Cadastrar

Entrar

Esqueceu a senha?

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por e-mail.

Desculpe!, Você precisa se logar para perguntar.

Você precisa se logar para postar no Blog

Com expectativa de crescimento, lojistas esperam bom faturamento das vendas no Dia dos Namorados

Com expectativa de crescimento, lojistas esperam bom faturamento das vendas no Dia dos Namorados

Datas temáticas sempre movimentam o mercado – aumentando as vendas –, principalmente no e-commerce. No dia 12 de junho, comemora-se o Dia dos Namorados no Brasil – conhecido pela troca de declarações, afetos e presentes entre os namorados. O que muitos não sabem é que a escolha da data foi determinada a dedo em prol do comércio. 

Em 1948, João Doria – dono da agência Standard Propaganda e pai do atual governador de São Paulo – decidiu passar para junho o Dia dos Namorados, pensando em um melhor aproveitamento financeiro e um aumento do volume de capital.

Desde então, a data vem sendo celebrada e tornou-se uma tradição. Mesmo com o objetivo de João Doria sendo cumprido, nos últimos sete anos, houve uma queda no comércio e uma grande diminuição do volume de capital gerado. 

A partir de março de 2020, foi declarada a pandemia do novo coronavírus pela OMS (Organização Mundial da Saúde), e muitos comerciantes sofreram os abalos da instabilidade na abertura de seus estabelecimentos físicos. Indo contra todas as expectativas, o último Dia dos Namorados teve o seu faturamento das vendas online dobrado, com aumento de 117%, segundo levantamento da Trii, agência de marketing.  

Com a ajuda do e-commerce, as datas comemorativas auxiliam o comerciante a conquistar novas oportunidades e impulsionar as suas vendas, já que a maioria das pessoas estará em busca de produtos ou serviços para comprar. Só em 2020 as datas sazonais foram responsáveis por 34% do faturamento no online, segundo dados da pesquisa Webshoppers, da Ebit Nielsen. 

Especialistas esperam obter um crescimento de 2,5% no volume de vendas durante o Dia dos Namorados de 2021, faturando cerca de R$ 1,65 bilhão. No comércio online, não será diferente, e a Ebit Nielsen estima um aumento de 6%.

Entre os lojistas, o sentimento é o mesmo. De acordo com pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio-DF), é esperado um crescimento de 16,28% em relação ao ano passado, e mais da metade dos comerciantes acredita que 2021 será melhor ou igual a 2020. 

A Shopee Brasil – plataforma de compras e vendas online – realizou uma pesquisa em que a intenção de investimento em bens e produtos para o Dia dos Namorados será superior ao Dia das Mães. Os consumidores pretendem gastar cerca de R$ 130 nos presentes.

Os lojistas podem utilizar algumas estratégias para impulsionar os seus negócios e conquistar um número maior de compradores. As datas comemorativas servem para criar maior desejo por parte dos clientes; logo, é importante organizar e contextualizar os produtos ou serviços. 

Faça sugestões de itens específicos ou monte kits, combos ou cestas de namorados, apresentando ao consumidor variadas opções de presentes. Utilize o marketing e as redes sociais para atrair um maior público e apresentar a sua empresa para mais clientes. Por fim, procure criar descontos e promoções para dobrar chances de engajamento e vendas concluídas.

You must login to add a comment.

Posts relacionados