Cadastrar

Entrar

Esqueceu a senha?

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por e-mail.

Desculpe!, Você precisa se logar para perguntar.

Você precisa se logar para postar no Blog

Bullying no trabalho: como lidar? Quais as consequências para a empresa, agredido e agressor?

Bullying no trabalho: como lidar? Quais as consequências para a empresa, agredido e agressor?

O bullying no trabalho pode levar a perda de produtividade, depressão e demissão do colaborador. Agressor e empresa também podem perder com a situação. 

O bullying no trabalho está se tornando um tema cada vez mais discutido. Apesar de ocorrer há muito tempo, nem sempre foi visto como um problema ou algo errado.

Com a valorização e respeito aos profissionais, as práticas abusivas dentro das organizações passaram a ser notadas. O bullying no trabalho está relacionado a práticas de intimidação, ameaça, maltrato, agressões físicas e verbais e outras que venham a denegrir um colaborador. 

Ela pode ser praticada pelos gestores ou colegas de trabalho. Quem passar por essa situação de forma contínua ou esporádica, precisa saber como lidar com ela. Veja!

Bullying no trabalho: como lidar? Quais as consequências para a empresa, agredido e agressor?

Imagem: Pixabay

Informe quando se sentir desconfortável

É preciso se manifestar quando ocorre algum constrangimento ou situação que gere desconforto. Se não for possível resolver com a pessoa que o ocasionou, não hesite em procurar os superiores.

Peça ajuda aos colegas

Nem sempre os colegas de trabalho percebem o que está acontecendo. É preciso pedir ajuda a elas para que possam te apoiar no que for preciso.  

Eles podem ajudar em sua defesa e também a lidar com a situação.

Mantenha o profissionalismo

Se passar por uma situação de bullying no trabalho deve manter as emoções sob controle. Mesmo estando certo, se começar a gritar ou chorar, pode impactar no seu profissional. 

Tente apresentar os fatos e os impactos em relação ao que está acontecendo. Lembre-se que sempre terá com quem contar.

Reúna provas 

Se percebe que está difícil mudar a situação, reúna provas e procure o RH. O departamento poderá intervir com punições a quem está causando a situação. 

Essas provas podem ser testemunhas, e-mail ou outros documentos.

Saiba que a culpa não é sua

É muito comum a pessoa que é agredida achar que é culpada. Em um ambiente de trabalho o que deveria prevalecer é o respeito, mesmo havendo divergências de opiniões. 

Se alguém está quebrando essa regra, então não se sinta culpado por ele. 

Procure ajuda profissional

A pressão do bullying no trabalho pode trazer transtornos psicológicos como medo e fobias, afinal, ninguém quer estar em um ambiente que se sente desconfortável. O plano de saúde empresarial costuma disponibilizar psicólogos, terapeutas e outros profissionais.

Procure por eles para conseguir lidar melhor com a saúde e ter acompanhamento para cuidar melhor da sua saúde. 

As consequências do bullying no trabalho

Quando ocorre o bullying no trabalho as perdas são grandes para todas as partes envolvidas. O colaborador que sofre com o problema tem uma queda na produtividade, deixa de exercer suas tarefas com qualidade, se isola, começa a faltar e pede demissão. 

Possivelmente ele não será mais tão capaz e produtivo como era antes. As empresas também sofrem com isso, pois, o ambiente de trabalho não será mais harmônico. 

O clima organizacional fica “pesado” os profissionais não se sentem estimulados e não querem ficar na empresa. Os indicadores de resultado começam a despencar, com redução na produtividade, qualidade, trabalho em equipe e outros. 

Se a empresa não intervir para mudar a situação, é bem capaz de começar a perder profissionais altamente qualificados. Além disso, ela não conseguirá atrair mão de obra qualificada porque sua imagem não será boa no mercado.

O praticante de bullying no trabalho pode sofrer sanções organizações. Essas podem resultar em advertências, suspensões e até o desligamento por justa causa

Em situações mais complexas, tanto a empresa como o agressor podem ser processados com pedidos de indenizações por danos morais.

O bullying no trabalho não traz nada de positivo para as organizações ou pessoas. É algo que precisa ser erradicado do ambiente de trabalho e isso pode ser feito com a mudança de cultura e um trabalho conjunto de todos os envolvidos. 

Por: Jeniffer Elaina, do site Smartia.com.br.

You must login to add a comment.

Posts relacionados