1. Olá Edson! Desejo muita prosperidade para sua hamburgueria. Muito importante sua preocupação com as perdas, pois o impacto social, ambiental e econômico é muito grande. Existem formas de você prevenir as perdas, e você precisa mapear onde está apresentando impacto para que possa definir os indicadorLeia mais

    Olá Edson! Desejo muita prosperidade para sua hamburgueria. Muito importante sua preocupação com as perdas, pois o impacto social, ambiental e econômico é muito grande.

    Existem formas de você prevenir as perdas, e você precisa mapear onde está apresentando impacto para que possa definir os indicadores de acompanhamento. Materiais sobre os indicadores conhecidos como “KPI” podem te ajudar a identificar aqueles que fazem sentido para o seu negócio. Ou seja, ele precisa ser pensado para a sua realidade, para que você realmente utilize de maneira prática e que apoie suas tomadas de decisão.

    Seguem exemplos de indicadores a serem estudados e trabalhados:

    • Volume de sobras
    • Perdas no preparo (erros na cozinha)
    • Taxa de devolução de pedidos (entregas trocadas)

    E seguem exemplos de materiais sobre o tema:

    Tenha uma jornada de sucesso. Conte com o Sebrae em outros canais também.

    Ver menos
    • 0
  2. Oi, Ronaldo! Sua pergunta não pode ser respondida de forma única e direta, pois tudo vai depender de seu modelo de negócio e do seu público! Por um lado, ser fiel a uma fornecedora pode te promover preços diferenciados. Por outro, diversificar sua oferta poderá encantar seu cliente! Sugiro que façaLeia mais

    Oi, Ronaldo!

    Sua pergunta não pode ser respondida de forma única e direta, pois tudo vai depender de seu modelo de negócio e do seu público! Por um lado, ser fiel a uma fornecedora pode te promover preços diferenciados. Por outro, diversificar sua oferta poderá encantar seu cliente!

    Sugiro que faça cotações com vários fornecedores antes de assinar qualquer contrato, e confira com algumas pessoas da região quais são as bebidas que elas mais esperam encontrar eu seu depósito. Se você for por esse caminho, pode tentar fechar uma parceria de fornecimento com alguma flexibilidade. Lembre-se que ter alguma flexibilidade na operação é particularmente importante quando você está entrando em um território novo para você. E, se você tiver bons fornecedores locais de bebidas, fazer parcerias com eles é muito interessante aproveitar para valorizar os pequenos negócios! Cada vez mais, os consumidores valorizam essas ações.

    Boa sorte e sucesso!

    Ver menos
    • 0
  3. Oi Natália, tudo bem?! Espero que esteja tendo sucesso na sua produção! Vejo muitas confeiteiras tendo sucesso ao se inspirar em perfis de redes sociais e portais que ensinam ferramentas e fornecer ideias atualizadas / alinhadas com a demanda do consumidor. Hoje, o Instagram é uma ótima ferramenta.Leia mais

    Oi Natália, tudo bem?! Espero que esteja tendo sucesso na sua produção! Vejo muitas confeiteiras tendo sucesso ao se inspirar em perfis de redes sociais e portais que ensinam ferramentas e fornecer ideias atualizadas / alinhadas com a demanda do consumidor. Hoje, o Instagram é uma ótima ferramenta.

    Dicas práticas para o Instagram:

    Dica 01 – Tenha um perfil comercial.

    Dica 02 – Tenha uma foto de perfil que mostre identidade visual da sua empresa ou então que mostre você trabalhando no produto.

    Dica 03 – Crie um nome de usuário fácil de lembrado e fácil de ser escrito, isso facilita para o cliente na hora de te procurar nas redes.

    Dica 04 – Coloque na bio do Instagram a proposta de valor do seu negócio, o que te torna diferente dos outros. É importante que todos seus contatos estejam muito visíveis, assim como horário de funcionamento e endereço.

    Dica 05 – Use o LINKTREE, ferramenta que possibilita você colocar diversos links em uma só página! Como o link para o WhatsApp, para o site, cardápio, etc.

    Dica 06 – Foque no engajamento do seu cliente!

    Dica 07 – Incentive a interação, como curtidas, comentários, interações nos stories.

    Dica 08 – Crie um calendário editorial, ele ajuda na organização e planejamento de tudo que será postado e isso favorece o engajamento!

    Dica 09 – Aposte no poder das imagens!

