CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Maré de Oportunidades na Indústria Náutica

Desde a sua consolidação no cenário nacional, entre as décadas de 1970 e 1980, o segmento náutico vem crescendo vertiginosamente no mercado brasileiro. Hoje há mais de 120 estaleiros formais em todo o país, com cerca de 480 estruturas de apoio em uma ampla cadeia de produção. Além de o território brasileiro apresentar particularidades especialmente favoráveis para esse segmento (como uma linha de costa de 8.500 km, por exemplo), há uma verdadeira vocação náutica se desenvolvendo a todo vapor no país, envolvendo indústria, fabricantes de acessórios e turismo – todos estreitamente ligados entre si.

A perspectiva para esse segmento para os próximos anos é de uma expansão ainda mais notável. Segundo dados divulgados pelo SEBRAE na publicação “Indústria Náutica Brasileira – Fatos e números 2012”, 73% dos estaleiros no país pretendem ampliar sua estrutura física e o mix dos seus produtos até 2014.

Além disso, os postos de trabalho serão ampliados em 96% dos estaleiros participantes da pesquisa. Quanto às empresas especializadas em equipamentos e acessórios para esse segmento, a projeção é que todas as entrevistadas ampliem o mix de produtos e os postos de trabalho nesse período.

Trata-se de um cenário promissor para toda a cadeia produtiva náutica brasileira. A rede varejista especializada nesse segmento indicou, também nas pesquisas do Sebrae, uma intenção maciça de ampliação do seu alcance: 83% dos varejos vai aumentar o mix dos seus produtos, 61% investirá em mais estrutura física e 78% apostará em mais cargos de trabalho até 2014. E nesses três pontos da cadeia as oportunidades para micro e pequenos empreendedores são muitas.

Aqueles que se focarem em fornecimento de peças, equipamentos e acessórios ou na prestação de serviços próprios para estaleiros terão muito espaço de atuação com a ampliação desses. O mesmo vale para os fabricantes de equipamentos, peças e acessórios com foco no segmento náutico e para a rede de comércios e serviços a ele ligada. Veja abaixo exemplos de itens e serviços demandados pelos estaleiros, segundo informações do SEBRAE e geram oportunidades para os pequenos negócios:

(Fonte: “Indústria Náutica Brasileira – Fatos e números 2012”, Sebrae)

Para conhecer mais detalhadamente o panorama e as especificidades e oportunidades da indústria náutica no Brasil, acesse a publicação “Indústria Náutica Brasileira – Fatos e números 2012”, disponível no site da Associação Brasileira dos Construtores de Barcos e seus implementos: http://www.acobar.org.br/.

Leia também: Expansão do Setor Náutico gera oportunidades para pequenos negócios moveleiros

O SEBRAE também disponibiliza em suas sedes estaduais, materiais próprios para pequenas e micro empresas especializarem os seus serviços, além de funcionários e consultores para atender demandas especificas de cada empresário que deseja explorar esse nicho de negócios.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae

Esse é o perfil institucional do Sebrae nessa comunidade. Quer saber mais sobre o Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas? Acesse: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/canais_adicionais/o_que_fazemos

Me siga