Sérgio Pereira
  • 0
Novo na comunidade

Dicas de empreendedorismo

  • 0

Bom dia, poderiam me dar um cheklist ou algumas dicas de conteúdo para começar a empreender no Brasil, como abrir um cnpj, melhores nichos para 2023 e coisas do tipo?

Deixe uma resposta

Você precisa se logar para responder

3 Respostas

  1. Vou apresentar aqui algumas dicas e etapas para começar a empreender no Brasil:

    1. Escolha um nicho de mercado: pesquise e encontre um segmento de mercado que você esteja interessado e tenha conhecimento para atuar.
    2. Faça um planejamento: desenvolva um plano de negócios para sua empresa, incluindo estratégias de marketing, projeções financeiras e metas a serem alcançadas.
    3. Abrir um CNPJ: você pode fazer isso online no site da Receita Federal do Brasil.
    4. Procurar informações sobre incentivos fiscais e programas de financiamento: existem diversos programas e incentivos para ajudar pequenas empresas a se desenvolverem no Brasil.
    5. Selecionar uma estrutura jurídica: escolher a melhor estrutura jurídica para sua empresa, como MEI, EI, LTDA, entre outras.
    6. Obter licenças e registros necessários: verifique quais licenças e registros são necessários para sua atividade, como alvará de funcionamento e registro no INSS.
    7. Procurar orientação contábil e fiscal: é importante ter a orientação de um contador e um advogado para garantir que você esteja cumprindo todas as leis e regulamentos.
  2. Especialista Controle Financeiro Online Empresarial ou Pessoal

    Qual o passo a passo para iniciar um projeto empreendedor?

    Depois de explicar um pouco mais sobre o que é ser um empreendedor, preparamos estes 7 passos para que você possa dar o pontapé inicial no seu projeto e alcançar seus objetivos!

    1. Identifique suas habilidades

    Neste momento, é necessário que você tenha em mente suas habilidades e capacidades. É importante que você tenha conhecimento sobre os seus pontos fortes e pontos a serem trabalhados. Quais áreas você se daria melhor, ou qual o seu dom.

    2. Faça uma análise de mercado

    Você não pode simplesmente iniciar um projeto sem antes ter conhecimento sobre como o seu serviço seria recebido pelo mercado. Conheça seus possíveis concorrentes, os serviços prestados por eles, o interesse de potenciais clientes. Ou seja, procure oportunidades que atendam as necessidades do mercado ao qual deseja se inserir.

    3. Se planeje

    Tenha um planejamento sobre os seus objetivos, trace metas e monte um plano de ação. Procure saber sobre o que necessita para abrir o seu negócio, pense nas possibilidades e tenha tudo bem definido e anotado.

    4. Se planeje financeiramente

    Faça uma análise da sua capacidade financeira para abrir uma empresa. Tenha em mente seus possíveis gastos, procure saber sobre possíveis financiamentos e investimentos. Tudo isto é necessário – como falamos anteriormente – para que seu projeto saia do papel.

    Leia mais em: O que é controle financeiro? Entenda sua importância

    5. Coloque a mão na massa

    Coloque em prática seus conhecimentos, seu planejamento e sua força de vontade. Comece a confeccionar seu produto ou serviço, vá atrás de potenciais clientes e use a internet a seu favor, afinal, hoje todo o mundo está conectado a esta rede e você não pode ficar de fora.

    6. Mantenha-se atualizado

    É imprescindível que você se mantenha atualizado, afinal, você não deseja que seu negócio cresça e renda bons frutos? Pois bem. Estar sempre a par das novidades, do seu negócio, da satisfação dos seus clientes é fundamental para que você tenha uma melhor visão sobre o que você deve fazer e como você deve agir.

    7. Assuma riscos

    E por último, mas não menos importante, assuma riscos! Como dizemos anteriormente, assumir riscos é uma característica do empreendedor. Tenha em mente que muitas vezes será necessário que você tome decisões difíceis, em um mundo de incertezas. Foque na sua capacidade e vá em frente!

     

    Confira o passo a passo para emitir o CNPJ

    Basicamente, os principais passos a serem seguidos para a emissão de um CNPJ são:

    • Defina o formato da sua empresa;
    • Defina outros detalhes do negócio;
    • Elabore o contrato social;
    • Separe os documentos;
    • Entre com o pedido na Receita Federal.

    Agora, vamos destrinchar cada etapa do processo:

    1. Defina o formato da sua empresa

    Antes de abrir um cadastro como pessoa jurídica, é essencial definir qual será o porte da sua empresa.

    As opções são divididas de acordo com o faturamento anual do negócio, número de funcionários e outras questões legais. Os formatos estão disponíveis no Portal do Empreendedor.

    Veja alguns exemplos:

    • MEI;
    • Microempresa (ME);
    • Empresa de Pequeno Porte (EPP);
    • Outra modalidade com mais de dois sócios.

    2. Defina outros detalhes do negócio

    Se ainda existem alguns detalhes da empresa que não foram definidos, essa é a hora.

    Além da natureza jurídica e o regime tributário, outras questões precisam estar alinhadas, como o nome empresarial, descrição das atividades etc.

    3. Elabore o contrato social

    Depois que as informações mais importantes sobre a empresa já estão definidas, é necessário elaborar um contrato social, que funciona basicamente como uma “certidão de nascimento” da empresa.

    Para as empresas que não são MEI, por exemplo, é fundamental ter o contrato social preparado antes mesmo de seguir com a abertura do CNPJ.

    4. Separe os documentos

    Com o contrato social pronto, é preciso ir até uma Junta Comercial, órgão responsável pelo registro de atividades de sociedades empresariais.

    Para isso, os sócios devem assinar o contrato e anexar outros documentos:

    • Documento de identidade dos sócios (original e cópia);
    • Comprovante de residência;
    • IPTU do lugar onde a empresa funcionará;
    • Comprovante de pagamento das taxas DARE e DARF.

    As cópias devem ser autenticadas e legíveis

    5. Entre com o pedido na Receita Federal

    Finalmente, depois de seguir todos esses passos, basta entrar com o pedido do CNPJ na Receita Federal, uma vez que o cadastro e o documento são mantidos por este órgão. Esse processo, então, pode ser realizado de maneira presencial ou online.

    Saiba mais: CNPJ: O que é, para que serve e como emitir?

  3. Boas respostas Jornalista, Redatora SEO e Empreendedora Digital

    Olá!

    Acho que o melhor tipo de negócio para abrir em 2023 é o digital. Você gasta pouco e tem um bom retorno financeiro. Dá para pensar em um e-commerce, por exemplo. Você também pode trabalhar no Mercado de Afiliados. Tem esse artigo aqui com várias dicas legais: https://empreenderdepoisdos30.com/como-empreender-no-digital/.