CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Utilize os meios eletrônicos de pagamentos para beneficiar o negócio

Utilize os meios eletrônicos de pagamentos para beneficiar o negócio

Sebrae Nacioinal participa de evento em Minas Gerais e mostra como os meios eletrônicos de pagamentos podem gerar competitividade para o negócio

 

A utilização do celular para a captura
de vendas está crescendo

No último dia 20, o Sebrae MG realizou o II Workshop de Aperfeiçoamento e Serviços Financeiros em Belo Horizonte (MG), que tratou sobre garantias e serviços bancários. O encontro reuniu consultores de finanças e marketing que atuam em todo o estado e também contou com a participação do Banco do Brasil, da Caixa, do Sebrae/NA e do Sebrae/ES, e este último numa ação de intercâmbio de boas práticas.

Durante o Workshop, algumas lições importantes foram ensinadas para os participantes. Esses ensinamentos podem e devem ser aplicados no dia a dia do negócio a fim de conquistar competitividade. Abaixo, dicas sobre meios eletrônicos de pagamento (pós-quebra da exclusividade):

1) Pesquise: negocie e aproveite os benefícios da concorrência, pois as credenciadoras de cartões incrementaram suas políticas de captação de clientes;

2) Planeje: procure adequar o fluxo de recursos provenientes das vendas com cartões às suas necessidades de pagamento, verificando em que momento a venda com cartão se encaixa em seu fluxo de caixa;

3) Exija: com a prática da concorrência entre as credenciadoras, existe um viés de melhoria dos serviços prestados aos empresários, seja no atendimento, seja nas informações prestadas ou na busca de alternativas mais adequadas;

4) Aproveite: as micro e pequenas empresas são importantes na estratégia das credenciadoras para a ampliação da carteira de clientes, portanto, há produtos customizados para esse nicho e adequados às necessidades de custos, prazos e facilidades;

5) Inove: a utilização do celular para a captura de vendas está crescendo, sendo o Empreendedor Individual a figura que mais se adéqua ao produto. É importante que os empresários estejam atentos a esse novo formato de captura, que substitui a forma tradicional do Point of Sale (POS);

6) Avalie: considerando a possibilidade de que credenciadora possa exigir fidelizações ou metas de vendas por um determinado período, a exemplo do que acontece nas empresas de telefonia, é importante que o empresário perceba se essa prática impacta o negócio no médio/longo prazo;

7) Atente:  por se tratar de uma fonte de capital de giro prática para o empresário, é importante pesquisar se os custos da antecipação de recebíveis, tanto com a credenciadora, como com o banco em que são creditados os valores, pois as taxas de antecipação podem variar. Além disso, é importante perceber que a adoção contínua dessa prática torna o produto bastante oneroso ao empresário, portanto, vale a pena pesquisar com as instituições financeiras um produto específico de capital de giro que aceite os recebíveis como garantia da operação.

Workshop

O encontro integra o menu de ações do Sebrae MG que visam promover, de maneira permanente, o acesso a informações de qualidade pelos empreendedores, inclusive sobre serviços financeiros. Além de encontros presenciais, com essa meta a instituição elabora boletins e informes e disponibiliza conteúdos na rede interna. Estes esforços atendem a uma das missões do Sistema Sebrae, que trabalha para que a melhor orientação e informação chegue até o empresário, contribuindo com a sua tomada de decisão na gestão do negócio.

No Workshop, a Caixa abordou o tema garantias sob o olhar do banco, indicando gargalos e alternativas e o Banco do Brasil apresentou seu portifólio de produtos, focando em serviços bancários e como esses podem ajudar o empresário na gestão da empresa. Ao Sebrae Nacional, representado por mim, coube a palavra sobre meios eletrônicos de pagamento, abordando os avanços no último ano (pós-quebra da exclusividade) e dicas para a orientação do empresário.

Ao final, a equipe do Sebrae/MG conduziu uma dinâmica em grupo a fim de gerar documento com dicas sobre acesso a serviços financeiros a serem adotadas na orientação empresarial.

Coordenado pela UGP do Sebrae/MG, esse tipo de encontro tem alcançado resultados satisfatórios em termos de capacitação interna, o que certamente contribui para a melhoria da qualidade nos atendimentos aos empresários mineiros.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae