CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Microempreendedores individuais participam da SPFW

Microempreendedores individuais (MEI) de todo o Brasil participaram do São Paulo Fashion Week Verão 2016 (SPFW), realizado na semana passada. A presença dos empresários se deu por meio do projeto Contextualizar na Moda II, convênio firmado entre o Sebrae e o Instituto Nacional de Moda e Design (In-Mod). Esta é a segunda edição da missão técnica, que insere estes empreendedores no mercado de alto valor agregado da moda, gera informação, treinamento, conhecimento, vivência prática e facilita o desenvolvimento de negócios e projetos entre as empresas do segmento.

Os empreendedores visitaram ao backstage de desfiles; se reuniram com diretoria e presidência de grandes grupos de varejo de moda – como a InBrands, detentora de marcas como Ellus, Alexandre Herchcovitch e Salinas; e realizaram encontros com consultores e pesquisadores especializados em comportamento de consumo e tendências. Estes especialistas comentaram, ao vivo, os desfiles para ajudar os empresários a compreenderem as tendências.

Também viabilizou a participação de 17 micros e pequenas empresas de 10 estados brasileiros no FFWSHOP, loja popup de design e acessórios com curadoria assinada pelo SPFW. Dez marcas novas foram selecionadas para expor seus produtos nesta inovadora experiência de varejo realizada dentro do SPFW: Marchetaria (AC); Bruna Bert (AL); Native (AM); Mito (BA); Carola (PI); Vale da Seda (PR); Ame Bijoux e Escudeiro, (RJ); Dog Club (SC); e Rosi Zanon (SP). E outras quatro participaram da ação pela segunda vez: Rita Prossi (AM), Nathalia Tolentino (GO), Palone Design (RN), e Miwa (DF).

Estas empresas venderam no FFWSHOP itens exclusivos, com valores entre R$ 50 e R$ 1.500. Entre as peças, roupas, acessórios, calçados, linha pet, joias, bolsas e artigos para viagens.

Sobre o convênio

A primeira execução do convênio ocorreu em 2012. Por meio dele, é possível criar oportunidades, não apenas para empreendedores do segmento têxtil e confecção, mas também dos ramos de calçados e acessórios, com foco no mercado de alto valor agregado..

As empresas escolhidas participam de uma programação intensa de consultorias, capacitações, palestras e participações em feiras, workshops e exposições, tendo acesso aos bastidores dos principais eventos do calendário da moda no Brasil: SPFW e Movimento Hot Spot, além da Revista FFWMAG.

Com informações da ASN/AL e In-Mod.

Edição: Fernanda Peregrino, da FC Comunicação.

Foto: cabideiro.com

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae