CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Artesanato na internet: apareça e venda

Artesanato na internet: apareça e venda

Artesanato na internet_capa

Ao que tudo indica, nos dias de hoje a internet é essencial para qualquer área de atuação no mercado. Seja serviço, comércio, indústria ou artesanato. A linguagem universal da comunicação através das tecnologias virtuais atinge um número imensamente maior de público quando comparado aos meios habituais de divulgação.

Na hora de vender seu artesanato a internet é uma grande aliada. Toda venda é precedida do conhecimento do produto pelo comprador, certo? Esse conhecimento é feito através de boas e eficientes ações de divulgação e como já foi dito, o ambiente virtual é poderoso para mostrar seu produto ao seu público e até a quem você nem imagina que esteja interessado em comprar sua peça.

A internet leva o produto até o público específico que você quer atingir e também delimita novos consumidores. Isso acontece porque hoje existem várias vertentes que podem ser exploradas de diferentes formas pelo artesão. Exposição e vendas através de sites especializados, sua própria loja virtual e redes sociais são algumas delas:

Sites Especializados – Existem diversos sites especializados em vendas, inclusive de artesanato, que comercializam espaços para você anunciar seus produtos, basta realizar uma busca na internet, e encontrará vários deles. Após identificá-los é necessário fazer contato e verificar quais os que lhe oferecem as melhores vantagens.

Loja Virtual – Montar sua loja virtual, seu site de compras, preferencialmente bilíngue, caso seu produto tenha perfil e seja do interesse do artesão exportar. Neste espaço, divulgue e facilite para que seu potencial comprador efetive o pedido. Aqui você poderá seguir as seguintes dicas:

  • Fotografe seu produto em um fundo “limpo” sem informações que possam competir com a imagem da peça. Geralmente se usa um fundo branco ou preto. Use ainda ambientes que complementem seu produto e a ideia que você deseja transmitir ao consumidor. Por exemplo: se seus produtos possuem como matéria prima elementos da natureza, coloque-o em meio a uma folhagem verde ou seca para fotografar. Cause uma experiência virtual de compra.
  • Coloque as fotos do seu produto bem posicionadas, de forma bem alinhada e organizada.
  • Coloque o “carrinho de compras” a mostra.
  • Facilite a forma de pagamento. Hoje existem inúmeras opções práticas e seguras para oferecer ao cliente.
  • Atualize e alimente este site constantemente. Como a vitrine de uma loja, seu site precisa mostrar o que você tem de forma dinâmica e agradável.
  • É importante informar no site: telefone, endereço, email, formas e condições de pagamento e ter um sistema para efetivar e confirmar a compra. O cliente precisa saber o preço final diferenciando o valor do produto das despesas de envio antes de confirmar a compra.
  • Tudo isso tem um custo operacional que precisa ser compensado pelo volume de vendas.

Redes Sociais – É importante ter em mente que as mídias ou redes sociais não são canais de vendas. São plataformas para comunicação e relacionamento. Deste relacionamento o empresário poderá colher os frutos (frutos = vendas) no seu e-commerce (comércio virtual).

Você pode encontrar mais informações no post “Comércio Eletrônico: como usar a internet a favor da sua empresa”: http://sebraemercados.com.br/?p=21753 ou no site www.facadiferente.sebrae.com.br.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae