CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Saiba mais sobre o perfil do consumidor de moda

O segmento de acessórios tem crescido bastante nos últimos anos devido não só à economia e à moeda estáveis, mas também à forte ampliação do consumo brasileiro da classe C, à melhoria de qualidade e produtividade da indústria e também por ser uma opção de consumo mais acessível. Esta é uma das conclusões apresentadas no Estudo Setorial Comércio Varejista de Acessórios, lançado recentemente pelo Sebrae. A publicação também chama a atenção para o fato de que os artigos de vestuário encontram-se na quinta posição entre os itens com maiores gastos das famílias brasileiras. Em média, cada família gasta R$ 118,20 por mês com produtos desse segmento, ficando atrás apenas ...

Ler mais ou responder
Empresas devem investir no marketing feminino

Em artigo publicado no Webinsider, a jornalista Camila Garcia destaca o fato de que as mulheres estão mais exigentes, experientes e com maior poder de decisão e de compra, então os negócios precisam criar estratégias e planejamentos com foco nessas consumidoras. "Basta olhar nas salas de aula das universidades, dos cursos técnicos ou livres, para notar quão expressivo é o número de mulheres que procura desenvolver-se intelectualmente e profissionalmente. São elas que, mais do que nunca, lutam para conquistar e manter a independência financeira, mesmo que para isso precisem se submeter a duplas jornadas de trabalho. Ao abrir uma bolsa de mulher também é possível conferir seu poder ...

Ler mais ou responder
A Classe D de hoje é a Classe C de amanhã

[caption id="attachment_17755" align="alignleft" width="287" caption="Para a Classe D a qualidade do produto é tão importante quanto o preço (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom_ABr)"][/caption] Depois da “revolução do bem” para a economia brasileira, que inseriu a nova Classe C no consumo, já existem indícios que esta é a vez da Classe D, mercado mais próximo da base da pirâmide com potencial de consumo estimado em R$ 380 bilhões – valor equivalente ao PIB do Chile. Por conta do aumento real de salários, o poder de compra desta faixa de renda dobrou na ultima década. Várias empresas já perceberam esta oportunidade e até apontam as estratégias para chegar neste consumidor. Algumas estratégias para vender ...

Ler mais ou responder