CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Empresas devem investir no marketing feminino

Empresas devem investir no marketing feminino

ComprasEm artigo publicado no Webinsider, a jornalista Camila Garcia destaca o fato de que as mulheres estão mais exigentes, experientes e com maior poder de decisão e de compra, então os negócios precisam criar estratégias e planejamentos com foco nessas consumidoras.

“Basta olhar nas salas de aula das universidades, dos cursos técnicos ou livres, para notar quão expressivo é o número de mulheres que procura desenvolver-se intelectualmente e profissionalmente. São elas que, mais do que nunca, lutam para conquistar e manter a independência financeira, mesmo que para isso precisem se submeter a duplas jornadas de trabalho. Ao abrir uma bolsa de mulher também é possível conferir seu poder de compra: além dos inúmeros cosméticos de beleza, há também livros, agendas, celulares, carnês de pagamento (dela e do marido) e, ainda assim, dinheiro na carteira”, afirma.

Apesar desse cenário, nem tudo é tão simples. Camila chama a atenção para o fato de que, no Brasil, a renda da mulher é 28% menor do que a dos homens, de acordo com levantamento realizado em 2011 pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Em 2013, elas receberam em média R$ 1.343,81 enquanto eles ganharam R$ 1.857,63.

No entanto, mesmo com a renda média mais baixa, elas possum elevado poder de decisão no consumo familiar. Resultados recentes da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio) mostram que, em famílias com casais, em pouco mais de um terço delas (37%), a mãe é a única ou principal assalariada. Há praticamente 22 milhões de mulheres chefes de família no Brasil atualmente.

“Não há como fugir, elas estão com tudo. E diante de tamanho poder de decisão, o marketing direcionado ao público feminino tem ganhado espaço. O Instituto de Pesquisa e Inteligência em Marketing Feminino Sophia Mind divulgou um dado bastante positivo: a maioria das mulheres compra ao menos uma peça de roupa por mês. A pesquisa analisou os hábitos de consumo de moda de 2.290 brasileiras, entre 18 e 60 anos, e identificou suas preferências e os fatores que podem ou não influenciar a decisão na hora da compra. Entre as entrevistadas, 55% das mulheres disseram comprar alguma peça de roupa mensalmente ou bimestralmente e 22% gastam mais de R$ 200,00 por mês com vestuário”.

E esse poder de decisão vai muito além de roupas. Especialistas na área acreditam que o sexo feminino detém mais de 100% do poder de compras em relação aos homens em áreas que vão desde alimentos a carros e imóveis.

Para saber mais sobre o assunto, leia a íntegra do artigo.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Comentário ( 1 )

  1. Muitas pessoas hoje em dias querem aprender como conquistar uma mulher para namorar e até mesmo ter uma família, mas existe outras maneiras que você pode conquistar uma moça, que é através do marketing feminino, isso ainda é pouco explorado no Brasil, porém funciona muito bem. Então vai essa dica para você.

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae