CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Dados apontam que e-commerce cresceu 41% no Dia dos Pais

Dados apontam que e-commerce cresceu 41% no Dia dos Pais

As compras online ganharam muito mais visibilidade durante a pandemia de Covid-19. Setores que nunca antes haviam vendido online encontraram na web a solução para manterem seus empreendimentos funcionando mesmo em período de isolamento social.

O Dia dos Pais, por exemplo, comemorado no dia 09 de agosto de 2020, apresentou um  aumento de 41% no faturamento do setor, em comparação com a mesma data em 2019 totalizando R$ 3,5 bilhões. Os dados são da Ebit | Nielsen, consultoria que faz o acompanhamento do comércio on-line no Brasil periodicamente.

Esse faturamento revela que o número total de pedidos chegou a 8,2 milhões, uma alta de 37% em relação ao ano passado. Dessa forma, o ticket médio também cresceu, um pouco mais tímido, ficando 3% à frente do ano anterior e fechando em R$ 434. Ou seja, apesar do aumento, esses dados mostram que os brasileiros estão gastando com mais consciência. 

Vale destacar, no entanto, que de acordo com a Ebit | Nielsen, esse bom desempenho do e-commerce no Dia dos Pais 2020 se deve também ao aumento de maturidade do setor e do próprio consumidor, que passou a se sentir mais seguro ao realizar compras on-line, somando-se, claro, ao fato de que a pandemia impulsionou a migração para o ambiente virtual.

Recorte do Dia dos Pais por região

Quando olhamos para o recorte por região, os estados que mais se destacaram foram os da região Norte, com um aumento de 77% nas compras online em relação a 2019. Em segundo lugar, a região Nordeste aparece com crescimento de 73% em vendas. Centro-Oeste ficou em terceiro lugar (54%).

As regiões Sul (37%) e Sudeste (30%) fecham a conta e revelam novos comportamentos dos brasileiros. Também vale destacar que ainda que todas as regiões tenham mostrado crescimento, o Sudeste concentra o maior total em faturamento: 58% de importância nas vendas.

Por fim, entre as categorias mais populares na ocasião, se destacam presentes ligados aos itens exclusivos como caneca personalizada, chaveiros, porta-chaves e camisetas, além de produtos de perfumaria, cosméticos, moda, acessórios, casa, decoração, eletrodomésticos e telefonia/celulares.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Comentários ( 2 )

  1. Quer ter seu próprio negócio? Então acesse: http://marmitafitcursos.com

  2. Efeito pandemia, todos os setores que de alguma forma estão relacionados ao comercio digital pegarão um pouco desse crescimento.

    Empresas de embalagens, como Envelopes de segurança, que são muito utilizados nos e-commerces para envio das mercadorias, também crescerão.

     

     

Deixe um comentário

Sobre Debora RamosBoas respostas