CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Cuidado com as reclamações feitas sobre a sua empresa na internet

Quem nunca utilizou algum canal formal para reclamar de alguma empresa sobre algum produto/serviço oferecido? A resposta é sim para 71% dos internautas brasileiros. Sim, 71%! Estes são os dados do CONECTAí Express, pesquisa nacional online realizada pelo CONECTA. Segundo os dados divulgados pela pesquisa em fevereiro de 2017, os serviços de atendimento online são os mais procurados, tendo 50% de utilização pelos internautas. Em ...

Ler mais ou responder

Para uma empresa destacar-se da concorrência, em um mercado cada vez mais disputado, o empresário precisa conhecer bem o perfil, as preferências e o padrão de gastos dos seus clientes. Um novo e-book, lançado em parceria pelo Sebrae e Endeavor, vai ajudar os pequenos negócios a usar uma ferramenta estratégica: o CRM, sigla para Customer Relationship Management (Gerenciador de Relacionamento com o Cliente).

Ler mais ou responder
Marketing sustentável para sua empresa

Você sabia que até a comunicação da sua empresa pode seguir práticas sustentáveis e chamar ainda mais atenção? Confira algumas dicas que separamos  para que você, empreendedor, possa fazer o marketing do seu negócio sem poluir o meio ambiente e atrair mais clientes com uma imagem sustentável. É importante ressaltar que a divulgação dos seus produtos, bens e serviços também pode ser geradora de poluição e lixo. As boas práticas apresentadas abaixo ensinam como comunicar o seu negócio reduzindo os impactos ao meio ambiente e aumentado a imagem positiva aos olhos do consumidor: Explore mais a internet como meio de divulgação, assim você evitará desperdício ...

Ler mais ou responder

Os dispositivos móveis como smartphones, tablets e notebooks, entre outros, vieram para revolucionar não apenas a forma como as pessoas se comunicam, como também a forma de trabalhar e organizar compromissos. Centenas de aplicativos surgem todos os dias nas lojas virtuais de fabricantes de aparelhos e fornecedores de plataformas móveis, como o iTunes (da Apple) e o Google Play (do Android). Bem utilizados, eles ajudam empreendedores nas tarefas relacionadas ao gerenciamento cotidiano do negócio. Na prateleira de aplicativos gratuitos, os empreendedores contam com soluções que organizam a agenda e o controle de gastos, apresentam gráficos com o desempenho da companhia em tempo real e até ...

Ler mais ou responder

Hoje em dia, não se constrói uma marca sem a participação dos fãs ou somente com investimento em TV. É preciso gerar conteúdo para diferentes meios para sempre mostrar o que o negócio pensa, diz e faz, ou seja, deve estar mais próximo do seu cliente, criando empatia e, consequentemente, vínculos que podem influenciar nas suas escolhas na hora de comprar. O grande segredo da comunicação entre loja e cliente é criar um diálogo permanente, fazendo com que sua marca, produto ou serviço esteja sempre na mente do consumidor. Para isso, é possível tirar proveito de três conceitos: - Convergência midiática: faz com que a narrativa e a linguagem fluam em diferentes meios;

Ler mais ou responder
O desafio das marcas é serem humanas

É fato: o mercado hoje vê as marcas como se pessoas fossem. Por isso, qualquer uma que chegar demonstrando atitudes mais humanas será melhor percebida por consumidores. As dificuldades que as pessoas comumente têm em estabelecer um elo verdadeiro, em se aproximar ou em confiar naquelas que fingem não ter fraquezas, defeitos ou erros estão sendo observadas também em seus relacionamentos com as marcas que consomem. O público espera que as marcas assumam suas falhas, que sejam uma “pessoa” flexível. Esse conceito, em inglês, é representado pela expressão FLAWSOME.  Um termo que combina “flaw” e “awesome” e, traduzido para o português, significa “defeito” e “fantástico”. Ou seja, é como se o ...

Ler mais ou responder

Surge uma nova safra de consumidores. São os integrantes da chamada geração G (de generosidade), detectados pela Trendwatching – uma empresa holandesa de pesquisa de tendências que alerta: para eles, não bastam bons produtos nem preços atraentes. O que chama a atenção dos consumidores generosos são empresas dispostas a fazer tudo por eles e também pela sociedade. “’As pessoas estão descontentes com a ganância dos empresários e suas consequências para a economia”, diz o relatório publicado pela Trendwatching. Crises financeiras fazem com que o cidadão queira maior proteção, não só sobre seu dinheiro guardado, como também em relação aos empregos e aos parceiros. E assim, dar, doar, dividir e colaborar em todos os sentidos tornam-se exigências e não mais, simplesmente, qualidades ...

Ler mais ou responder

Em nenhum momento, empresa alguma pode se dar ao luxo de deixar de acompanhar o movimento dos consumidores. Especialmente depois da acessibilidade das mídias digitais e da abrangência das redes sociais, por onde as pessoas transmitem suas impressões (tanto positivas quanto negativas) através de dispositivos móveis cada vez mais diversificados. Sim, a comunicação se tornou rápida e global e, consequentemente está afetando as marcas. É fácil encontrar ataques a marcas no ambiente online. Segundo Claudio Gandelman, em um artigo publicado no http://www.endeavor.org.br existem cinco providências fundamentais para a o gerenciamento de uma crise, cuja estratégia deve ser desenvolvida antecipadamente. Veja: 1º - Faça um planejamento detalhado antes de utilizar as redes sociais. A ideia ...

Ler mais ou responder
A verdade sobre o ato de comprar

Cinco perfis de compradores que frequentam seu ponto de venda Uma empresa planeja melhor as ações para aumentar suas vendas quando conhece o comportamento do consumidor, que é o tema de estudo de uma área do marketing unida à ciência: o neuromarketing. Uma das ferramentas utilizadas por esse campo é a pesquisa de mercado que, por meio da coleta de informações, investiga o ambiente e obtém insumos para que as empresas construam suas estratégias de relacionamento com o consumidor. Depois de entrevistar 10 mil pessoas no Brasil, a unidade de inteligência global da McCann Worldgroup – agência de publicidade de atuação mundial – identificou cinco perfis de compradores: ...

Ler mais ou responder

O estudo da McCann, que investiga a verdade sobre o ato de comprar, denominou de robótico o consumidor como cuja mentalidade é mais negativa e desengajada. Embora, de acordo com o levantamento, esse etilo seja encontrado em apenas 3% dos consumidores brasileiros, é importante ter em mente que ele pode entrar a qualquer momento no seu ponto de venda. A empresa pesquisadora alerta ao lojista que, para chamar a atenção desses clientes, é necessário dedicar muito mais esforço, uma vez que agem como se estivessem ligados numa espécie de “piloto automático”. Em vista disso, um varejista pode, a princípio, pensar que por se tratar de uma representatividade tão reduzida, quando comparada ao total de consumidores potenciais, nem é tão importante conquistá-lo. ...

Ler mais ou responder

Há quem acredite que os blogs já não ocupam tanto espaço na vida das pessoas. Pensam que depois do seu boom, eles não são mais tão representativos como mídia social. Ledo engano! O Brasil ocupa o segundo lugar no mundo em relação ao alcance de blogs. Segundo Alex Banks da comScore – empresa mundial que mede o que as pessoas fazem à medida que navegam no mundo digital – a proporção da população brasileira online que visita pelo menos 1 blog durante 1 mês é muito alta, posicionando o Brasil atrás apenas do Japão. Por aqui, mais de três quartos da população online (77,3%) acessam mensalmente esses sites atrás de informações. Quando o assunto é moda e beleza, o ranking 2014

Ler mais ou responder

Desde os anos 70 quando o termo brechó se popularizou e passou a designar o comércio de artigos usados no Brasil muita coisa mudou nesse mercado. A busca agora é pelo sucesso na internet. Especialmente para os negócios que atuam no segmento de moda: ao mesmo tempo em que as lojas físicas, com atmosfera de roupas desgastadas e cheiro de naftalina, começaram a ceder lugar a ambientes arrojados e serviços agregados, o acesso à internet chegou evidenciando os brechós virtuais. Sucesso na internet Atualmente, algumas iniciativas empresariais são verdadeiras vitrines dessa transformação. São negócios que estão imprimindo status e expandindo o espaço de mercado no país, tanto que são os brechós de luxo que registram maior crescimento no Brasil, segundo o

Ler mais ou responder