CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

O que devo saber antes de recorrer às fontes de financiamento?

O que devo saber antes de recorrer às fontes de financiamento?

Todo empreendedor uma hora ou outra precisará de uma fonte de financiamento, seja para iniciar ou alavancar o seu negócio.

Muitos não sabem, mas boa parte da formação de uma mente empreendedora é representada pela sua capacidade de captar recursos e capital.

Afinal de contas, esse é o combustível necessário para fazer um negócio acontecer de fato.

Mas, escolher uma fonte de financiamento sem conhecê-la bem ou sem saber das opções disponíveis pode ser um grande risco.

Pensando nisso, resolvemos compartilhar aqui as 5 principais fontes de financiamento que você não sabia que tinha para angariar recursos para o seu projeto. Confira!

5 fontes de financiamento que você precisa conhecer antes de tomar uma decisão

1.  Dinheiro próprio

Usar o próprio dinheiro para patrocinar uma ideia geralmente é a primeira e única fonte de financiamento que passa pela cabeça das pessoas que desejam iniciar um negócio.

Apesar de ser o modelo ideal, na prática acaba sendo um pouco complicado, visto que a maioria das pessoas não possui reversas extras para investir.

Iniciar por aqui, muitas vezes, é essencial tanto para validar uma nova ideia quanto para conquistar novos financiamentos, como veremos a seguir.

2.  Dinheiro de conhecidos

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, é possível sim empreender com o dinheiro de outras pessoas.

Para isso, você precisa apenas de duas coisas:

  • Ter uma boa ideia;
  • E saber vendê-la a alguém.

É preciso ter cuidado com esse modelo, pois ao aceitar o dinheiro de conhecidos você pode estar concedendo também o direito para que uma pessoa despreparada interfira no seu negócio.

Para evitar esse tipo de situação é sempre recomendado firmar um acordo em contrato que deixe claro os direitos e deveres, caso seja esse o caso.

3.  Financiamento bancário

A fonte de financiamento bancário são os famosos empréstimos!

Eles são solicitados geralmente em bancos e financeiras com juros aplicados sobre cada parcela.

Esse é outro formato de financiamento bastante utilizado, principalmente em momentos de crise.

O problema aqui são os juros que acabam pesando consideravelmente nas contas futuras do negócio.

4.  Crowdfunding

O crowdfunding é uma fonte de financiamento coletivo onde é possível utilizar não apenas o recurso de uma pessoa, mas de um grupo que acredita na sua ideia.

Mas, você deve estar se perguntando:

“Eu não consigo convencer nem um investidor, como convencer vários?”

Aí que está o grande segredo do crowdfunding!

Justamente pelo fato deste investimento ser fracionado, cada apoiador precisa contribuir com pouco para participar e financiar a sua causa.

Logo, o poder de convencimento aqui se torna muito mais simples.

Atualmente já existem diversas plataformas online especializadas na criação deste tipo de projeto.

5.  Capital de risco

O capital de risco, também conhecido como venture capital, é uma opção de fonte de financiamento mais voltada para empresas que estão em um cenário de alto risco e baixa liquidez.

Além disso, outra característica dos negócios que buscam esse tipo de financiamento é a dificuldade em conseguir empréstimos bancários.

Esse modelo é classificado como sendo de risco, pois engloba negócios que se baseiam na inovação e no potencial de escala em curto prazo.

Dizendo em outras palavras:

“São negócios que possuem um alto risco de fracassar!”

Esse tipo de financiamento geralmente é concedido por grandes investidores e investidores anjos em troca de uma participação acionária.

Se você se identificou com algum desses modelos de fonte de financiamento e quer se aprofundar um pouco mais, recomendamos que dê uma olhada neste artigo.

Nele, são mostradas essas e outras fontes de financiamento que podem lhe ser bastante úteis.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre ReactSebrae