CADASTRAR

Entrar

Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Enviar mensagem

Adicionar pergunta

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Controle financeiro

Controle financeiro

Por João Augusto Pérsico, da Unidade de Acesso a Mercados e Serviços Financeiros do Sebrae

Controlar as finanças é de suma importância para a sobrevivência de qualquer empresa, independentemente do tamanho ou do ramo de atuação dela. Ter consciência da real situação financeira em que a empresa se encontra é saber qual o melhor momento para realizar investimentos – e qual o pior. O fato é que o sucesso empresarial depende diretamente da elaboração dos controles financeiros, para, então, almejarem-se novos objetivos para a empresa.

O controle financeiro baseia-se no princípio de registro de contas. Inicialmente, é necessário providenciar o registro do caixa, das contas a pagar, das contas de receber, do controle bancário e do controle de estoque. O processo valerá para se obter o conhecimento mínimo da situação financeira da empresa.

O Caixa serve para registrar o movimento diário, fornecendo dados para controlar e analisar o movimento de entrada e saída de dinheiro; controlar e analisar os custos e as despesas; e registrar o volume de receitas geradas pelas vendas. Veja alguns exemplos de contas usadas na pequena empresa.

Entradas:

– recebimento de venda à vista;
– recebimento de venda a prazo;
– recebimento de operações bancárias;
– financiamentos e empréstimos;
– juros sobre recebimento de venda a prazo.

Saídas:

– pagamento de compra à vista;
– pagamento de compra a prazo;
– pagamento de impostos e taxas;
– pagamento de despesas de vendas;
– pagamento de salários e contribuições;
– pagamento de outras despesas.

O controle bancário é utilizado para registro da movimentação da conta bancária, permitindo a verificação das entradas e das saídas de recursos e para controlar o saldo da conta. Já o contas a receber possibilita que o empresário conheça, a cada momento, o total de recursos que a empresa tem em poder de terceiros. Assim, o controle do contas a receber permite, também, que se obtenha uma série de informações como:

– contas que não foram pagas e as que irão vencer;
– montante dos recursos a receber;
– os bons e os maus clientes;
– programação de um plano de cobrança;
– dados para se elaborar o fluxo de caixa.

O Contas a pagar  é um importante instrumento de informação para que o empresário verifique os compromissos financeiros que tem com seus fornecedores. Esse controle fornece os seguintes dados:

– vencimentos dos compromissos financeiros com os fornecedores;
– total dos valores a pagar;
– como estabelecer prioridades de pagamento, no caso de dificuldades financeiras;
– informações para se elaborar o fluxo de caixa.

O controle de estoques é o procedimento de registrar, fiscalizar e gerir a entrada e a saída de mercadorias e produtos. Controlar o estoque é de suma importância para as micro e pequenas empresas, visando a minimizar desperdícios e desvios, apurarem-se os valores para fins de análise e também o excesso de investimento, prejudicando o capital de giro. Assista a alguns vídeos sobre controle de estoque.

Busque mais informações sobre esses temas no site de Acesso a Serviços Financeiros do Sebrae.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosNovo na comunidade