suziele mirelly
  • 0
Novo na comunidade

emancipada

  • 0

Minha prima tem 16 anos e foi emancipada, ela esta querendo trabalhar com vendas de eletrônico. É possível que ela ainda não possa exercer a atividade ?

Deixe uma resposta

Você precisa se logar para responder

1 Resposta

  1. Especialista Controle Financeiro Online Empresarial ou Pessoal

    Boa tarde, Suziele!

    Mesmo emancipada, há alguns trabalhos que não são autorizados aos menores de 18 anos, como trabalho insalubre, noturno ou que seja perigoso.
    Já pensou em verificar o programa de Jovem Aprendiz? A seguir há mais informações sobre o programa.

     

    O que é o programa Jovem Aprendiz?

    O programa Jovem Aprendiz é uma iniciativa do SENAC que tem como objetivo promover a inclusão de jovens no mercado de trabalho, por meio de aprendizagem profissional.

    O programa visa proporcionar capacitação teórica e prática a adolescentes e jovens entre 14 e 24 anos, matriculados e frequentando a escola, se comprometendo em continuar os estudos.

    A ideia é que o jovem aprendiz consiga conciliar o trabalho com os estudos, adquirindo qualificação profissional e experiência prática necessária para o exercício de uma profissão ou ocupação.

    O programa contribui para o desenvolvimento pessoal e profissional do jovem, ao mesmo tempo que o ajuda financeiramente e o prepara para o mercado. Além disso, é uma oportunidade para as empresas investirem na formação de mão de obra qualificada.

     

    Como funciona?

    O programa Jovem Aprendiz tem duração mínima de 1 ano e máxima de 2 anos, podendo ser prorrogado até o jovem completar 24 anos. Durante esse período, o jovem trabalha de 4 a 6 horas por dia e continua os estudos regularmente.

    A lei determina que pelo menos 25% da carga horária seja dedicada à aprendizagem teórica, relacionada à função que o jovem desempenha na empresa. Essa aprendizagem pode ser realizada internamente na empresa, em instituições credenciadas pelo Ministério do Trabalho ou até mesmo de forma remota.

    O objetivo é combinar trabalho e estudos, permitindo que o jovem adquira experiência prática na empresa e conhecimento teórico relacionado, contribuindo para sua formação profissional. Além disso, as atividades devem ser compatíveis com o desenvolvimento físico, moral e psicológico do aprendiz.

    Pasa saber mais: Por que ser Jovem Aprendiz e iniciar no mercado de trabalho?