Cadastrar

Entrar

Esqueceu a senha?

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por e-mail.

Desculpe!, Você precisa se logar para perguntar.

Você precisa se logar para postar no Blog

Tráfego orgânico x tráfego pago: saiba quais são as diferenças entre essas estratégias

Tráfego orgânico x tráfego pago: saiba quais são as diferenças entre essas estratégias

Com o avanço da tecnologia e a transformação digital, muitas empresas investiram em seus negócios digitais!

Isso significa que, cada vez mais, os gestores buscam soluções que geram resultados na internet, como visibilidade, mais acesso nas páginas do site, blog, e até mesmo nas redes sociais.

E, esses fatores são determinantes para potencializar as vendas e gerar bons retornos. 

Por isso, gerar tráfego é primordial para conquistar estes resultados, que nada mais é do que atrair mais visitas e, consequentemente, aumentar as conversas.

É possível gerar tráfego orgânico, em que não há necessidade de pagar para ter acesso na página, ou tráfego pago, sendo relacionado aos links patrocinados.

 

Nesse sentido, um cliente que busca por purgador de vapor, por exemplo, nos mecanismos de busca como o Google, pode acessar um site após encontrar os principais resultados, que no caso, é o modo orgânico.

Quer saber mais sobre o assunto e entender qual é a diferença entre tráfego orgânico e tráfego pago? Continue nos acompanhando neste post e fique por dentro de tudo!

Afinal, qual a diferença entre tráfego orgânico e o tráfego e pago

É comum que quando o assunto envolve ações de marketing, sejam relacionados às estratégias de tráfego orgânico e pago.

Em meio a competitividade cada vez mais acirrada, essas técnicas se tornam um grande aliado para os gestores, afinal, ambas geram resultado quando é implantado de forma correta.

O tráfego, basicamente, é definido pelo número de visitantes na página, logo, quanto maior o número de acessos, melhor!

Mas, existem duas formas de atrair o público, sendo com o tráfego pago através de links patrocinados e o orgânico com tendências de SEO, marketing de conteúdo, entre outros.

Entenda a diferença entre essas estratégias.

Tráfego orgânico

Como já mencionado anteriormente neste post, atrair visitantes de modo orgânico é relacionado quando o acesso acontece de modo natural. 

Ou seja, você pode investir em conteúdos relevantes, aplicar técnicas de SEO (Search Engine Optimization) para otimizar o site, usar a palavra-chave correta e assim, permitir que o usuário encontre a sua marca com facilidade após uma pesquisa.

Por exemplo: se você atua com vendas de estruturas metálicas, pode usar as redes sociais e sites e divulgar conteúdo, para que os algoritmos do Google reconheçam a relevância da página e posicione entre os principais resultados de busca, gerando mais tráfego orgânico para a página.

Portanto, é possível considerar que o tráfego orgânico gera retornos a longo prazo, através de pesquisas na internet, sem a necessidade do usuário acessar a página através dos links ou campanhas patrocinadas.

Tráfego pago

Diferente do tipo orgânico, no tráfego pago é necessário investir em verbas para disponibilizar a sua marca através de links patrocinados para que o potencial cliente encontre o seu negócio e faça uma compra.

Por exemplo: se deseja potencializar as vendas com um retorno rápido de um produto, como martelete demolidor, você pode investir verbas para criar campanhas através dos links patrocinados e exibir para o público e aumentar a oportunidade de vendas.

É possível gerar links patrocinados com as ferramentas Google Ads, Instagram e Facebook.

Qual tráfego é a melhor opção para a sua empresa?

Não é possível considerar de fato, a melhor estratégia para o seu negócio.

Por isso, é importante que você entenda a diferença entre o tráfego orgânico e o tráfego pago, para fazer a escolha de acordo com suas finalidades.

Se quer obter retornos rápidos e tem possibilidade de fazer investimento sem interferir no seu faturamento, é possível usar o tráfego pago para obter bons resultados.

Não só isso, mas pode investir no modo orgânico, que apesar de não precisar de verba para ter visibilidade, é um edifício na captação do público e de modo natural. Basta investir em conteúdos relevantes e usar a técnica de SEO, e não te impede de investir no modo pago para potencializar ainda mais suas vendas.

Esse artigo foi escrito por Thais Teixeira, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.

You must login to add a comment.

Posts relacionados