Coronavírus- Auxílio emergencial errado, como arrumar?

I> Denunciar
Pergunta

Por favor explique as razões pelas quais esse conteúdo merece ser revisto pela moderação do site.

I> Denunciar
Cancelar

Moro sozinho a mais de um ano. Pedi minha cunhada pra fazer o cadastro no auxílio emergencial para mim pois não tenho internet. Só que ela errou, pois o endereço da minha mãe e pois minha mãe como membro. Agora por isso não tenho mais direito ao benefício?

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!
respondida 0
, Elias Teodoro 5 meses 1 Resposta 112 visualizações 0

Resposta ( 1 )

  1. Por favor, explique brevemente por que você acha que essa resposta deve ser relatada.

    I> Denunciar
    Cancelar

    Boa tarde Elias. Uma vez finalizado o cadastro no site Auxílio Emergencial ou app Caixa | Auxílio Emergencial, os dados são guardados para verificações e batimentos com as bases de dados administrativas, por essa razão não é possível o retorno para alterações após essa fase.

    Após a finalização do cadastro, caso você identifique a necessidade de alteração ou correção de dados, deverá aguardar o resultado da avaliação. Caso o resultado seja “Não aprovado” ou “Dados Inconclusivos” será possível realizar uma nova solicitação pelo site Auxílio Emergencial ou app Caixa | Auxílio Emergencial, ou corrigir os dados encaminhados anteriormente.

    Os trabalhadores que se cadastraram para receber o auxílio emergencial de R$ 600 terão acesso a uma nova ferramenta para consultar a situação dos seus pedidos. Além do portal e do aplicativo da Caixa, os brasileiros poderão acompanhar, a partir desta terça-feira (5), os seus pedidos por meio dos seguintes endereços: http://www.cidadania.gov.br/consultaauxilio e https://consultaauxilio.dataprev.gov.br .

    Segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, apenas os trabalhadores cujo cadastro foi determinado como inconclusivo podem fazer essa solicitação. Aqueles cujas solicitações foram negadas e tiveram resposta como inelegíveis estão excluídos definitivamente. “Inelegíveis não podem recadastrar, só os inconclusivos”, afirmou.

    Fontes: https://g1.globo.com/economia/noticia/2020/05/05/auxilio-emergencial-governo-lanca-ferramenta-para-trabalhador-saber-o-motivo-da-exclusao.ghtml

    http://www.caixa.gov.br/auxilio/perguntas-frequentes/Paginas/default.aspx

Deixe uma resposta