CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Novo meio de pagamento

Há no mercado de transações financeiras uma previsão de que os smartphones substituam os tradicionais cartões de crédito, nos próximos anos, para pagamentos em lojas e estabelecimentos. A tecnologia conhecida como NFC (Near Field Communication), que já é utilizada atualmente nos cartões de transportes públicos de algumas cidades, está sendo incluída na fabricação de alguns modelos de smartphones. Isso permitirá a realização de pagamentos de contas pelos seus usuários.

Existe, porém, um entrave no avanço desta tecnologia: o alto custo para o desenvolvimento, nas lojas e estabelecimentos, das estruturas de recepção das informações dos smartphones dos consumidores.  Os equipamentos atuais, utilizados para leituras de códigos e cartões de crédito, possuem uma tecnologia diferente e será necessário um alto investimento para a adequação à nova tecnologia.

Segundo o executivo Allen Wright, da Interac, o NFC deve se tornar o principal método de pagamento, pois permitirá às pessoas unirem fatores comerciais, de utilidade, aceitação e segurança em um único equipamento. Acredita-se ainda que o avanço da tecnologia móvel, que se torna cada vez mais segura, irá contribuir para a implantação desta tecnologia.

O Grupo Pão de Açúcar já avalia a utilização desta forma de pagamento em suas lojas e analisa uma possível parceria com a operadora de cartões Itaucard para implantar o sistema.

Apesar das perspectivas iniciais para esta tecnologia, a tendência é que os cartões, da forma que conhecemos hoje, continuem existindo, pelo menos por mais uma década. O cartão de crédito é um modelo conveniente para a compra financiada e a maioria das aplicações móveis não substituem esta linha de crédito.

Edição: Fernanda Peregrino, da F&C Comunicação e Projeto

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae