Cadastrar

Entrar

Esqueceu a senha?

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por e-mail.

Desculpe!, Você precisa se logar para perguntar.

Você precisa se logar para postar no Blog

Tecnologia para negócios: 5 tendências para alavancar sua empresa na era digital

Tecnologia para negócios: 5 tendências para alavancar sua empresa na era digital

Se a transformação digital já estava acontecendo extremamente rápido nos últimos anos, a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) acelerou ainda mais esse processo. 

Muitos negócios foram obrigados a entrar para o mundo digital sem muito preparo e antecipação, em um movimento para sobreviver aos prejuízos financeiros gerados pelo distanciamento social durante a pandemia. Mas as mudanças não pararam por aí.

O crescimento sem precedentes do trabalho remoto impôs às empresas o investimento em tecnologia da informação para melhorar seus processos em um cenário totalmente digital. Planejar o futuro deixando para trás convenções antigas virou prioridade.

Confira cinco tendências de tecnologia divulgadas em estudo da Bain & Company.

  • Ferramentas de experiência do cliente

A Bain apurou que 60% dos executivos entrevistados pela pesquisa afirmaram ter adotado ferramentas para aprimorar a experiência do cliente. O destaque vai para ferramentas que geram estímulos diferentes aos clientes e impulsionam neles a ação desejada pela empresa. 

  • Treinamento em novas tecnologias gamificado

A crescente demanda por profissionais proficientes em diferentes tecnologias e skills voltadas para o trabalho remoto obrigaram as empresas a reforçar o investimento em treinamento. 

À distância, porém, o desafio de engajamento dentro dos treinamentos empresariais ficou ainda menor do que o usual, e diversas empresas iniciaram um processo de gamificação dos treinamentos para melhorar a aderência e o aprendizado por parte dos funcionários. 

  • Tecnologias de recrutamento

Para encarar o desafio de aumentar a diversidade dentro de suas empresas, muitos recrutadores passaram a utilizar ferramentas tecnológicas de recrutamento. 

Removendo o viés preconceituoso implícito que pode estar presente em processos de contratação, as ferramentas analisam os profissionais com base em dados e ciência comportamental. 

  • Plataformas para otimização de cadeias de suprimentos e gerenciamento de cargas

Os desafios de gerenciar um grande volume de cadeias de suprimentos em diversas localizações geográficas fez com que muitos empresários notassem a dificuldade para atingir metas de custo – 75% dos entrevistados pela Bain admitem que suas empresas não alcançam essas metas. 

Por isso, surgem plataformas que buscam conectar os dados das cadeias de suprimentos, substituindo técnicas manuais, planilhas e outras formas de controle que não fornecem a agilidade e visibilidade que grandes estoques e sistemas precisam.

  • Dados e análises com visibilidade e como chave do negócio

Com o objetivo de tornar insights mais acessíveis para os funcionários, otimizando a tomada de decisão em todas as áreas-chave da empresa, dados compartilhados, também chamados de open data, têm se mostrado uma solução bastante procurada por executivos.

Segundo uma pesquisa da Harvard Business Review, 86% dos executivos entrevistados dizem que há em suas empresas a necessidade de melhor visibilidade para a tecnologia, possibilitando melhores decisões. 

A análise de dados se tornou há alguns anos imprescindível para manter as empresas lucrativas e eficientes, garantindo o lugar da empresa no mercado.

Começando com o básico

Em todos esses cenários, fica clara a necessidade de uma equipe de tecnologia interna da empresa para ajudar na implementação de todas as melhorias que podem vir dessas novas ferramentas. 

A construção de um time de tecnologia da informação, ou TI, como é mais conhecida a área, é hoje imprescindível para o funcionamento de uma companhia. Por isso, uma das tendências importantes para os próximos anos é a incorporação de uma equipe de TI. Ela deve ser formada por profissionais de desenvolvimento, segurança da informação e infraestrutura, e por isso é importante contar com profissionais formados em sistemas para a internet EAD ou presencial, sistemas de informação ou ser técnico em informática.

A equipe pode contar com um gerente de inovação, uma profissão que entra na lista de uma das mais cotadas para o futuro, que ajudará a organizar internamente como vão funcionar as implementações tecnológicas e como vai funcionar a equipe de TI.  

Assim, o ponto inicial de qualquer inovação para o futuro consiste em reconhecer a área de tecnologia como um asset essencial não apenas para empresas da área, mas para qualquer companhia que deseja seguir as tendências de mercado para os próximos anos e se manter competitiva. 

You must login to add a comment.

Posts relacionados