CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Enfrentar a crise do Coronavírus pode melhorar seu negócio

Enfrentar a crise do Coronavírus pode melhorar seu negócio

Como trabalhar neste cirse Coronavirus

Muitos de nós microempreendedores enfrentamos diversas carências no desenvolvimento de nossos negócios por vários motivos. Não nos falta coragem e motivação para ir à luta, o dito popularmente “matar um leão por dia”.

Se para nós não falta motivação e coragem, o que falta então?

A questão é muito complexa, mas todos temos objetivos na vida e nossos sonhos só serão concretizados se irmos bem nos negócios. O ponto-chave para tudo que almejamos na vida começa a partir do momento que nossos negócios vão bem. Seja você um pequeno comerciante de porta em porta,  um lojista ou uma empresa pequena de prestação de serviços, temos que se adequar a esta crise que estamos enfrentado.

Mas como enfrentar esta crise ?

Vou aqui repassar minhas sugestões que podem ser úteis para muitos ou não, isso depende do momento de cada microempreendedor e pode variar de acordo com cada ramo de negócio.
Estou com o comércio fechado e/ou não posso sair para vender de porta em porta ou até prestar meus serviços com esta crise. Se você está nesta situação, o que deve fazer?

Primeiro, NÃO FIQUE EM CASA SEM TRABALHAR. Mesmo que você não possa ir trabalhar, como fazia todos os dias, não pare como se fosse um período de férias, porque definitivamente não é!

Acorde cedo e procure soluções e inovações para o seu negócio, mesmo que este trabalho não traga de imediato benefícios financeiros. Pense no futuro!

Elabore novas estratégias para o seu negócio. Tenho visto algumas saídas interessantes como:
– venda de vouchers (vales) para realizar serviços futuros;
– venda de produtos por WhatsApp e redes sociais.

Estas estratégias são de fato ótimas financeiramente e vejo como boas alternativas  momentâneas.

Sejamos francos: a maioria de nós microempreendedores já não vendíamos e atendíamos nossos clientes por telefone, e-mail, redes sociais e  WhatsApp?!

Já os vouchers são uma ideia inovadora de fato, mas nem todos os microempreendedores podem utilizar-se desta estratégia, a maioria compra um produto e espera recebe-lo o quanto antes.

Portanto, lembre-se: use este período e trabalhe para o seu negócio.
Planeje e elabore novas estratégias para vender e/ou entregar serviços de melhor qualidade.

Aprimore, reveja e reavalie seu negócio. É difícil encontrar saídas práticas, mas não é impossível, por isso use o tempo parado para refletir e pensar em novas inovações e saídas.

Estude. Procure por cursos on-line, que atualmente existem diversos à disposição e gratuitamente.

Use o tempo parado em casa para divulgar seu negócio, seja mais ativo, use as redes sociais, rede de contatos de clientes e comece uma rede de parcerias.

Pós-vendas. Uma boa pós-venda mantém clientes fidelizados e deve ser tão bem cuidada quanto a conclusão do negócio. Ao manter um bom atendimento, inclusive após o fechamento da compra, o cliente percebe a seriedade e a importância que sua empresa dá aos consumidores. O marketing de burburinho “boca a boca” ainda é a melhor opção.

Para enfrentar esta crise atual do Coronavírus só depende de você, continue trabalhando em seu negócio. Não estamos em férias.

Boa sorte!

Autor: Alexandre Sato proprietário da empresa SOS Care CuidadoresV Taper Suplementos

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Alexandre SNovo na comunidade

Sou formado em Administração de Empresas, pela FAAP, microempresário no ramo varejista.

Me siga