréstimos.

    Além de taxas mais baixas do que as oferecidas a pessoas físicas, os bancos também liberam linhas de crédito maiores a pessoas jurídicas. Pois a classificação de risco para empresas é considerada menor e também porque as instituições financeiras sabem que negócios necessitam de valores mais elevados.

    Menor risco de perder clientes
    Muitas empresas não fecham negócios com empreendedores que não possuem um CNPJ para firmar contrato. Isso porque o CNPJ inspira profissionalismo e a sensação de que os direitos do contratante ou comprador serão respeitados. Além disso, pessoas físicas não conseguem emitir nota fiscal. E muitas empresas não realizam nenhum pagamento, mesmo que previsto em contrato legalmente assinado, sem receberem um documento fiscal.

    Oferecer várias formas de pagamento aos clientes
    O acesso a mais serviços bancários possibilita oferecer diversas formas de pagamento aos clientes, como boletos e cartões de crédito e débito. E isso pode ajudar o negócio a não perder clientes.
    Por exemplo, se as vendas são feitas a outras empresas, elas podem querer pagar em parcelas. Ou, caso serviços contínuos sejam prestados, devem receber boletos mensais.

    Desvantagens de ter um negócio próprio

    Agora, vamos mostrar o lado negativo de ter um negócio próprio:

    A responsabilidade é muito maior: Quando você é dono de seu próprio negócio, toda a responsabilidade recai sobre seus ombros. É por isso que é muito importante que você se prepare bem antes de empreender, especialmente na parte financeira, acadêmica e psicológica.

    Você precisa se preocupar com todas as áreas da empresa: Uma das grandes diferenças entre ter uma posição fixa em uma empresa e ser o dono de um negócio é que, no primeiro caso, você só precisa se preocupar com suas próprias responsabilidades e atividades, enquanto no segundo caso, você deve estar a par de todas as áreas da empresa.

    Poderá ser estressante: Ter um negócio próprio pode ser estressante: ter a incerteza e o medo de não vender o suficiente para pagar contas é praticamente inevitável.

    A tributação de empresas varia de acordo com a modalidade, mas dependendo do faturamento acaba sendo menor que as alternativas anteriores por ter condições especiais.

     

    Saiba mais em: https://www.jornalcontabil.com.br/ser-profissional-liberal-autonomo-ou-abrir-uma-empresa-qual-a-melhor-opcao/

    https://financeone.com.br/impostos-que-autonomo-paga/

    https://firstcontabilidade.com.br/tributacao-do-profissional-liberal/

     

     

    • 1
  2. CNAE – 8650-0/03 – Atividades de psicologia e psicanálise
    Essa atividade não pode ser MEI de acordo com as leis vigentes, sendo enquadrada pelo SIMPLES NACIONAL

    Sugiro buscar a ajuda de um Contador habilitado para auxiliar na abertura da sua empresa.

    Como todo negócio não se esqueça de elaborar um bom plano de negócios

    Espero ter contribuido de alguma forma. Bons negócios

    • 0

Deixe uma resposta

Você precisa se logar para responder