CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Varejista: mire a juventude!

Varejista: mire a juventude!

Quer saber o que pensam os futuros consumidores de sua loja? Vá para o
Facebook. É nas redes sociais que se encontram os clientes do varejo dos
próximos anos. 
Foto: Divulgação
“Eles informam seus gostos e interesses nas redes sociais,
principalmente no Facebook, deixando claro o que querem e como querem”,
explica o especialista Mike Walsh, CEO da Tomorrow, que presta
consultoria a empresas de todo mundo sobre demandas futuras.

“É preciso que os empresários do segmento prestem atenção nesse público e
se adaptem à nova realidade que já vem se moldando há algum tempo”,
completa Walsh, que participou do Linx Retail Forum, evento promovido
pelo Grupo Linx na última quarta-feira (16), no espaço Villa Noah, em
São Paulo.

Mas Walsh também alertou que não basta colocar um site na internet
para atrair os jovens. É preciso adequar as formas de fazer negócio com
mudanças culturais e tecnológicas, sempre levando em conta que essa
geração já nasceu na era da informática, com alta interatividade e
inúmeras opções de escolha, precisando ser conquistada logo na primeira
exposição.
“É necessário fazer uma imersão no mundo deles, manter-se a par das
mudanças de tendências e comportamentos desse grupo e promover adaptação
frequente do negócio de modo a ter condições de atender a demanda e não
ficar para trás – seu data center será seu melhor empregado”.
Ele foi além e até mesmo questionou os empresários presentes se suas
empresas estavam buscando entender os processos de varejo no futuro ou
se mantendo firmes ao modo de trabalho atual – para Walsh, com as
informações que temos hoje sobre o inevitável trajeto varejista, ninguém
pode se dar ao luxo de deixar os clientes do futuro surpreenderem.

E às vezes será necessário ser experimentalista e arriscar. “É
importante apostar no diferente de vez em quando, com os dados das
preferências dos clientes que se coleta”, conclui.

Presidentes, diretores e demais executivos responsáveis pela gestão
empresarial dos diversos setores varejistas puderam discutir estratégias
de TI, melhores práticas do mercado e tendências no Linx Retail Forum.

Fonte: Revista no Varejo
Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae