1. Boa tarde, Lucelia! O Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, anunciou nessa segunda-feira (01/06) a criação de uma ferramenta de contestação para pessoas que tiveram o auxílio emergencial de R$ 600 negado anteriormente. A nova ferramenta deve ser anunciada pelo governo até o final desta semana. EntãLeia mais

    Boa tarde, Lucelia!

    O Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, anunciou nessa segunda-feira (01/06) a criação de uma ferramenta de contestação para pessoas que tiveram o auxílio emergencial de R$ 600 negado anteriormente.

    A nova ferramenta deve ser anunciada pelo governo até o final desta semana. Então vamos aguardar.

     

    Fonte: https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2020/06/01/governo-anuncia-ferramenta-para-quem-teve-auxilio-emergencial-negado.htm

     

     

    Ver menos
    • 0
  2. Resposta foi editada

    Boa tarde Sirlete! Caso você tenha perdido a ligação, a equipe que faz as ligações tentará entrar em contato mais 2 (duas) vezes com o número que você disponibilizou. Antes da ligação a equipe enviará um SMS confirmando o contato. Lembrando que a linha exclusiva do Fundo Esperança é (91) 3289-7550.Leia mais

    Boa tarde Sirlete!

    Caso você tenha perdido a ligação, a equipe que faz as ligações tentará entrar em contato mais 2 (duas) vezes com o número que você disponibilizou. Antes da ligação a equipe enviará um SMS confirmando o contato.

    Lembrando que a linha exclusiva do Fundo Esperança é (91) 3289-7550.

    Fonte: SEBRAE Pará

    Ver menos
    • 1
  3. Boa tarde Indiara! Quem já fez o pedido para receber o auxílio emergencial de R$ 600, mas errou algum dado ou esqueceu de incluir informações poderá arrumar o cadastro após receber a resposta da solicitação. Segundo a Caixa, será possível corrigir os dados pelo site ou pelo aplicativo, mas é precisoLeia mais

    Boa tarde Indiara!

    Quem já fez o pedido para receber o auxílio emergencial de R$ 600, mas errou algum dado ou esqueceu de incluir informações poderá arrumar o cadastro após receber a resposta da solicitação. Segundo a Caixa, será possível corrigir os dados pelo site ou pelo aplicativo, mas é preciso esperar o fim da primeira análise.

    Fonte: https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2020/04/15/auxilio-emergencial-coronavoucher-caixa-cadastro-dados-correcao-aplicativo.htm

    Ver menos
    • 2