CADASTRAR

Entrar

Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Enviar mensagem

Adicionar pergunta

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

 Fomenta Nacional aproxima gestores públicos das pequenas empresas

 Em sua 7ª edição, o Fomenta deve reunir em Cuiabá cerca de 1,2 mil pessoas entre os dias 17 e 18 Nos próximos dias 17 e 18 de novembro acontece em Cuiabá a 7ª edição do Fomenta Nacional. O evento, realizado pelo Sebrae em parceria com os Governo Federal, governos dos estados e prefeituras, objetiva  aproximar pequenos negócios, inclusive rurais, dos grandes compradores da administração pública.  Acesse o site do evento em www.fomentanacional.com.br

Ler mais ou responder
Papo de Negócios – Venda mais para o governo

Como participar de um mercado de R$ 600 bilhões anuais em compras públicas? Esse é o valor que o governo brasileiro consome anualmente, em produtos e serviços, o que representa 15% do Produto Interno Bruto. Com esse volume, a Administração Pública é capaz de induzir mudanças no padrão de produção e consumo. “Venda mais para o governo”

Ler mais ou responder
Governo: o maior cliente

Empresas menores estão conquistando um grande cliente com dinheiro no bolso e apetite para compras. Em 2013, a participação dos micro e pequenos empreendimentos nas listas de compras do governo federal engordou 33%, em comparação a 2012, conforme dados do Ministério do Planejamento. Dos R$ 68,4 bilhões gastos pela União no ano passado, R$ 20,5 bilhões foram para os pequenos empresários, valor que corresponde a 30% de todas as aquisições de bens e serviços. Estima-se que essa fatia chegue a 50%, até 2017, com a criação de novas legislações de incentivo ao setor. Para 2014 e 2015, especialistas apostam em um crescimento no volume de contratos em áreas como construção civil, tecnologia, ...

Ler mais ou responder
Programa Nacional de Encadeamento Produtivo

Esse programa foi criado pelo SEBRAE para dinamizar a inserção dos pequenos negócios no universo produtivo das multinacionais brasileiras. É uma estratégia que visa aumentar competitividade, competência tecnológica e gestão das empresas, através de relacionamentos cooperativos, de longo prazo e mutuamente atraentes, que se estabelecem entre grandes companhias e pequenas empresas de sua cadeia de valor. Desde 2004 o SEBRAE vem atuando para aproximar empresas de uma mesma cadeia produtiva, mas, recentemente, com a criação do programa, contabilizou o atendimento a mais de 17 mil empresas no Brasil, em quase 100 projetos locais e nacionais, que contam com parcerias com empresas como a Petrobrás, a Braskem, a Vale, a Gerdau e a Odebrecht. O processo de encadeamento produtivo pode gerar ...

Ler mais ou responder
Para MEI, formalização impacta positivamente

Em agosto de 2013, o Brasil atingiu a marca de mais de 3,3 milhões de microempreendedores individuais (MEI). Esse cenário demonstra ser esta figura jurídica o principal caminho utilizado pelos microempreendedores brasileiros que buscam as oportunidades oferecidas pelo mercado às empresas legalizadas. Foi com o objetivo de conhecer o perfil desse público, um dos seus principais clientes, que Sebrae realizou uma ampla pesquisa sobre quem é o microempreendedor individual no país. O levantamento constatou que o nível de satisfação do microempreendedor individual com a formalização atingiu 93,9% dos pesquisados. Quanto aos principais motivos para a formalização, 78,5% indicaram aqueles voltados aos benefícios que esta medida gera à empresa. Impactos da formalização Ao ...

Ler mais ou responder

Os empresários são constantemente desafiados a buscarem novas oportunidades de negócio. Vender para o governo pode ser um boa alternativa. Mas, em algum momento, você pode pensar que sofre desvantagem por ser pequeno. Mas acontece exatamente contrário, conheça os principais benefícios concedidos aos pequenos negócios nas contratações públicas: Tratamento diferenciado para os pequenos negócios nas compras públicas (clique sobre o nome). Ao decidir conquistar seu espaço enquanto fornecedor da Administração Pública, é importante conhecer o caminho para viabilizar suas vendas. O processo é feito por licitação, que é o procedimento administrativo formal para a aquisição de bens e contratação de serviços. As modalidades de licitação são: convite; ...

Ler mais ou responder
Como se tornar um fornecedor da FUNASA?

A Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) é responsável em promover a inclusão social por meio de ações de saneamento visando a prevenção e controle de doenças. Atuando no saneamento básico de áreas de interesse especial, compete a FUNASA planejar, coordenar, supervisionar e monitorar a execução das atividades relativas ao controle da qualidade da água para consumo humano. Para executar todas essas atividades, a Fundação necessita comprar diversos produtos, surge então boas oportunidades para sua empresa! Nos dias de hoje, contratar com a administração pública é possível, mas é necessário que o micro e pequeno empresário se municie de informações para alcançar o objetivo almejado. A legislação diz que: As empresas públicas e afins ...

Ler mais ou responder
Receita Federal – Conheça seu potencial de compra

Promover o desenvolvimento local e a ampliação da competitividade, por meio do aumento da participação das micro e pequenas empresas no fornecimento público são o objetivo dos atuais ordenamentos sobre licitações e contratos na esfera do governo. Leia mais: Os Pequenos Negócios e as Oportunidades com o Governo – Uso do Poder de Compra do Estado. Pensando nisso, empresários devem ficar atentos as oportunidades, conhecendo melhor as peculiaridades de cada empresa ou órgão público e de seus respectivos editais de licitação. A Receita Federal é um desses órgãos que coloca suas necessidades a favor dos que desejam contratar com ela. A Receita Federal exerce a administração tributária e ...

Ler mais ou responder
Oportunidades de Negócios com a Marinha do Brasil

A Marinha Brasileira é um importante órgão público que também pratica a compra através de processos de licitação. Diversas modalidades são aplicadas para divulgar seu interesse em adquirir bens e serviços, mas o principal atualmente, segundo a equipe do Centro de Obtenção da Marinha no Rio de Janeiro (COMRJ), é o Pregão. O Pregão Eletrônico é ainda mais utilizado. Em 2012 foram 145 pregões eletrônicos em face de 2 pregões presenciais. E está é a principal modalidade através da qual as micro e pequenas empresas podem participar e ganhar seus processos licitatórios. Como um dos componentes das forças armadas brasileiras, a Marinha tem sua estrutura organizada em sistemas e departamentos. O sistema responsável ...

Ler mais ou responder