CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Principais estratégias de vendas em multicanais: tendências para competitividade

Principais estratégias de vendas em multicanais: tendências para competitividade

multicanal

Muitos empreendedores começam seus negócios com a preocupação de lucrar em curto prazo. De olho nos custos, encargos, estoque, manutenção e treinamento de equipe, o ideal é começar com uma estratégia clara para a expansão do empreendimento. Nesse contexto, cada vez mais é necessário estabelecer uma estratégia multicanal para se manter competitivo dentro mercado.

Ser multicanal é gerenciar de maneira eficiente as ferramentas de comunicação disponíveis, as mídias sociais, o comércio eletrônico (e-commerce), mobile, e-mail, além das tradicionais estratégias de marketing realizadas nas lojas físicas.

No Brasil, a adoção de multicanais ainda está amadurecendo nas empresas. Essa tendência surge a partir de mudanças no comportamento e no perfil do consumidor. Ele está mais exigente e consulta mais de um canal para realizar a compra, sendo chamado então de consumidor multitela ou multiplataforma.

Canais de venda que podem diferenciar seu negócio:

1- CanaisTradicionais: 

  • Loja física: um dos principais canais de venda em volume no varejo em nosso país. Foi com base em lojas físicas bem posicionadas que muitas gigantes do varejo se estabeleceram e ainda movimentam muito a economia.
  • Franquias: modalidade de negócio em expansão no Brasil. Essa estratégia se baseia na proposta de replicar o sucesso de determinada empresa por meio da implantação de suas melhores práticas de vendas e distribuição. É um meio seguro e eficaz de ampliação das operações e ainda proporciona a possibilidade de empreender.
  • Televendas: canal em que a loja incentiva as vendas por meio de uma central de atendimento telefônica, oferecendo produtos a clientes. É geralmente utilizado para um público-alvo mais velho que não fez ainda a transição para o e-commerce e oferece essencialmente comodidade e conveniência na compra.
  • Rede de consultores: devido a questões geográficas, o uso de uma rede de consultores no Brasil pode ser uma boa maneira de aumentar o alcance ao públicoalvo e fidelizar mais consumidores, por ser baseado em uma venda personalizada e pessoal.

 2- Canais Digitais: 

  • E-Commerce (Electronic Commerce): as vendas são realizadas a partir de plataformas eletrônicas. Tem sido o principal canal de expansão do varejo brasileiro e deve crescer muito nos próximos anos. A vantagem desse canal é a possibilidade de modelar a loja virtual da empresa para atender às especificidades do negócio e do mercado.
  • F-commerce (Facebook Commerce): ter uma loja no Facebook é uma maneira de conectar os usuários da marca pela rede social. São informados dados como quantidade de usuários, acessos e tempo que as pessoas permanecem na loja.
  • M-commerce (Mobile Commerce): aplicativos para os sistemas IOS/Android para smartphones estão crescendo de forma consistente. O ideal é ter presença nas duas plataformas, porém em caso de limitações orçamentárias deve-se procurar ter ao menos um site que possa ser acessado por um browser. É importante também fazer antes uma pesquisa para saber que tipo de sistema seu público-alvo utiliza.
  • E-Marketplace: um shopping center on-line, onde produtos de diversas empresas estão disponíveis para consumo. Muitos são direcionados para nichos de mercado, como o Fashionera Place para moda, por exemplo. Estar no e-marketplace pode ser interessante para conquistar novos clientes que acabam entrando na loja por meio do site. A porcentagem de venda cobrada pelos serviços pode ser diferente em cada plataforma.

Principais Estratégias para o sucesso nas vendas Multicanais:

  • Distribuição: Tenha um serviço de entrega rápido e de confiança, seja para seus franqueados, consultores ou clientes.
  • Faq (perguntas frequentes): Responda e atenda rapidamente perguntas, sugestões e reclamações, seja pelo Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), por telefone ou on-line.
  • Gerenciamento de relacionamento digital: Tenha um profissional que faça as atualizações de conteúdo em todas as redes sociais, de acordo com o seu público-alvo.
  • Políticas de trocas: Tenha um equilíbrio na burocracia das trocas: as regras devem ser claras e acessíveis a todos da equipe e aos clientes, sejam off ou on-line.

Para saber mais, leia a matéria completa aqui.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae