CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Quais são os gatilhos mentais mais usados para vender?

Quais são os gatilhos mentais mais usados para vender?

Com o aumento da competitividade na maioria dos setores ao longo dos anos, os gatilhos mentais se tornaram uma das estratégias mais promissoras para alcançar mais vendas e se destacar da concorrência.

Afinal de contas, os gatilhos mentais estão diretamente ligados ao subconsciente humano, e é por isso que ele possui uma série de benefícios e pode aumentar de forma expressiva a sua taxa de conversão.

A empresa que domina as estratégias de gatilhos mentais e a utiliza com ética e respeito, sem dúvida irá alcançar diversos patamares e obter sucesso de maneira prática e dinâmica.

Isso, pois os gatilhos mentais influenciam diretamente na tomada de decisão de um comprador, e por isso, saber utilizá-los com atenção e ética é essencial.

Por essa razão, nós elaboramos esse conteúdo para explicar todos os detalhes sobre os gatilhos mentais e como eles podem transformar o seu negócio em uma máquina de vendas. Quer saber mais sobre isso? Então não deixe de ler este post! Vamos lá?

O que são gatilhos mentais?

De forma básica, os gatilhos mentais dizem respeito ao conjunto de imagens, atitudes, comportamentos e todos os tipos de informações e formas de expressão que cause uma reação automática ao comprador que se interessar por um determinado produto ou serviço.

Em outras palavras, os gatilhos mentais se tratam de mensagens incluídas de forma proposital, com o objetivo de gerar reações nas pessoas sem que as mesmas percebam!

Além disso, os gatilhos mentais não se tratam de uma inovação tecnológica ou algo recente. Ele sempre existiu, pois os humanos também sempre possuíram – e ainda possuem – instintos automáticos.

Por sua vez, muitos desses instintos já fazem parte de nós, até mesmo quando acabamos de nascer. Já outros podem ser gerados por meio da rotina habitual ou convivência com outras pessoas.

E por essa razão, os gatilhos mentais ainda são estudados por diversos cientistas e profissionais especializados.

No entanto, as empresas também fazem parte deste grupo de estudo, e muita delas investem em ações que promovam estímulos positivos sobre seus produtos e serviços.

Mas como mencionamos, os gatilhos mentais não devem ser utilizados de maneira que obrigue os potenciais clientes a comprarem um determinado produto ou serviço, sem que os mesmos realmente necessitem disso.

Mas sim, o objetivo de utilizar os gatilhos mentais é que os consumidores interessados consigam ter uma visão mais clara sobre os benefícios dos produtos.

Por exemplo, você já pensou em contratar o serviço de manutenção de aquecedor a gás alguma vez?

Se esse serviço não for necessário para sua rotina, nem gatilhos mentais vão fazer com que você realize a compra!

Quais são os gatilhos mentais mais utilizados para vender entre as empresas?

Agora que você já sabe sobre o que se trata os gatilhos mentais, vamos descobrir quais são os mais utilizados entre a maioria das empresas de diversos segmentos, por essa razão, continue nos acompanhando! Vamos ver abaixo:

1- Urgência

O primeiro gatilho mental é o de urgência. Provavelmente você já comprou algum produto aleatório apenas porque não queria perder a oportunidade da Black Friday, não é mesmo?

A Black Friday é um exemplo de gatilho mental de urgência utilizado por muitas empresas. Apesar de ter um planejamento maior para conseguir diminuir os preços de venda, as empresas ainda conseguem maximizar suas vendas e ter o retorno desejado.

A ideia do senso de urgência é fazer com que os potenciais clientes pensem “eu preciso comprar esse produto ou serviço antes que acabe” ou até mesmo “não posso perder essa oportunidade”.

Por isso, a reação automática vai fazer com que muito desses clientes comprem com um impulso a mais, mesmo que sua empresa ainda tenha estoque disponível.

2- Autoridade no assunto

O próximo gatilho mental mais utilizado é o de se tornar uma autoridade no assunto. A maioria das pessoas aceitam a opinião ou deixam ser influenciadas por pessoas e empresas que possuem capacitação ou muito conhecimento para passar uma determinada informação.

E é exatamente nisso que o gatilho de autoridade atua. Para entendermos melhor, vamos utilizar o exemplo de uma empresa que vende fita de led.

Para ela se tornar uma referência no assunto diante do seu público, é importante expor informações relevantes acerca do seu segmento.

Ela pode produzir conteúdos nos meios online, explicando sobre o que se trata o produto, sua funcionalidade, como é utilizada por diferentes nacionalidades, seus benefícios, entre outros.

Também pode oferecer webinars, e-books e promover campanhas com assuntos relevantes. Quanto mais informações relevantes, maiores a chance dela se tornar uma autoridade e ganhar mais visibilidade diante do público!

3- Reciprocidade

A maioria das pessoas costumam valorizar ou prezar por algo, quando seu esforço é recompensado de alguma forma.

Além disso, fatores como elogios, semelhanças e afeição também fazem com que uma pessoa se sinta mais receptiva para ouvir uma informação ou estar disposta para saber mais sobre um determinado produto ou serviço.

Nessa situação, o bom relacionamento que irá ser o principal gatilho e fazer com que os potenciais clientes comprem com sua empresa.

Até mesmo no pós-venda, quando o consumidor já comprou com seu negócio alguma vez, é possível fazer com que aconteça uma recompra e ele se torne um cliente fidelizado!

4- Novidade e inovação

Por fim, as novidades são outros fatores que chamam a atenção das pessoas e fazem elas se interessar com mais facilidade.

Vamos supor que você venda diversos tipos de plástico, por exemplo. Você pode adicionar outros produtos inovadores em sua linha de estoque, como o pigmentos para plásticos, por exemplo.

Mesmo que sua empresa ainda tenha incerteza sobre a viabilidade do produto, qualquer inovação que seja desconhecida pelas pessoas pode provocar mais atenção e fazer com que elas se interessem pela sua empresa!

Agora que você já sabe tudo sobre o que são os gatilhos mentais e quais são os mais utilizados, o que está esperando para aplicá-los em seu próprio negócio e ver os resultados chegando?

Esse artigo foi escrito por Rafaela Ricardo, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Lucas SouzaEspecialista


Me siga