CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Dicas para abrir e gerenciar um E-Commerce de moda infantil

Dicas para abrir e gerenciar um E-Commerce de moda infantil

Diante da crise que a pandemia de 2020 trouxe para o mundo, a e-commerce tornou-se uma das formas de vender e comprar mais usadas, não apenas pela praticidade que oferece, mas a possibilidade de comprar sem sair de casa e poder alcançar uma variedade maior de clientes.

Em meio a tantas opções de e-commerce disponíveis na internet, uma em especial tem sido a favorita pelas mães e responsáveis de crianças: o varejo de moda infantil. Sabemos o quão complicado pode ser para algumas ir a lojas com crianças pequenas e muitas vezes ter de lidar com birras e travessuras.

Agora, a melhor opção encontrada e que favoreceu mãe e empresa é um e-commerce de moda infantil, onde pode-se comprar no conforto de sua casa, com rapidez, menores preços, maior variedade e sem crianças aprontando e chorando em plena loja. Se você quer oferecer um espaço assim para as mães, confira neste texto algumas dicas para abrir e gerenciar sua própria loja online de moda infantil.

1. Imagem é tudo

Uma e-commerce possui vantagens e desvantagens que podem fazê-la vender mais ou menos. Uma desvantagem é a garantia de que determinadas peças de roupas infantil irão servir em uma variedade de crianças, afinal, nenhuma pessoa que eu conheço possuem padrões corporais exatamente iguais.

Esse probleminha pode ser resolvido com imagens bem planejadas com modelos como referência para os compradores. Assim, eles saberão como a peça irá ficar na criança mesmo não podendo prová-la fisicamente, como em lojas físicas.

Esse método funciona também como uma forma de engajamento, o público nas mídias sociais tem profundo derretimento com fotos fofas, como de bebês e crianças, e isso levará ao aumento de visitar na sua e-commerce de moda infantil.

Mas, não é de qualquer jeito que isso vai funcionar, o ideal é planejar tudo com fotógrafos ou estúdios de fotografia especializados para garantir sempre o melhor material.

2. O diferencial

O que ajuda a tornar a sua e-commerce de moda infantil exclusiva? As novidades que não tem em qualquer outra loja. Roupas comuns todos usamos no dia a dia e quando surge algo novo somos imediatamente atraídos por ela e as crianças são iguais.

Não é preciso agradar apenas aos pais do pequeno, mas a própria criança é parte fundamental que garantirá a sua venda, ou seja, se elas gostarem de uma peça a chance de os pais comprarem-na cresce.

Invista em novidades como estampas diferentes, peças que se destaquem e coleções atrativas como de personagens, desenhos animados e cores alegres. Customizações e personalizações são a chave para conquistar seus pequenos clientes.

3. Organização

Não basta ter muitos produtos ótimos, diferenciados e com preços acessíveis para os compradores de qualquer lugar, é preciso ter também organização que ajude os compradores a encontrar exatamente o que eles estão buscando dentro da sua loja.

Seguindo a dica anterior e diferenciando seus produtos com estampas, temas e cores, invista em um sistema organizacional que categorize seus produtos de acordo com a temática de cada um.

Por exemplo, uma seção com peças com temas de super-heróis para meninos e de princesas para meninas, uma outra com tema misto com cores. Outra seção de jeans infantil, mais uma com estampas variadas e por aí vai.

O que importa é que o cliente consiga navegar na sua e-commerce de moda infantil facilmente sem se perder ou com alguma dificuldade para encontrar os produtos que realmente tem interesse.

Essa dica não é apenas para facilitar a vida de clientes que já compram de você, também é uma forma de mostrar aos recém-chegados que eles não terão dificuldades em buscar os itens na sua loja.

4. Os fornecedores

Esta última dica é uma das mais importantes na hora de abrir sua e-commerce de moda infantil. É através deles que você conseguirá seus produtos para oferecer ao comprador final na sua loja.

Preste atenção, porque tem 3 dicas que ajudarão você a ter os melhores produtos na sua loja virtual sem gastar demais com fornecedores e sem precisar vender com valores exorbitantes.

  • -Busque fornecedores com o melhor custo benefício, isso vai exigir pesquisa, priorize, além disso, a qualidade do produto;
  • -Siga as primeiras dicas e busque por produtos diferenciados para a moda infantil;
  • -Se você produz suas próprias peças e coleções, utilize terceirizados como facções e costureiras para produzir suas peças, é importante que esses consigam suprir a demanda de pedidos que você receber.
Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Paolabarbosa92 _Novo na comunidade