Resposta ( 1 )

  1. Por favor, explique brevemente por que você acha que essa resposta deve ser relatada.

    I> Denunciar
    Cancelar
    Essa resposta é editada.

    Boa tarde Elaine.

    1- Faça a análise de mercado e concorrência

    O primeiro passo para abrir uma escola é analisar o mercado em que você estará inserido e, em seguida, as demais instituições de ensino que operam dentro dele. Qual nível ou níveis de educação sua escola vai oferecer? Quem é o público-alvo (classe média, classe alta, jovens de determinado nível educacional)? Com as respostas dessas e outras perguntas em mãos, você deve analisar a fundo sua concorrência.

    2- Avalie o capital inicial de investimento

    Depois de analisar a concorrência e decidir quais serão os recursos e diferenciais da sua própria escola, é hora de pensar em quanto tudo isso vai custar. Quando tiver o valor definitivo para o capital inicial de investimento em mãos, é fundamental organizar seu orçamento por meio de uma listagem detalhada de quanto cada coisa vai custar dentro do processo de abrir e manter uma escola.

    3- Planeje a estrutura necessária para abrir uma escola

    É fundamental que você planeje exatamente o que sua escola vai oferecer e quantos alunos pretende comportar — isso influenciará no tamanho e na quantidade de salas. A lei exige que cada sala de aula tenha um espaço mínimo de 1,2 metro quadrado por aluno.

    4- Cuide da documentação requerida

    A regularização para abrir uma escola é feita junto à prefeitura da cidade, à Secretária da Educação, ao Ministério da Educação e à delegacia municipal de ensino. Se tudo estiver em ordem no seu plano de negócio, eles vão fornecer todos os documentos necessários.

    É fundamental que esses documentos estejam sempre em ordem e atualizados, pois o consumidor dos serviços de qualquer instituição de ensino tem o direito de solicitá-los.

    5- Contrate os funcionários adequados para sua escola

    Além da equipe de professores, que deve receber constantes oportunidades para desenvolvimento contínuo, você também precisará de profissionais para o departamento financeiro e para o departamento administrativo. É importante contar ainda com um suporte técnico, que pode ser terceirizado, e com uma equipe de limpeza e zeladoria: fundamentais para a gestão escolar no dia a dia da instituição, são eles os responsáveis por fazer com que tudo funcione e resulte na educação de qualidade e na satisfação dos alunos e responsáveis.

    6- Forneça segurança e higiene na escola

    A segurança e a higiene são grandes prioridades dos pais e responsáveis que buscam sua escola pensando em matricular seus filhos, e tem tanta importância quanto elementos diretamente relacionados ao ensino, como a infraestrutura escolar. Para tanto, você deve contar com alarmes e câmeras de vigilância, além de orientar os professores e demais integrantes da equipe a cumprir determinadas ações em suas rotinas, como sempre trancar a sala e não deixar os alunos menores sem supervisão. Ter funcionários na portaria durante todo o tempo de funcionamento também é muito eficiente.

    Outra forma de trazer mais segurança para a escola é planejar com cuidado a logística na hora de os responsáveis buscarem os alunos mais novos. É fundamental que haja um controle rigoroso disso, tanto para que ninguém saia da sala sem que o responsável já tenha chegado quanto para garantir que apenas as pessoas autorizadas saiam com o aluno.

    7- Pense na localização da escola

    Antes de mais nada, a localização da escola influencia diretamente no alcance que você terá, já que ela estará em concorrência com as demais escolas da região. Há, ainda, a questão da segurança do bairro, algo fundamental para que os responsáveis tomem suas decisões, especialmente se os alunos vão para a escola ou voltam para casa sozinhos.

    Considere a possibilidade de ter um estacionamento para os pais ou, pelo menos, um espaço na frente da entrada onde eles possam parar com segurança para buscar os alunos. Em meio à correria do dia a dia, a facilidade para levar e buscar os alunos é um quesito fundamental na hora de escolher uma escola.

    8- Defina a linha pedagógica

    É importante também analisar o quanto seu público-alvo está alinhado com a linha pedagógica que você vier a escolher. A partir daí, converse com especialistas e procure professores que entendam ou mostrem-se abertos para o sistema escolhido, pois eles serão os responsáveis por aplicar na prática os seus preceitos em sala de aula. Os consumidores dos serviços de ensino desejam um espaço que esteja capacitado para preparar os alunos para fazerem a diferença como profissionais (e também como pessoas).

    9- Monte uma estratégia eficiente de marketing

    Para estabelecer sua escola como um nome forte e de confiança no mercado, invista no marketing de conteúdo e na presença na internet e nas redes sociais. O mercado de conteúdo visa levar, como o nome indica, conteúdo relevante para seu público, estabelecendo sua experiência e reputação.

    Enquanto isso, na internet e nas redes sociais, esse conteúdo pode ser levado para os usuários e seguidores por meio de blog posts, e-books e imagens, vídeos e postagens nas redes sociais, espaços onde você pode conquistar compartilhamentos e outros engajamentos que aumentarão o alcance da escola para além dos clientes já fidelizados.

    Fonte: https://escolaweb.com.br/gestao-escolar/entenda-o-que-e-necessario-para-abrir-uma-escola/

Deixe uma resposta