CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

9 passos para iniciar corretamente no mercado de moda.

9 passos para iniciar corretamente no mercado de moda.

mercado de moda

Para não ter surpresas desagradáveis ao iniciar seu negócio próprio ou ao começar a empreender, mesmo que em casa, alguns passos são essenciais.

Acompanhe algumas orientações do Sebrae para o segmento de moda:

  1. Defina o público-alvo: o segmento de moda oferece diversas possibilidades de atuação, com opções de confecção de roupas para homens, mulheres e crianças. Ter em mente quem é o público-alvo é primordial para planejar o restante do negócio. Entender o padrão de gastos pessoais dos potenciais compradores, os hábitos de consumo e a renda auxiliará nesse processo. Além disso, a área escolhida deve estar alinhada a criatividade e habilidades técnicas.
  2. Conheça o setor: uma pesquisa simples e objetiva deve ser realizada para entender a concorrência. Saber a estratégia utilizada em negócios similares, bem como os pontos fortes e fracos, pode minimizar os erros. Analisar as opções de fornecedores também é necessário. A escolha dos tecidos será essencial para construir a qualidade do produto e a média dos valores.
  3. Tenha um plano de negócios: colocar no papel o planejamento para o ateliê será fundamental para compreender a viabilidade do empreendimento. O plano organizará as ideias para o novo negócio e facilitará a comunicação com parceiros e fornecedores, além de ser uma ferramenta para captação de recursos. Essa estratégia mostrará onde o negócio está e aonde poderá chegar.
  4. Calcule o investimento inicial: veja o que será preciso para colocar em prática a ideia de montar um ateliê. Calcule os custos da compra de tecidos, máquinas, mobiliários e equipamentos de apoio, como computador e telefone.
  5. Encontre um lugar: a localização do ateliê de costura deve ser alinhada com o perfil da clientela. Estar em bairros populosos e próximos a condomínios é uma estratégia recomendada. É preciso chegar ao equilíbrio entre local, potencial, concorrência e custos.
  6. Estude parceiros: a atividade do ateliê de roupas envolve modelagem, corte, costura e, também, serviços complementares, como atendimento ao cliente e administração. Compreenda se o negócio precisará de sócios ou parceiros. Para isso, considere qual é a proposta do empreendimento e o porte idealizado.
  7. Formalize o negócio: legalizar o ateliê é imprescindível se há o desejo de expandir. Encontre o melhor regime tributário de acordo com a proposta do empreendimento e verifique as exigências legais e específicas da atividade.
  8. Registre a marca: essa providência é uma opção para os que desejam exclusividade de nome e logo criados. É preciso analisar se há necessidade de realizar esse investimento e quais resultados esperados com essa decisão. O registro não está associado à formalização do negócio e vice-versa.
  9. Esteja atento às novidades: o mercado de moda está em constante transformação. É preciso acompanhar as novidades do ramo e investir em aprendizagem para ficar por dentro das tendências e do ritmo da clientela.

Confira mais matérias como essa na seção de “Moda” aqui no Sebrae Mercados.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Comentário ( 1 )

  1. Esta com dificuldades de encontrar moldes de roupas?

    Descubra como Muitas Pessoas Estão Fazendo Lindos Trabalhos Apenas Seguindo Nossos Moldes.
    Pacotão de Moldes Feitos com Carinho para você Iniciante ou Profissional
    acesse esse link e aproveite: http://bit.ly/costurarcortarmodelarlucrar

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae