CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Turismo rural atrai visitantes da Copa

Turismo rural atrai visitantes da Copa

154b

Os turistas que estiverem no Brasil para acompanhar os jogos da Copa do Mundo terão opções de roteiros turísticos para visitar propriedades rurais nas proximidades das cidades-sede. O Projeto Talentos do Brasil Rural, feito em parceria entre o Sebrae, o Ministério do Turismo e o Ministério do Desenvolvimento Agrário, selecionou 23 roteiros rurais, compostos por empreendimentos da agricultura familiar que valorizam a identidade cultural da região, promovem a geração de emprego e renda e agregam valor à produção de grupos locais.

Cerca de 400 empreendimentos em 54 municípios fazem parte do projeto. Os roteiros, escolhidos por meio de chamada pública, foram mapeados, apresentados ao mercado turístico e receberam consultoria especializada e apoio à comercialização. Um dos requisitos para escolha é que o roteiro possa ser percorrido a, no máximo, três horas de uma das 12 capitais-sedes da Copa do Mundo, considerando meio terrestre ou aquaviário.

Entre os destinos estão Gramado (RS), Caminhos da Roça (SP), Serras Rurais (MG) e Caminho dos Engenhos (PB). O Vale dos Vinhedos (RS), por exemplo, distante de 120 km de Porto Alegre, cidade-sede da Copa possui pequenas propriedades rurais com vinícolas de diferentes portes. O destino oferece hotéis, pousadas, restaurantes, agroindústrias familiares de queijos, doces e geleias coloniais.

O consumo dos produtos não fica restrito às propriedades familiares. Os produtos fornecidos pela agricultura familiar podem ser consumidos em hotéis, restaurantes e vendidos em lojas das cidades e centros comerciais próximos aos estádios da Copa.

Ao conhecer a propriedade do agricultor familiar, o visitante não consome apenas os serviços de hospedagem, alimentação e os atrativos. Ele também adquire produtos artesanais e agropecuários produzidos por moradores locais, característicos da região visitada, gerando renda. “Agricultores familiares agregam valores a seus produtos por meio da agroindústria, do artesanato, e que, a partir daquilo que a terra é capaz de produzir, geram riquezas”, diz o coordenador de comercialização, do Departamento de Geração de Renda e Agregação de Valor, Pedro Bavaresco, da Secretaria da Agricultura Familiar do MDA.

 

Outras notícias atualizadas, acesse: http://www.agenciasebrae.com.br/sites/asn

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae