CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Os desafios do Home Office – Como coordenar o seu time à distância?

Os desafios do Home Office – Como coordenar o seu time à distância?

 

Em menos de um mês a nossa vida mudou. Nossa rotina mudou de presencial para online. As reuniões, os cafés, os almoços, os bate-papos, as festas, o abraço e o aperto de mão não estão mais na ordem do dia.

Nossas relações cotidianas, sempre baseadas na proximidade típica de nossa sociedade. Ficaram, fisicamente, mais distantes.

Com as determinações governamentais e recomendações da OMS – Organização Mundial da saúde para manter a população em suas casas, houve uma mudança de hábitos na vida das pessoas e nas empresas.

O sistema de trabalho em casa – Home Office – virou a solução e a necessidade para muitos empresários manterem seu time de funcionários em atividade. Uma nova realidade para ambos os lados, que se descortina com muitas surpresas e algumas dificuldades.

Uma boa surpresa é que é possível, sim, manter nossas relações pessoais e empresariais à distância, mesmo que por um tempo determinado. Até mesmo porque sentimos falta do contato físico, afinal somos brasileiros e humanos.

Porém, com a necessidade de produzirmos via home office, se descortina uma série de fatores positivos: não perdemos tempo no trânsito, a tecnologia nos permite reuniões online onde podemos nos ver e ouvir. Temos mais tempo para a nossa família. O trabalhar em casa nos ensina a necessidade e o valor da disciplina e do planejamento, nos cobra mais responsabilidades. E, com isso, vamos nos moldando no dia a dia e nos tronando melhores.

E, como é isso na prática? Tudo dá certo?

Claro que não. Estamos iniciando um novo mundo, um novo modo de vida e estamos em fase de adaptação.

Mas, e a gente depende de uma equipe que está 100% Home Office e não há tempo hábil para esta adaptação, o que fazemos?

Muito bem, é nessa hora que vamos perceber que também teremos que nos adaptar a um novo modelo de coordenação de equipes, o online.

Não há fórmula mágica, mas, existem alguns passos que podem lhe ajudar a fazer da sua equipe o seu maior aliado:

  1. Mantenha um horário regular de start com a sua equipe

Faça uma agenda de “Bom dia” e crie uma diretriz diária de trabalho em que este rápido encontro (15 minutos) seja necessário para todos. Isso ajuda a todo mundo que trabalha remotamente a manter o equilíbrio entre vida profissional e pessoal. Claro, existe uma certa flexibilidade no trabalho à distância, então, quando um ou outro não pode estar presente, que eles tenham esse check-list do dia agendado contigo em outro momento. O importante é manter um cronograma de atividades e dentro do horário comercial, sempre que possível,

 

  1. Faça pausas e estimule sua equipe a fazê-las também

Combine pausas, como geralmente acontece em sua empresa no dia a dia. É importante se distanciar um pouco do celular e do computador, então peça a eles que mantenham o horário de almoço e duas pausas de 15 minutos para um café. Vocês podem criar uma sala de bate papo durante as pausas ou outa coisa qualquer, mas, não obrigue as pessoas a nada em seu tempo livre. O momento já é estressante demais para se criar obrigações adicionais.

 

  1. Seja acessível

Acredite, é sempre melhor pecar pelo excesso do que pela falta. Reforce a mensagem de que vocês são um time e estão juntos e você está disponível para atendê-los, se necessário.

Umas das chaves de sucesso para o gerenciamento online é manter uma boa linha de comunicação com o seu time.

Esqueça o gerenciamento um a um. Se a reunião, breve, acontece com todos logo pela manhã, ninguém verá isso como uma interferência pessoal, mas, sim, uma necessidade para tocar o dia.

 

  1. Seja empático

Chame a isso de empatia, inteligência emocional, ou simplesmente ser humano, a ideia é a mesma.

Como o gerenciamento remoto de equipes tem a ver com colaboração e trabalho em equipe, a capacidade de se colocar no lugar de outra pessoa desempenha um papel importante em atenuar possíveis desentendimentos.

A empatia é uma daquelas habilidades sociais que são mais difíceis de cultivar, mas a recompensa que ela traz é muito maior. Há especialistas que dizem que a empatia irá se tornar a habilidade de trabalho número um em 2020.

É preciso compreender que os algoritmos de uma equipe não se encaixam nos algoritmos de outra. E nessas situações, o toque humano é essencial.

 

  1. Seja revolucionário

Saber das regras também quer dizer quando é necessário quebrá-las. Steve Jobs é um bom exemplo disso.

Trabalhar remoto dá uma sensação de liberdade, chega a ter uma vibe punk. Algo do tipo “ Você venceu o sistema. Você ainda pode trabalhar para ele, mas está fazendo isso de pijama”. Ou assim pode parecer à primeira vista.

Aproveite este “caráter libertário “da situação e estimule a criatividade de sua equipe. Crie eventos online com eles, deixe as ideias fluírem

Além disso, aproveite para usar a tecnologia de colaboração on-line para fornecer informações rápidas sobre sua equipe, permanecer engajado definindo e acompanhando o progresso da equipe.

Estatisticamente falando, o fato é que trabalhar a partir do conforto de sua própria cadeira é tão atraente para a maioria das pessoas que o trabalho remoto cresceu cerca de 41,9% entre 2000 e 2010.

Tenha em mente que o gerenciamento de equipes não é uma ciência, porém, o segredo está em manter esses relacionamentos de longa distância os mais envolventes possível.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Marilucia Caramalac Campao HoogendoornNovo na comunidade

Sou publicitária, trilíngue e especializada em marketing. Tenho mais de 27 anos de experiência nas áreas de marketing e comunicação, com atuação em empresas nacionais e multinacionais. Minha formação e experiência permitem um olhar estratégico e ao mesmo tempo criativo em tudo que faço. Procuro oferecer soluções personalizadas que ajudem meus clientes a alcançar seus objetivos. Tenho uma pequena consultoria, voltada para planejamentos estratégicos de marketing, comunicação, eventos e relações públicas, com mais de 10 anos de experiência nestas áreas. Além disso, faço parte do Grupo Conexão de Ideias, uma rede de profissionais com expertise em design, publicidade, marketing digital, entre outros, que se destaca por trabalhos criativos e marcantes!

Me siga