CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Macrotendências de Consumo, verão 2016

Macrotendências de Consumo, verão 2016

O mercado da moda está atento às tendências mundiais para desenvolver coleções que estejam de acordo com o desenvolvimento da sociedade. O Boletim de dezembro apresenta as tendências de moda para o verão 2016, visando a criação de coleções em sintonia com os anseios de mercado, para potencializar o sucesso dos pequenos negócios do setor.

Entenda um pouco mais os conceitos dessa macrotendência:

CONCEITO 1 – METRÓPOLE: Relacionado aos grandes centros que, vistos do céu, são frágeis e delicados. Os carros colorem espaços, os prédios bloqueiam visões e também desenham formas no céu. Elementos com pastilhas, cartaz rasgado, cores que se sobrepõem ao cinza, aliviam as tensões. As cores primárias e simples estão em detalhes do cotidiano, como em um sorriso e em guloseimas.

conceito1

CONCEITO 2 – SUAVIDADE: Esse conceito tem relação com as inspirações do inverno 2015, uma vez que o tema da chuva é retomado. A chuva passou e deixou os contornos mais diluídos, dando lugar aos aquarelados e delicados desenhos de flores.

conceito2

CONCEITO 3 – DESLOCAMENTO: Esse conceito incentiva a busca por experiências em design e comportamento, em um mundo conectado e cada vez com menos fronteiras. Tem relação também com fronteiras que se rompem, possibilitando fazer parte de outras etnias sem sair do lugar, como orientais, africanos e beduínos. Ambientes de rochas e minerais com aspectos que remetem ao primitivo se tornam mais presentes.

conceito3

Mais tendências e Inspirações para o verão 2016:

  • Rio 40°: Relacionado ao conceito de deslocamento, tem uma paleta de cores iluminada e brilhante, mescla alfaiataria e esportivo para mostrar a mulher guerreira, amazonas, com penas e plumagens. Alia a natureza e a arquitetura na qual há desenhos e coqueiros, folhagens e favelas.
  • Tropicalismo étnico: Relacionado ao conceito de deslocamento, conta com a presença da cor verde bandeira, animal print, folhagens e estampas que imitam madeira e materiais que remetem a animais silvestres. Para os homens, forte referência à moda africana e para as crianças, o tema é lúdico.
  • Natural e handmade: Relacionado ao conceito de suavidade, tem como mote o conforto. É voltado ao público que aprecia a natureza, o conforto e a elegância. Tendência para peças que parecem ter sido feitas à mão e com materiais naturais.
  • Dramático e criativo: Permeando os diversos conceitos apresentados no Fórum de Inspirações, esta tendência é voltada para um público mais sofisticado. Conta com modelagem e cortes diferenciados. Vivienne Westwood, estilista inglesa, é referência.
  • Cores: Branco, tons pastéis, azul cotton candy, pistache, sweet pink, flamingo, limão siciliano, amarelo vibrante, papaya, pink, pôr do sol, palmeira, azul elétrico e índigo blue.
  • Inspiração: Anos 70, moda safari, tecnologia, conceito cigano, antiguidade, romantismo, sport glam e zen.
  • Peças-chave: Camisa retrô estilo Chanel com bordado e detalhes, tricô de ponto aberto, saia assimétrica com fenda, calça croppes, solta, mais curta (masculino), sarwel (infantil) e bermuda (masculino).
  • Alfaiataria: vestido em camadas, com transparência estratégica e maxi dress boho.

Para saber mais, leia a matéria completa aqui e acompanhe outras como essa no Sebrae Mercados. Lá você irá encontrar sugestões dos nossos especialistas para inovar e impulsionar seu negócio, além de ficar por dentro das novidades do mercado de moda.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae