CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Copa do Mundo deve aumentar o consumo de carne suína em 2014

Copa do Mundo deve aumentar o consumo de carne suína em 2014

044

A expectativa para o setor de suínos em 2014 é positiva. Os grandes eventos que o Brasil sediará este ano, como a Copa do Mundo, e a consequente vinda de turistas, devem aumentar o consumo de carne suína. É o que afirma o presidente da Associação Paulista de Criadores de Suínos (APCS), Valdomiro Ferreira Júnior.

“Isso ocorrerá principalmente porque nós vamos receber muitos europeus no Brasil, em função da Copa do Mundo. Já que o principal consumidor de carne suína é o europeu, nós teremos um mercado interno atraente para os próximos seis meses”, afirma Valdomiro.

Agentes do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) também esperam que 2014 seja positivo para a suinocultura, com cotações firmes. Do lado da oferta, o cenário deve permanecer estável, contribuindo para sustentar as cotações.

Mercado externo

Quanto às exportações, o clima também é de otimismo. Segundo o Cepea, esse cenário se deve à consolidação do relacionamento entre Brasil e Japão e o aumento dos embarques para outros mercados.

Para o presidente da APCS, a expectativa de exportação é muito boa, principalmente no segundo semestre do ano, quando o setor prevê embarcar de 700 a 750 toneladas.

Médio e longo prazos

Todo esse cenário positivo à suinocultura deve, no entanto, ser observado de forma criteriosa a médio e longo prazos. Isso porque, historicamente, períodos de bons resultados são seguidos de fortes investimentos, que, por sua vez, podem deixar a oferta superior à demanda e ocasionar, consequentemente, queda de preços.

Balanço de 2013

Ferreira Júnior fez um balanço do ano de 2013. Segundo ele, o ano passado foi de recuperação dos preços da carne suína. O setor fechou o ano com o preço em torno de R$ 80,00 a arroba, o equivalente a R$ 4,27 o quilo vivo. O especialista destacou ainda, que a procura foi boa no final do ano.

Outras informações sobre suinocultura podem ser obtidas em http://sebraemercados.com.br/segmentos/agro-2/alimentos-e-bebidas/suinocultura/

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae