CADASTRAR

Entrar

Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Enviar mensagem

Adicionar pergunta

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Produção de calçados cresce no Brasil

Relatório setorial da indústrias de calçados no Brasil, lançado pelo Instituto de Estudos e Marketing Industrial (IEMI), indica que o setor voltou a crescer nos últimos dois anos, sendo que em 2013 o crescimento foi de 4,1%. A produção brasileira é dominada pela linha de calçados de plástico e borracha, na qual se inserem os chinelos e as sandálias, com 56,5% da produção nacional. Os calçados confeccionados em couro, com forte apelo exportador, representam outros 12,6%. Enquanto os calçados de laminados sintéticos respondem por 15,2%, seguidos pela linha de esportivos com 8,5%, e pelos artigos confeccionados em outros materiais (como têxteis) com 7,2%. Analisando a distribuição da produção de ...

Ler mais ou responder
Produção moveleira deve crescer 3,5% em 2014, aponta IEMI

O núcleo de Inteligência de Mercado do Instituto de Estudos e Marketing Industrial (IEMI) divulgou um novo estudo sobre o mercado de móveis. Denominado Mercado Potencial de Móveis em Geral 2014, o documento aponta que este ano a produção de móveis deverá ter crescimento de 3,5% em volumes de peças, enquanto as importações deverão crescer 14,5% e as exportações 8,0%. Em valores (em dólares), projetando-se uma taxa cambial de R$ 2,44 por dólar, a produção de móveis chegaria a US$ 14,5 bilhões em 2014, enquanto as importações somariam US$ 337 milhões e as exportações, US$ 503 milhões. “Com esses resultados, o consumo aparente cresceria 3,6% em volumes de peças e 5,8% ...

Ler mais ou responder
Moda Íntima: perfil de consumo e comportamento de compra

O Instituto de Estudos e Marketing Industrial (IEMI) realizou uma pesquisa junto a 1.100 consumidores de moda íntima masculina e feminina, na qual pessoas de ambos os sexos, maiores de 15 anos responderam ao questionário. O estudo revelou o perfil de consumo e o comportamento de compra em todo o País. Veja: Perfil das consumidoras: Os compradores de moda íntima do sexo feminino são maioria e se concentram na faixa de idade entre 25 e 34 anos; 48% destes consumidores estão no ensino médio e 29,9% no ensino superior. A maior concentração dos consumidores de roupas íntimas femininas (57,1%) esta nas classes econômicas B2/C, cuja renda familiar se situa ...

Ler mais ou responder