CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Dicas para gerenciamento de uma propriedade leiteira

Dicas para gerenciamento de uma propriedade leiteira

108

Partindo da ideia de que produzir leite é administrar custos, o produtor deve ter em mente que o gerenciamento profissional da propriedade, com base no controle dos principais aspectos da atividade, é essencial para a racionalização das operações e para a redução dos gastos. Esse controle é uma ferramenta indispensável, que deve ser usada para detectar problemas e ajudar na tomada de decisões sobre manejo em propriedades leiteiras de qualquer porte.

O produtor deve estar ciente de que todas as variáveis que afetam a produção do leite terão impacto nos gastos. Por isso, é importante que ele conheça a fundo todos os seus custos, pelo menos para três objetivos principais: compará-los com os de outras propriedades, comparar os preços recebidos pelo leite, além de corrigir falhas, ajustar o manejo e alterar as metas de produção.

Gestão de uma propriedade leiteira

A atividade começa com o controle leiteiro, que pode ser definido como a melhor forma de acompanhar a evolução produtiva individual dos rebanhos e consiste em pensar de tempos em tempos a produção de leite de cada vaca em lactação.

Essa pesagem permite ao produtor tomar uma série de decisões que podem aumentar a eficiência do trabalho de sua propriedade, como a separação dos lotes de produção, o balanceamento da dieta para cada lote, o direcionamento da alimentação volumosa para cada categoria, entre outras.

Por exemplo, conhecer a persistência de lactação de cada vaca permite ao produtor classificar seus animais por produtividade e selecionar os que lhe interessam, o que orientará os futuros descartes, além de servir de parâmetro indicativa para o manejo do rebanho, como adequar a alimentação das vacas de acordo com a produção registrada.

Manejo e controle da reprodução, sistema de ordenha, qualidade do leite e controle de custos operacionais são temas essenciais para obter uma boa gestão da propriedade leiteira. Por meio do Programa Gerenciamento de Propriedades Leiteiras, o Sebrae-RJ e a Federação da Agricultura, Pecuária e Pesca do Estado do Rio de Janeiro (Faerj) consolidaram uma sólida proposta de viabilização das pequenas propriedades de leite. A iniciativa é uma ação harmônica entre pesquisa agropecuária, difusão e transferência de tecnologia, formação profissional, assistência técnica e extensão rural.

Fique por dentro, acesse:

http://bis.sebrae.com.br/GestorRepositorio/ARQUIVOS_CHRONUS/bds/bds.nsf/5ED43C8F8C05B3D28325768000624CF0/$File/NT00042E26.pdf

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae