CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Como o venture capital pode financiar uma startup

O venture capital é uma modalidade de financiamento de empresas, em troca de participação societária, implicando em responsabilidades conjuntas para investidores e empreendedores. É uma expressão em inglês que significa capital empreendedor devido à natureza e ao funcionamento dessa forma de financiamento.

Assim como os investimentos feitos pelos anjos de negócio na fase de testar as ideias inovadoras, o venture capital é aportado na empresa por meio de um contrato societário. Mais do que uma fonte de dinheiro, o venture capital traz à empresa os sócios investidores.

O volume de dinheiro aportado na empresa com o venture capital costuma ser, no Brasil, em torno de R$ 1 milhão, mas pode ser um pouco menos ou chegar a vários milhões. Nessa fase da empresa, a ideia já foi testada e é necessário aumentar a participação no mercado.

No Brasil, atuam várias empresas gestoras de fundos de venture capital, tanto de origem nacional como de origem estrangeira. Além de investidores estrangeiros terem conhecido o Brasil em busca de oportunidades, vários passaram a efetivamente investir em empresas brasileiras e alguns chegaram a abrir filiais ou operações no Brasil, para atuarem de forma mais próxima ao mercado.

Empresas de diversas áreas podem receber venture capital, dependendo do interesse e da especialização dos gestores e dos investidores: comércio eletrônico e tecnologias da informação e comunicação costumam ser bastante divulgados, mas os investimentos também procuram por biotecnologia, negócios sociais, agricultura, engenharias, saúde, materiais e energias, por exemplo.

Para conquistar sócios investidores, não há um procedimento único a ser feito, mas vale procurar indicações deles em sites, organizações e eventos especializados. Nas empresas em que já há produto e modelo de negócio comprovados (com vendas e faturamento), costuma ser importante apresentar um plano de negócio com análises financeiras e operacionais do funcionamento da empresa e com projeções do que pode vir a ocorrer no mercado de acordo com seu posicionamento.

 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae