CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Produção de alimentos e criação de animais no semiárido nordestino

Produção de alimentos e criação de animais no semiárido nordestino

sebrae mercados, Produção de alimentos e criação de animais no semiárido nordestino

Não é fácil produzir alimentos no semiárido nordestino. Com chuvas irregulares – no tempo e no espaço – o ambiente exige do produtor rural conhecimentos e cuidados especiais no manejo correto do solo, da água, dos rebanhos e dos vegetais.

O solo deve ser protegido contra a erosão e a salinização, provocadas naturalmente ou por práticas rurais incorretas. A água, escassa, deve ser armazenada de várias formas, na superfície e no interior do solo, protegida contra a poluição e usada com parcimônia por homens, plantas e animais. Estes, associando rusticidade e produtividade, devem ser criados na quantidade adequada à disponibilidade de recursos da propriedade rural. Os vegetais devem ser explorados corretamente, de forma a atenderem às necessidades dos animais e do próprio homem.

No semiárido, as estiagens são inevitáveis, um fenômeno antigo. A cobertura vegetal do solo, denominada de “caatinga” pelos primeiros habitantes, que significa “mata branca”, comprova que os índios já observavam que, devido à falta de água, as plantas perdiam o verde em determinadas épocas do ano. Saber como manejar com equilíbrio os recursos locais, principalmente durante as maiores adversidades, é o grande desafio. A ele queremos nos engajar.

A cartilha “O Produtor Rural e o Rio Grande do Norte Semiárido” que o Sebrae produziu e editou e ora coloca nas mãos dos maiores interessados – produtores rurais do Estado – é uma ajuda na batalha diuturna de manter e desenvolver a produção agropastoril no nosso Estado. Sentimo-nos gratificados por cada informação, aqui contida, que possa estimular o produtor a viver dignamente no semiárido, indo além da convivência com a seca, esquecendo de vez o antigo fantasma da simples sobrevivência.

Na época da abundância, os pesquisadores têm pouco a ensinar ao homem do campo, experiente na sua lida, conhecedor dos segredos da natureza. Na adversidade, ao contrário, cresce a relevância da disseminação de tecnologias adequadas à melhor utilização de recursos nativos que, devidamente estudados pelos cientistas, são aproveitáveis durante as secas, épocas em que seu uso pode fazer a diferença na lucratividade de um negócio rural.

O conhecimento é a melhor arma para a promoção do desenvolvimento e aproveitar os ensinamentos desta cartilha é um grande passo para que cada produtor rural se engaje em um novo patamar tecnológico.

Obtenha mais informações sobre energia renovável na Cartilha O Produtor Rural e o Rio Grande do Norte Semiárido – Sugestões para conviver melhor com as secas.

Fonte: Sebrae.com.br

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae