CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Crédito para MPE volta a subir em outubro

Crédito para MPE volta a subir em outubro


O Banco Central do Brasil divulgou na última quarta-feira, dia 29/11, os números das operações de crédito do sistema financeiro referentes ao mês de outubro/2010.

Influenciado pelo aquecimento sazonal dos negócios associados às vendas de fim de ano e pela trajetória positiva dos indicadores de renda e emprego, com impactos favoráveis nas expectativas de empresários e consumidores, o crédito total concedido naquele mês chegou a R$1.645 bilhões, o que representa uma relação de 47,2% em relação ao PIB. Esses números representam uma elevação de 1,9% no mês e 20,3% em doze meses.

O crédito concedido para empresas até R$100 mil (normalmente direcionado a MPE) chegou a R$140,8 bilhões, o que representa 15,7% em relação ao total concedido às empresas e 8,7% em relação ao crédito total do sistema financeiro nacional.

No que tange a origem dos recursos, observa-se um recuo na participação das operações com recursos livres (R$1.078 bilhões) sobre o total das operações, ao passo que as operações oriundas de recursos direcionados (R$565 bilhões) apresentaram ligeira alta, motivadas pelo aumento dos desembolsos do BNDES e pelos financiamentos habitacionais com recursos do FGTS.

A participação dos bancos privados nacionais no crédito total, impulsionada pelo incremento da demanda de pessoas físicas e serviços, cresceu 0,1 p.p. no mês, e chegou a 40,6% em outubro. A participação das instituições financeiras públicas manteve-se em 41,9%, enquanto a relativa aos bancos privados com capital estrangeiro decresceu de 17,6% para 17,5%.

Na relação entre o crédito concedido para as pessoas físicas e jurídicas, observa-se um ligeiro aumento na participação do crédito concedido para as empresas (de 55,4% para 55,7%) e consequente queda no crédito direcionado aos indivíduos, que caíram de 44,6% para 44,3%.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae