Como abrir empresa na área da construção civil?

Reportar
Pergunta

Por favor explique as razões pelas quais esse conteúdo merece ser revisto pela moderação do site.

Reportar
Cancelar

Sou técnico em edificação e, juntamente com um amigo meu, tenho o objetivo de abrir uma empresa para prestarmos serviços de reformas (metragem ilimitada aos técnicos) e pequenas construções dentro das limitações da nossa classe. Qual o melhor tipo de empresa para se abrir nesse caso? Visto que a MEI não permite ter sócios.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!
respondida 0
, Lucas Henrique 3 dias 1 Resposta 24 visualizações 0

Resposta ( 1 )

  1. Por favor, explique brevemente por que você acha que essa resposta deve ser relatada.

    Reportar
    Cancelar

    Boa tarde Lucas. As micro e pequenas empresas de construção civil vem se mostrando um negócio lucrativo, mesmo que, principalmente para serviços de pequenas obras, ainda predomine a informalidade.

    1- Nome da empresa

    Antes de decidir o nome de sua empresa, é preciso pesquisar na Junta Comercial se já não há outro empreendimento com o mesmo nome.  Em algumas cidades, a consulta também pode ser feita pela internet.

    2- Imóvel

    Para definir o ponto comercial, você precisa averiguar a situação do imóvel antes de assinar o contrato de locação. Peça no Cartório de Registro de Imóveis a matrícula do imóvel. Por meio desse documento, você saberá o ponto comercial tem habite-se (autorização da prefeitura para que o imóvel possa ser habitado ou utilizado) e todo o seu histórico.

    Além disso, verifique se lei de zoneamento do município autoriza a realização de atividades comerciais no local. Há lugares em que somente o uso residencial é permitido. Você também precisa atentar para a infraestrutura do local e de seu entorno. O imóvel é de fácil acesso (próximo a vias arteriais e a pontos de transporte coletivo)? Possui estacionamento e área para carga e descarga? Essas são questões importantes a serem levadas em consideração.

    3- Responsabilidade técnica

    As empresas de construção civil devem ser registradas no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) de sua região. Da mesma forma, necessitam ter um responsável técnico habilitado junto ao órgão.

    4- Contador

    De acordo com os Conselhos Regionais de Contabilidade, todas as empresas precisam do acompanhamento e contabilização de sua movimentação por um contador devidamente registrado junto ao órgão. A exceção ocorre no caso das microempresas individuais. Você deve contratar um profissional capacitado e que, de preferência, tenha experiência em atender a empresas de construção civil.

    5- Formalização da empresa

    O empresário deverá legalizar a empresa nos seguintes órgãos:

    – Junta Comercial ou Cartório de Registro de Pessoa Jurídica – NIRE:  A empresa deverá ser registrada na Junta Comercial do estado ou no Cartório de Registro de Pessoa Jurídica. Mas antes é preciso providenciar a elaboração do Contrato Social ou a Declaração de Empresário Individual.  Veja o que são esses dois documentos:

    – Contrato social: O Contrato Social contém as informações sobre o negócio nos casos em que há sociedade. Deve incluir nome, endereço, atividade, objetivo, relação de sócios, capital investido, divisão de lucros e outras informações sobre a empresa. Esse documento formalizará a sociedade junto ao Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). É necessário que o Contrato Social possua o visto de um advogado, exceto no caso de micro e pequenas empresas, quando isso é dispensado.

    – Declaração de Empresário Individual: A Declaração de Empresário Individual é o documento que contém as informações do negócio quando o empreendedor atua individualmente.

    6- Documentos necessários para a inscrição na Junta Comercial 

    Após o Contrato Social ou a Declaração de Empresário Individual estarem elaborados, pode-se prosseguir com o arquivamento da empresa na Junta Comercial. Geralmente, serão necessários os seguintes documentos para o arquivo:

    1- Requerimento da Junta Comercial (1 via);

    2- Comprovante de pagamento das taxas de registro;

    3- Contrato Social ou Requerimento de Empresário Individual ou Estatuto (3 vias);

    4- Cópia autenticada do RG e CPF do titular ou dos sócios;

    5- Ficha de Cadastro Nacional (FCN) modelo 1 e 2 (1 via).