    Dica 10 – Feed do Instagram: poste todos os dias.

    Dica 11 – Stories do Instagram: abuse desse recurso!

    Dica 12 – Crie destaques com os stories que compensam ser guardados para os clientes assistirem sempre que quiserem!

    Dica 13 – Criar hashtags (#), é uma maneira de juntar conteúdos de um tema, isso facilita para o usuário encontrar algum conteúdo!

    Dica 14 – Marque sempre a localização quando postar algo. Isso faz com que o Instagram leve seus posts para pessoas próximas a sua localização.

    Dica 15 – Faça sorteios e posts que estimulem seus seguidores a marcarem amigos nas suas postagens!

    Essas dicas são rápidas de serem colocadas em prática! Procure canais que sejam inspiradores para você no Instagram, como o @conisugar, a @escoladocesnegocios e diversas confeitarias que já estão com uma estratégia bem posicionada.

    Uma dica agora é focas em Dia dos Namorados. E, quando tiver um tempinho, já comece a pensar também nos formatos e estratégias que você pode aplicar depois que tudo isso que estamos vivendo passar…

    Boa sorte na sua trajetória! Aproveite para conhecer essa iniciativa super bacana, procure o Sebrae mais próximo para saber mais: https://m.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/artigosMercado/quer-acelerar-suas-vendas-pela-internet,7f01b71cd2da1710VgnVCM1000004c00210aRCRD

    Ver menos
    • 0
  4. Oi Giovana! Você pode abrir uma microempresa individual (Eireli) ou comum (com sócio) de indústria, comércio ou serviços de alimentação. Depende do seu foco: Produzir para vender para outros negócios, sem portas abertas? Produzir no local e servir para o consumidor? Ou focar em revenda (outra empresLeia mais

    Oi Giovana!

    Você pode abrir uma microempresa individual (Eireli) ou comum (com sócio) de indústria, comércio ou serviços de alimentação. Depende do seu foco:

    • Produzir para vender para outros negócios, sem portas abertas?
    • Produzir no local e servir para o consumidor?
    • Ou focar em revenda (outra empresa fabricará os brigadeiros?)

    Você pode consultar as ideias de negócio do Sebrae similares ao seu plano de negócios para conferir as documentações que normalmente são seguidas. Segue o exemplo de uma:

    https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias/como-montar-uma-fabrica-de-produtos-de-chocolate,c7187a51b9105410VgnVCM1000003b74010aRCRD

    Lembre-se que há muito conteúdo no portal do Sebrae e que você pode ter o apoio do Sebrae da sua região para um atendimento mais personalizado:

    https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/faleconosco

    Não se esqueça de levar em conta o momento que estamos vivendo (covid-19) para seus planos futuros. As prioridades e necessidades do consumidor estão em constantes transformações.

    Ver menos
    • 0
  5. Oi Gabriela! Essa resposta só você pode dar, a partir de uma avaliação da sua realidade local. Então trago algumas reflexões: Você atua com compra por impulso: o cliente vê seu produto e fica com vontade de consumir na mesma hora. Em dias frios, isso não acontece com sacolé. Mas em que região do paíLeia mais

    Oi Gabriela! Essa resposta só você pode dar, a partir de uma avaliação da sua realidade local. Então trago algumas reflexões:

    • Você atua com compra por impulso: o cliente vê seu produto e fica com vontade de consumir na mesma hora. Em dias frios, isso não acontece com sacolé. Mas em que região do país você está? Tem algum produto típico que as pessoas adoram comprar por impulso em dias amenos? Ex. cocada, pé de moleque…
    • Em que local da cidade você vende? As pessoas que compram de você estão ali com qual propósito?
    • Em que horário você faz suas vendas? As pessoas precisam de um alimento que combina mais o horário da manhã (ex. pão de queijo), da tarde (ex. sorvete) ou da noite (ex. caldo)?

    E você deve levar em conta, ainda, o momento que estamos vivendo – da covid-19. A venda ambulante está autorizada na sua cidade? Por enquanto, será que não há algo que você possa fazer sob encomenda ou para entrega na casa das pessoas?

    Pense no seu mercado específico (nicho), em quem você quer atender e o que você faz de melhor. Você pode conversar com alguns amigos e clientes para entender o consumo que você tem na localidade e, assim, você se organiza para atendê-los da melhor forma!

    Confira algumas ideias aqui: https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias

    Ver menos
    • 0
  6. Olá João! Dados da Associação Internacional de Águas Engarrafadas indicam que o Brasil ocupa o 4º lugar no ranking mundial de produtores. Apesar de ser um mercado pulverizado, nota-se um movimento de concentração do mercado, com grandes empresas detentoras de diferentes marcas. Há um estudo do RJ quLeia mais

    Olá João!

    Dados da Associação Internacional de Águas Engarrafadas indicam que o Brasil ocupa o 4º lugar no ranking mundial de produtores. Apesar de ser um mercado pulverizado, nota-se um movimento de concentração do mercado, com grandes empresas detentoras de diferentes marcas.

    Há um estudo do RJ que sinaliza que a água mineral de garrafão é associada pelo consumidor à sua origem (fonte/ mina), ao fato de não ser tratada, à qualidade superior (mais pura, mais limpa, mais leve), ser mais confiável para consumo e conter sais minerais (menções pontuais). Você pode conferir as comparações que esse estudo fez com outros tipos de água aqui:
    https://www.firjan.com.br/lumis/portal/file/fileDownload.jsp?fileId=2C908A8A6CBBD874016CC060CB367580

    Ver menos
    • 0
  7. Olá João! Os dados que encontrei são de 2017, em que 73,3% do volume de água mineral envasada no país foi comercializada em garrafões retornáveis e 26,7% em embalagens descartáveis. Apenas nos estados de São Paulo e do Rio Grande do Sul, o volume envasado de garrafões foi menor que o de embalagens dLeia mais

    Olá João! Os dados que encontrei são de 2017, em que 73,3% do volume de água mineral envasada no país foi comercializada em garrafões retornáveis e 26,7% em embalagens descartáveis.

    Apenas nos estados de São Paulo e do Rio Grande do Sul, o volume envasado de garrafões foi menor que o de embalagens descartáveis, tendo estas respondido, respectivamente, por 54,3% e 59,8% do volume total produzido declarado nesses estados.

    Em SC, por exemplo, o presidente da Associação Catarinense das Indústrias de Água Mineral informou que as vendas nas embalagens retornáveis, de 20 litros e 10 litros, houve retração de 10% em agosto de 2019 em comparação com 2018.

    Fontes úteis:

    http://www.anm.gov.br/dnpm/publicacoes/serie-estatisticas-e-economia-mineral/sumario-mineral/pasta-sumario-brasileiro-mineral-2018/agua-mineral

    https://www.nsctotal.com.br/colunistas/estela-benetti/empresas-de-agua-mineral-de-sc-atribuem-queda-nas-vendas-a-alta-no-icms

    http://www.mme.gov.br/documents/36108/448620/P31_RT57_Perfil_da_xgua_Mineral.pdf/5324db77-c87c-835b-bb3b-b5e1a24ef62b?version=1.0

     

    Ver menos
    • 0
  8. Resposta foi editada

    Oi Valderia! Gostei muito da sua pergunta! Uma plataforma pode ter multi funções. Acredito que o contexto que a gente precisa pensar é: que produto ou serviço essa plataforma vai oferecer? Ou então: que valor a plataforma vai entregar ao usuário? Pessoas alérgicas ou com intolerância à glúten / lactLeia mais

    Oi Valderia! Gostei muito da sua pergunta! Uma plataforma pode ter multi funções.

    Acredito que o contexto que a gente precisa pensar é: que produto ou serviço essa plataforma vai oferecer? Ou então: que valor a plataforma vai entregar ao usuário?

    Pessoas alérgicas ou com intolerância à glúten / lactose / etc. podem se interessar por conteúdos de receita, de escolha de ingredientes, de alimentos processados que sejam “livres de”, de onde é seguro comprar…

    E quem acessa também é importante: o próprio adulto pode ser alérgico, ou o alérgico pode ser o filho dele… Então, a comunicação deve ser direcionada ao público.

    Uma sugestão é iniciar com uma breve pesquisa (pode até ser por meio de conversa informal) com pessoas que você conhece que tenham essas restrições ou tenham familiares nessa situação. Tente entender como é a rotina alimentar delas, como elas compram, que conteúdo elas consomem… E acompanhe páginas de sucesso no tema no Instagram, pois os conteúdos e comentários podem inspirar também.

    Essa matéria é interessante:

    https://www.mercadoeconsumo.com.br/2019/05/07/consumo-de-produtos-sem-gluten-cresce-no-pais/

    Espero ter dado alguma luz 🙂

    Ver menos
    • 0
  9. Olá! Após a finalização da solicitação pelo site Auxílio Emergencial ou app Caixa | Auxílio Emergencial é necessário aguardar a verificação dos órgãos responsáveis pela concessão, não havendo possibilidade, nessa fase, de cancelamento o cadastro. Caso a solicitação seja aprovada, o cidadão deverá agLeia mais

    Olá!
    Após a finalização da solicitação pelo site Auxílio Emergencial ou app Caixa | Auxílio Emergencial é necessário aguardar a verificação dos órgãos responsáveis pela concessão, não havendo possibilidade, nessa fase, de cancelamento o cadastro.
    Caso a solicitação seja aprovada, o cidadão deverá aguardar as orientações que serão disponibilizadas no site da caixa a respeito da devolução voluntária do recurso.

    Ver menos
    • 0
  10. Olá! Após a finalização da solicitação pelo site Auxílio Emergencial ou app Caixa | Auxílio Emergencial é necessário aguardar a verificação dos órgãos responsáveis pela concessão, não havendo possibilidade, nessa fase, de cancelamento o cadastro. Caso a solicitação seja aprovada, o cidadão deverá agLeia mais

    Olá!
    Após a finalização da solicitação pelo site Auxílio Emergencial ou app Caixa | Auxílio Emergencial é necessário aguardar a verificação dos órgãos responsáveis pela concessão, não havendo possibilidade, nessa fase, de cancelamento o cadastro.
    Caso a solicitação seja aprovada, o cidadão deverá aguardar as orientações que serão disponibilizadas no site da caixa a respeito da devolução voluntária do recurso.

    Não foi prevista a opção de desistência ou cancelamento após o envio do formulário para a análise da Caixa. Mas não se preocupe, esse procedimento é novo para todos e erros podem acontecer. Se você não se enquadra nos critérios, a solicitação de seu benefício será negada automaticamente após a análise. Basta aguardar.
    Espero ter ajudado! Conte com o Sebrae!

    Ver menos
    • 0
  11. Olá! Após a finalização da solicitação pelo site Auxílio Emergencial ou app Caixa | Auxílio Emergencial é necessário aguardar a verificação dos órgãos responsáveis pela concessão, não havendo possibilidade, nessa fase, de cancelamento o cadastro. Caso a solicitação seja aprovada, o cidadão deverá agLeia mais

    Olá!
    Após a finalização da solicitação pelo site Auxílio Emergencial ou app Caixa | Auxílio Emergencial é necessário aguardar a verificação dos órgãos responsáveis pela concessão, não havendo possibilidade, nessa fase, de cancelamento o cadastro.
    Caso a solicitação seja aprovada, o cidadão deverá aguardar as orientações que serão disponibilizadas no site da caixa a respeito da devolução voluntária do recurso.

    Não foi prevista a opção de desistência ou cancelamento após o envio do formulário para a análise da Caixa. Mas não se preocupe, esse procedimento é novo para todos e erros podem acontecer. Se você não se enquadra nos critérios, a solicitação de seu benefício será negada automaticamente após a análise. Basta aguardar.
    Espero ter ajudado! Conte com o Sebrae!

    Ver menos
    • 0
  12. Olá! Após a finalização da solicitação pelo site Auxílio Emergencial ou app Caixa | Auxílio Emergencial é necessário aguardar a verificação dos órgãos responsáveis pela concessão, não havendo possibilidade, nessa fase, de cancelamento o cadastro. Caso a solicitação seja aprovada, o cidadão deverá agLeia mais

    Olá!
    Após a finalização da solicitação pelo site Auxílio Emergencial ou app Caixa | Auxílio Emergencial é necessário aguardar a verificação dos órgãos responsáveis pela concessão, não havendo possibilidade, nessa fase, de cancelamento o cadastro.
    Caso a solicitação seja aprovada, o cidadão deverá aguardar as orientações que serão disponibilizadas no site da caixa a respeito da devolução voluntária do recurso.

    Não foi prevista a opção de desistência ou cancelamento após o envio do formulário para a análise da Caixa. Mas não se preocupe, esse procedimento é novo para todos e erros podem acontecer. Se você não se enquadra nos critérios, a solicitação de seu benefício será negada automaticamente após a análise. Basta aguardar.
    Espero ter ajudado! Conte com o Sebrae!

    Ver menos
    • 0