    Os documentos exigidos podem variar conforme a região Por isso, para informações precisas, consulte a Junta Comercial do estado no qual a empresa for ser instalada.  Após o registro da empresa, será entregue o Número de Identificação do Registro de Empresa (NIRE), contendo o número que será fixado no Contrato Social ou NA Declaração de Empresário Individual.

    7- Secretaria da Receita Federal – CNPJ

    Feito o registro na Junta Comercial, você deverá efetuar a inscrição da empresa na Receita Federal do Brasil, por meio do Cadastro Nacional das Pessoas Jurídicas (CNPJ). A solicitação é feita exclusivamente pela internet, por meio do download do Documento Básico de Entrada. Você deve imprimir o Documento Básico de Entrada, assiná-lo, reconhecer firma em cartório e encaminhá-lo à Receita Federal pelos Correios, junto com o Contrato Social.  A resposta será dada via internet. Esse é o procedimento para que a Receita Federal disponibilize o número de cadastro do CNPJ.

    8- Secretaria Municipal da Fazenda – Inscrição Municipal

    Após obter o número de seu CNPJ, você deve solicitar na prefeitura a Inscrição Municipal da empresa. Trata-se da identificação no cadastro tributário do município. Ele constará no Alvará de Localização e Funcionamento, que deve ficar na sede da empresa, em local visível a todos.

    Assim, o poder público poderá fiscalizar o pagamento de tributos, principalmente os impostos de competência municipal, como o Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN). Com a Inscrição Municipal, a pessoa jurídica, por sua vez, poderá emitir notas fiscais e solicitar certidões negativas para participar de licitações públicas. Para solicitar a Inscrição Municipal, devem ser apresentados os seguintes documentos:

    1- Formulário preenchido disponibilizado pela prefeitura;

    2- Cópia do Contrato Social ou Declaração de Empresário Individual;

    3- Cópia da inscrição do CNPJ.

    9- Secretaria Estadual da Fazenda  – Inscrição Estadual

    A Inscrição Estadual é necessária para que sua empresa obtenha inscrição no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). A solicitação deverá ser feita via internet.

    10- Corpo de Bombeiros Militar – Alvará de Prevenção e Proteção Contra Incêndio

    A empresa deverá possuir Alvará de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (APPCI), expedido pelo Corpo de Bombeiros Militar do estado. A solicitação poderá ser protocolada pessoalmente e, em alguns estados, via internet.

    11- Prefeitura – Alvará de Funcionamento e Localização

    O Alvará de Funcionamento e Localização é uma licença concedida pela prefeitura, autorizando o funcionamento e a localização do empreendimento.  Todos os estabelecimentos que trabalham com a prestação de serviço ao público precisam de alvará. Ele deve ser solicitado na prefeitura. O procedimento para sua obtenção varia de acordo com a legislação de cada município. Empresas que funcionarem sem alvará estão sujeitas à multa e, caso não regularizem a situação, ao fechamento do estabelecimento.

    12- INSS

    Se a empresa for ter um quadro detrabalhadores registrados, o proprietário ou os sócios deverão efetuar a matrícula da empresa no Cadastro Específico do INSS (CEI) em até 30 dias, contados a partir da data do arquivamento do contrato social na Junta Comercial ou Cartório de Registro de Pessoa Jurídica.

    13- CREA

    A inscrição no CREA do estado em que a empresa de construção civil está instalada é obrigatório. Também é pré-requisito a designação de um responsável técnico cadastrado junto ao órgão.

    Fonte: https://www.sienge.com.br/blog/como-abrir-uma-empresa-de-construcao-civil
    Como montar um serviço de pequenas obras para construção civil.

Deixe uma resposta